Pin It button on image hover

sábado, outubro 21, 2017

Wood of Life by Anima Vinci




Será lançado brevemente ao público no segmento de  perfumaria nicho.
Ainda não tive o prazer de experimentar, mas confio totalmente na sensibilidade e talento do mestre  Michel Roudnistka.
Além disto a pirâmide olfativa e o conceito que embasam a fragrância me parecem preciosos.



O Perfumista.
Além do senso artístico caracterizando um artista multidisciplinar Michel Roudnitska desenvolveu  conhecimento profundo de xamanismo e de “olfacto-therapy” vivendo  em tribos nativas sul americanas, em contato prolongado com diversos xamãs andinos.
No aprendizado espiritual esmerilhado das montanhas no Himalaia às aldeias indígenas na Amazônia o perfumista reuniu conceitos espirituais traduzidos em aromas.
Nas suas palavras..." Wood of Life é uma fragrância dos bosques sagrados  apresentando como notas de fundo Palo Santo, Sândalo e Piri Piri uma das mais bonitas notas naturais de fundo. Um perfume de vocação espiritual que agrega aos sentidos e à alma".
Talvez seja esta energia clara e limpa que faz Wood of Life, atualmente, uma das fragrâncias preferidas do perfumista.



O Designer
O lado comercial da fragrância está ao cargo da especial Anima Vinci que prioriza a viagem mental junto ao sentido físico.
Seus  perfumes são elaborados com matéria prima natural de fornecedores independentes e agricultores de todo o mundo, numa abordagem sustentável. São concebidas para evocar um efeito apaixonado e emocional na mente, coração e espírito.
Gosto deste conceito que casa perfeitamente com a trajetória de Michel Roudnitska e sua procura da espiritualidade, da comunhão com a Natureza.
Minha alma de bióloga e apreciadora dos aromas naturais se entusiasma.
 

Conceito
Fragrância quente que leva a meditação, convida a luminosidade e clarifica o negativo. Sua essência está no sincretismo espiritual que envolve as madeiras sagradas de palo santo e pripioca.


Ficha Técnica
Família Olfativa: Amadeirado, 2017
Gênero: Unissex
Perfumista:Michel Roudnitska
Designer: Anima Vinci

Pirâmide Olfativa:
  • Topo: Bergamota, mandarina, grapefruit, menta, gengibre azul. 
  • Coração: Ylang ylang, rosa, petitgrain, canela, cravo (flor|). 
  • Base: Madeira de sândalo, vetiver, patchouli, piri-piri ou priprioca, palo santo, notas de couro, almíscar, baunilha.


Piri Piri
Característica Olfativa
Piripirioca ou priprioca, natural da Amazônia, erva aromática e medicinal, libera notas florais,amadeiradas e picantes das fragrantes raízes. O óleo essencial levemente avermelhado,  desta planta similar ao junco ou papiro, é usado na indústria farmacêutica e perfumaria.

A Lenda
No folclore brasileiro Piri-Piri era um guerreiro indígena que vivia na selva amazônica. Belo e extremamente perfumado era atraente para qualquer índia que o conhecesse. Além disso tinha um poder mágico: desaparecia quando em situação de perigo.
A filha do pajé da tribo, perdidamente apaixonada, suplicou ajuda ao pai.
Supi, o pajé, disse-lhe para esperar o guerreiro dormir e amarrar-lhe os pés, com seus cabelos, em noite de lua cheia.
Pressentindo a tramoia Piri-Piri desapareceu numa nuvem de fumaça e nunca mais retornou. No local onde estava nasceu uma planta de fragrância sedutora que foi chamada Piripirioca e posteriormente Priprioca.


Palo Santo  
Característica Olfativa
Considerado o sândalo americano Palo Santo possui odor intenso penetrante e amadeirado  obtido de lascas das árvores naturalmente mortas, após 4 ou 10 anos de seu tombamento.
Durante este período a madeira é curtida naturalmente formando uma resina extremamente aromática. Considerada madeira sagrada, a queima do incenso feito com "pau santo" evoca sabedoria e espiritualidade ancestrais. Também afasta maus espíritos, trazendo saúde e sorte.
Aroma lenhoso e doce lembra mistura de incenso, cedro atlas, erva doce, limão, eucalipto e menta.

A Lenda
Inúmeras lendas cercam a história de Pau Santo. Na etnia Toba presente na Argentina, Bolívia e Paraguaia a história remonta aos primórdios do mundo.
Conta-se que Cosakait um dos poucos humanos da época enamorou-se mas não foi correspondido. A rejeição desta paixão provocou no jovem uma grave doença culminando com a morte..
Nos seus últimos instantes  ele implorou a Deus que pudesse ficar eternamente perto da amada. Que fosse  na forma de flores perfumadas para seus cabelos, como  água adocicada que ela usasse como bebida ou ao se banhar. Como fumaça que subindo aos céus trouxesse felicidade e bem-estar para todos.
Foi atendido.
Na sua sepultura nasceu uma planta logo transformada em aromática árvore que recebeu seