Pin It button on image hover

quarta-feira, fevereiro 27, 2019

Attar Surrati


Perfumes orientais geralmente usam óleos para compor  a fragrância enquanto no ocidente usamos álcool de cereais.
Particularmente aprecio muito, entretanto é difícil encontrar descrições sobre composição ou pirâmide olfativa.
Alguns anos atrás fiz uma pequena pesquisa para comprar os pequenos frascos de amostra. Estes dados são sobre Surrati Perfumes.


Óleos Concentrados
MUSK AL HARAM - Almíscar branco, citrinos, capim limão melão, sândalo, jasmim e baunilha.
DEHN OUD MUBKHARA - Oudh e hena.
FIRDOUS - Floral rico , patchuli, jasmim, limão, Aroma discreto.
MUKHALLAT AL HARAM - Masculina, amarga, almiscarada com madeiras, musgo, sândalo indiano e oudh.
HAJAR AL ASWAD -Amargo, oudh indiano, incenso, musgo, vetiver, terra, especiarias e madeiras.
SALWA - Floral com foco em laranjas, maçãe e mel, lírios, baunilha, âmbar, almíscar branco. e jasmim. Intensidade média.
ZAMZAM -Eerva doce, almíscar , madeiras, agrião, bergamota, sândalo, Oudh e hortelã.
KENOOZ - Violetas de Parma, espinheiro selvagem, cássia, rosa búlgara, baunilha bourbon, mirra doce e almíscar branco .(lembra kenzo Flower).
FULL - Jasmim.
MUSK AL MADINA - Almíscar branco, baunilha, jasmim, lírios e mirra doce.
NEBAREES - âmbar, almíscar branco, baunilha, rosas e vetiver.
AL BAKHOOR - Aroma típico de Bakhoor com madeiras adocicadas.
AFRICANO - Melão doce, flor de laranjeira , jasmim, mel, baunilha, âmbar e Bakhoor. Suave, doce e frutado.
LAPINUS - Fresco, cítrico, marítimo, com floral suave.
SILVER - Cítrico.
MALAIKA - Lavanda, bergamota, menta, aldeídos, café, madeiras, patchuli, benjoim, amendoa, baunilha, caramelo, chocolate, almíscar ( lembra Angel Men).
DUA AL ANNAH - Madressilva, rosa damascena, laranja doce, jasmim, lírio, patchuli, sândalo, oudh indiano, canela, caramelo, e almíscar branco.
RIDJAAL - Masculino, ambar, madeiras almíscar.
JANNAT AL NAEEM - Flores.

Referência: Postagem original no original blog Perfumes Bighouse (2009)

Museu de Perfume I - Palazzo Mocenigo


Nos debruçamos sobre a história frequentemente e nada mais agradável que realizar este mergulho através de museus laboriosamente construídos mundo afora.
Em Veneza está o primeiro itinerário de museu italiano dedicado à arte e à história do perfume.
Vinte quartos localizados no primeiro andar mostram aspectos e hábitos de vida da nobreza veneziana nos séculos XVII e XVIII.
Manequins vestem trajes antigos, suntuosos e de grande valor, propriedade do Centro de estudos do Museu. Os tecidos estampados, rendas e bordados testemunham a refinada e luxuosa elegância característica daquela sociedade.


Para a perfumaria foi criada uma secção especial destacando o papel fundamental que a histórica cidade desempenhou nas origens do perfume. Cinco salas com instrumentos multimídia e experiências sensoriais fazem parte desta ala do Museu.
Uma sala evoca o laboratório de um perfumista do século 16 (muschiere).
Existe um mapa olfativo que representa as "Ruas de Especiarias" onde os antigos venezianos passeavam e faziam compras. Ilustrações e objetos representam processos de perfumaria e matéria-prima. Noutra sala grande coleção de frascos de perfumes da empresa alemã Drom representa a perfumaria desde a Idade Média até os dias de hoje. O edifício gótico que abriga o Museu pertencia a família Mocenigo, uma das mais importantes na aristocracia veneziana.


Palazzo Mocenigo di San Stae reconstruído no início do século XVII, situa-se próximo a Igreja de San Stae , ao sul do Grande Canal, no setiere de Santa Croce em Veneza -Itália.  Acessado por uma ruela muito estreita e antiga, atualmente é administrado pela Fondazione Musei Civici di Venezia.


Referências: Mavive Venezia, Wikipédia, Google Maps.


Perfumaria Antiga


Lendo aqui e ali encontrei no site americano " Perfume" um entre vários textos  muito interessantes sobre perfumaria antiga,  cuja tradução transcrevo aqui. Ressalto que não é texto original da minha autoria, mas transcrição do artigo que finaliza com uma relação extensa de bibliografia. O referido site contém inúmeros textos que contam a história da perfumaria ancestral, de egípcios, gregos e romanos.

"O que continham os antigos perfumes?

Sua composição diferia muito dos perfumes modernos.
No antigo Egito preferiam usar Opoponax e mirra.
Na África antiga, Mesopotâmia e Babilônia os aromas incluíam preferencialmente  cedro, mirra, incenso e cipreste.
Geralmente os óleos eram usados como carreadores ou fluidos para absorver aromas fortes.
Nos tempos modernos usamos álcool como portador.
A maioria das substâncias, que eram fonte de fragrâncias, vinha das plantas, variando de flores a resinas e madeiras,
Uma das características da perfumaria permaneceu desde os tempos antigos até o presente: As populações de outrora eram fascinadas por aromas atraentes ou agradáveis.


No antigo Egito  limpeza era altamente valorizada e relacionada com saúde e abastança. Comumente os egípcios banhavam-se todos os dias, ou após as refeições. O perfume era uma alternativa de limpeza.
Na Grécia antiga usar fragrâncias doces era considerado agradável aos deuses. Além disso pensadores e médicos da época  praticavam uma forma de aromaterapia  usando certos odores para melhorar a saúde e vitalidade.


Perfumes eram substâncias preciosas e caras. Então quem usava? Naturalmente  seu uso era restrito aos ricos, a realeza e ao clero.
Esta tendência continuou  em muitos lugares além do antigo Egito, Grécia e Roma.
Na Grécia antiga  uma pessoa pobre demais para comprar um perfume no seu funeral  poderia simplesmente  ter um frasco de perfume pintado em seu caixão como tributo aos deuses."

Referência: Site comercial Perfume.
PS: Não conheço o site comercialmente, desta forma não posso fornecer nenhuma avaliação sobre este aspecto. Os textos lá encontrados , sobre perfumaria, são procedentes de pesquisa virtual.

sábado, fevereiro 23, 2019

Vogue - Os 10 Eleitos Para a Primavera de 2019


Para a primavera que logo iniciará no Hemisfério Norte a revista Vogue elegeu 10 novidades que sobressaem na perfumaria. Fragrâncias  cítricas, florais e almiscaradas.
Segundo esta edição se destacam:

  • Chanel Les Exclusifs De Chanel 1957 Eau De Parfum
O nome homenageia o ano em que Gabrielle Chanel recebeu o Neiman Marcus Fashion Award em Dallas. Construído em torno do almíscar apresenta notas de bergamota, íris, neroli, cedro e mel.
  • Jo Malone London Willow & Amber Cologne
O amadeirado perfume faz parte da nova coleção Wild Flowers & Weeds collection.
  • Gucci Guilty Eau De Parfum For Her
Floral cítrico com base de patchuli e âmbar.
  • Atelier Cologne Pacific Lime Cologne Absolue
Combinação de limão mexicano, limão italiano, coco das Filipinas, hortelã da América e eucalipto chinês.
  • Narciso Rodriguez For Her Pure Musc Eau De Parfum
Além do tradicional almíscar apresenta notas de jasmim, flor de laranjeira, almíscar, cashmeran, âmbar e patchouli.

  • Miller Harris Violet Ida Eau De Parfum
A versão ambarada da violeta clássica tem orris  e heliotrópio em base de âmbar e baunilha.

  • Tiffany & Co. Sheer Eau De Toilette
Floral que inclui groselha, rosa, íris e ylang ylang

  • YSL Black Opium Intense Eau De Parfum
A ousada fragrância traz notas de absinto, café preto, jasmim e baunilha

  • Tom Ford Jasmine Musk Eau De Parfum
O floral picante vem com jasmim, ylang ylang, patchouli e baunilha.

  • Maison Francis Kurkdjian Gentle Fluidity Gold Edition Eau De Parfum
Apresentado em duas  versões Silver Edition e Gold Edition, baseadas em notas de bagas de zimbro, noz-moscada, coentro, musks, madeiras ambaradas e baunilha, embora a golda ressalte mais almíscares e baunilha

Imagem: De Jamie - ilikefragranceidojpk via Cafleurebon

Esxence - Feira Perfumada.


Quais são as notícias perfumadas pelo mundo?
Em abril, 2019 entre os dias 25 e 28  ocorre em Piazza Lina Bo Bardi - Porta Nuova / Milano um evento  de perfumaria artística e cosméticos de luxo.
 Esxence - The scent of Excellence coincide com a Milano Fragrance Week que ocorre entre  22 e 28 de abril.
A feira reunirá inúmeras marcas consagradas assim como jovens e emergentes perfumistas que se destacam neste cenário. Procura representar aa cultura do olfato através de oficinas e reuniões que permitirão conhecer e  interagir com expoentes da perfumaria mundial.
A 11ª edição desta feira internacional pretende receber nos 4 (quatro) dias de exposição mais de 7000 (sete mil) visitantes.
Oportunidade para que expositores, varejistas, compradores e distribuidores realizem negócios, porém ao público está reservada a chance de ter contato mais íntimo com os bastidores da perfumaria , assim como a participação em diversas oficinas.



Referência de Imagem: Fragrantica

quinta-feira, fevereiro 21, 2019

Mimosa na Riviera Francesa

Mimosa Golden Forest (February 2011-March 2014
by Michel Roudnitska


Acácia , cujo vocábulo deriva do grego ( Akakia ou  espinhoso) representa um grupo de plantas que foi recentemente dividido em cinco novos gêneros. No hemisfério norte é conhecida como Mimosa. No Brasil existem duas espécies: Senegalia e Vachellia que engloba a espécie Acacia farnesiana  ( Acácia ou Esponjeira) distribuída pelo mundo todo. Ocasionalmente há confusão com outro espécie de acácia arbustiva e espinhosa, que pode servir como  forragem para o gado,  e também oferece inflorescência perfumada. Esta última é considerada praga vegetal por alguns países.


As flores amarelas e luminosas evocam o brilho do sol e dentre os seus inúmeros significados representa a energia feminina. A árvore também proclama a imortalidade.
Para os egípcios era sagrada, No panteão grego foi dedicada a Hermes - Mercúrio e seus ramos floridos relembram o "Ramo Dourado" dos antigos mistérios.
Assim que são coletadas as bolas douradas da esponjeira ou acácia,  ainda frescas, são enviadas para extração, que pode ser feita por destilação a vapor, como nos mostram as imagens de Robertet - Grasse.



Para os israelitas seu valor estava na madeira ( pau cetim) que segundo a bíblia foi usada para fabricar o tabernáculo de Moisés, a Arca da Aliança e seus adornos.
Cristãos afirmam que a coroa da crucificação de cristo foi feita com espinhos de Acácia.
As notas florais, festejadas na perfumaria,  "são doces lembrando aroma de mel, empoeiradas verdes e persistentes".
Nesta época ocorre a floração de Mimosa na França, mais precisamente na  cobiçada Riviera Francesa.  Esta fragrância feminina e inebriante inunda o ar. Época de colheita!


Na fitoterapia tem efeito adstringente, analgésico, anti-reumático, antibacteriano, antidiarréico, demulcente, digestivo, emoliente, estimulante, estomáquico e hipertensivo.

De acordo com o país de origem pode ser chamada de:
Alemanha - Süsse Akazie
Brasil - Acácia, esponjeira, espinilha
Espanha - Aroma creolo, Cachito, Huisache
Estados Unidos - Mimosa
França - Mimosa, Acacie odorante
Inglaterra - Cassie Flower, sweet acácia, fragrante acacia
Itália - Acacia farnese
USA - Mimosa, Opoponax (?)

Referências: Imagens de Robertet/M.Roudnitska, fontes textuais Wikipédia, M. Roudnitska, Atison Essential oil.

quarta-feira, fevereiro 20, 2019

L'Occitane Au Brésil - Jornada


No email chamou-me atenção o apelo para escolher uma nova fragrância L'Occitane au Brésil.
Convocação irresistível, para o dia 20, no Shopping Mueller, o mais antigo da cidade e que faz parte da minha história de vida. Lá tomei café com amigas, namorei, levei minha bebê para passear. A bebê cresceu e  hoje vamos as compras, ao salão de beleza, comer pão de queijo, cinema...


O evento estava na calçada, em frente ao shopping, na tarde morna. 
Tinha fila, mas fui firme.
A moça da  equipe de desenvolvimento do perfume, explicou-me que os quatro conceitos resultaram em duas fragrâncias: 
-"A" - Minha preferida gente! Verde, ligeiramente cítrica no início, picante, ricamente amadeirada com toque floral. No amadeirado se fixou meu interesse.
- "B" - Doce, suave, floral embebido em âmbar, que dá aquele ar empoeirado de talco, e sutil acorde de especiarias. Foi a preferida da minha irmã, o que casou direitinho com a tradição de casa. Ela vai para os florais doces e frutados, eu sempre preferi os chypres, verdes, ou aromáticos, embora não dispense um lindo floral oriental.


Se pudesse sugerir diria a "au Brésil" que lançasse os dois aromas. "A" para público que exige fragrâncias mais densas, e em embalagem unissex, pois creio que os homens também apreciarão. "B" para as mulheres românticas que procuram o aroma leve, descontraído e intimista.
Fomos buscar o brinde na acolhedora  L'Ocitanne au Bresil ( todas as meninas são atenciosas), e experimentei a linha  'Água de Coco". Delicinha de creme com saída mentolada e fresca que aliada a nota de coco realmente traz a sensação aromática da água de coco.


Perguntei pela colônia. Não tem, mas uma vendedora contou que experimentou por acaso com a colônia Capim Limão e gostou. 
Sabe que eu também. Ressalta o limão de forma muito suave com aquela notinha de água de coco no fundo. Interessante o que podemos fazer com estas misturinhas.

Loção Hidratante Água de Coco

Família Olfativa: Floral aromático,2016
Pirâmide Olfativa
  • Topo - Água de coco, maçã verde, notas marinhas
  • Coração - Verbena, muguet, fresia
  • Base - Sândalo, almíscar, notas de leite

Caiu a tempestade costumeira e presenciamos a mudança do staf, a toque de caixa,  para dentro do shopping.
Ai que dó!
Curitiba gente! É assim mesmo.
A filhota apareceu para uma carona e também experimentou.  Preferiu a fragrância A".
Yes!!

terça-feira, fevereiro 19, 2019

Perfumes e Chakras - Michel Roudnitska.


Conferência/Atelier Parfums et Chackras em 16 de março no Conservatoire Artistique de La Polynisie Francaise - Papeete - Tahiti
Esta oficina é baseada na prática de Olfactothérapie , como ensinada por Giles Fournil, e na prática pessoal do perfumistas Michel Roudnitska, criador de perfumes xamânicos.
Objetiva nos conscientizar do papel vibratório e espiritual de óleos essenciais e odores.

Imagem compartilhada de Diane Bellego

Será dividida em três partes:
- Apresentação do olfato em relação aos nossos sentidos, o papel dos chakras e a lembrança da função sagrada dos perfumes na humanidade.
- Segue-se um exercício prático em pequenos grupos para experimentar algumas substâncias odoríferas, a fim de percebê-las internamente, deixar as emoções e memórias associadas aflorarem identificando-as, e por fim compartilhando as impressões com seus parceiros.
- Finalmente a meditação olfativa, solitária, usando uma fragrância previamente escolhida para viver autêntica experiência de auto conhecimento.
No final do workshop haverá uma partilha das experiências vivenciadas por cada pessoa procurando entender como os cheiros podem revelar partes ocultas de todos nós.

Inners Suns by M. Roudnitska

Nesta oportunidade será apresentada a programação da oficina de final de semana ( 23 e 24 de março) Chakras et Parfums: Vers les Couple Intérieur "(Chacras e Fragrâncias: Rumo ao Casal Interior), liderada por Michel Roudnitska e Eve Bizard.

Image by Michel Roudnitska

Nesta ocasião participantes receberão o livro de Michel Roudnitska: Voyage au coeur des chakras et des 5 élèments (Viagem ao chakra do coração e os 5 elementos), edições Trádaniel.
Também estará disponível para venda a fragrância cerimonial, 100% natural, Água Nativa.

Contatos e Reservas: Sylviane Racine - silve.racine@gmail.com - 87 70 53 82
Custo do Workshop : 1500FCP
Vagas: Limitadas a 36 participantes


Michel Roudnitska - Perfumista e Conferencista
O perfumista e escritor viveu na Polinésia aproximadamente 10 anos, na década de 80, quando idealizou  as imagens do livro  La Magie de la Perlé Noire ( A Magia da Pérola Negra).
Nesta ocasião criou uma editora para distribuir os postais e cartazes criados com base nas suas fotos.
Desde então, há quase 30 anos, combina sua paixão pelas criações aromáticas e artes plásticas.

Quintessence by M.Roudnitska

Pioneiro nos shows olfativos em 1996 participou do Festival D'Avignon com o ballet Quintessence. Todas suas realizações são baseadas no estudo das correspondências entre os sons, as cores, interagindo formas visuais e olfativas.
Praticou Rebirth durante 40 anos e coordenou  seminários tântricos, com Paule Salomon cerca de 20 anos..
Também seguiu os ensinamentos de Tantra Homme com Jacques Lucas e treinou com Franck Lopyet.

Olfactive Mission Shipibo - M. Roudnitska

Há oito anos Michel Roudnitska se concentra na dimensão terapêutica e espiritual do perfume seguindo treinamento olfato-terapeuta com Gille Fournil e trabalhando diretamente com xamãs nativos americanos principalmente na Amazônia peruana.

Inners Suns - M Roudnitska

Seu último show olfativo "Inner Suns" é uma verdadeira jornada xamânica e de iniciação espiritual  através dos 7 chakras e 5 elementos.
Nos últimos 3 anos, ele foi co-apresentador em oficinas com Eva Bizard , sobre respiração consciente, tantra e massagem.  Especialmente em Nelle Calédonie, duas vezes por ano.

Referências: Imagens e informações gentilmente cedidas por Michel Roudnitska

Comment dire bonjour à la Vie?.
Ne questionne plus,
il n'y a rien à dire, rien non plus à taire.
La pensée brille, s'éteint, revient,
identique à elle-même,
se dévore et s'engendre, se répète,
ni vive ni morte,
toujours autour de l’œil froid qui la pense.
Elle revient à son corps,
Et le soleil toucha le front du veilleur,
brusque victoire d'un miroir qui ne reflète nulle image.

Extrait de "Examen nocturne"
Poème d'Octavio Paz compartilhado de Michel Roudnitska.

segunda-feira, fevereiro 18, 2019

Herbae L'Occitane en Provence


Tudo nele me atraiu logo que vi a imagem num comentário de rede social.
Procurei pela legenda e lá estava a respeitável opinião de Sandrina Petrovic de Fragrantica:  - Este é bom!
Foi o que bastou. Quero saber mais.


Herbal logicamente. Como se não bastasse o nome, verde delicado revela um ingrediente presente no topo da composição: Urtiga.
Sinceramente, navego por águas desconhecidas aqui.  Ainda não fui apresentada à faceta aromática desta planta. Entretanto é apresentada como herbácea, levemente cítrica lembrando gramíneas e espinafre.
Incomum, este aroma encontra-se em algumas criações  de Givenchy, Lush, Alfres Dunhill, Gap...
Acompanhada pela bergamota e pimenta rosa creio que resulta em acorde fresco e picante.
É um floral verde. Adoro florais verdes.


No âmago vem amora preta e  rosa mosqueta, flor que é cultivada no Rio Grande do Sul e  muito encontrada na Argentina.  A talentosa amiga e perfumista Liliana, de Arkadia, disse-me que seu perfume é delicado, levemente frutado, de rosa.
Anos atrás  o óleo de rosa mosqueta, vendido aqui no Sul possuía odor forte, pungente, sui generis.  A maioria das pessoas rejeitava. Certamente a essência usada em perfumaria reproduz a fragrância floral.


No acorde de base salientam-se almíscar, madeira cashmere, trigo e mel!
l'Occitane trabalha muito bem  a fragrância de  mel e  trigo representa uma  nota quente, oriental,
lembrando nozes.
Esta evolução é muito sugestiva. Ficarei amargando a curiosidade até conseguir experimentá-lo.

Ficha Técnica

Família Olfativa: Floral Verde, 2019
Gênero : Unissex
Designer: L'Occitane en Provence
Pirâmide Olfativa
  • Topo - Urtiga, bergamota, pimenta rosa.
  • Coração - Rosa mosqueta, amora preta
  • Base - Madeira cashmere, almíscar, mel, trigo
* Disponível no mercado internacional A partir de março de 2019

Referências: Fragrantica, Sandra Petrovic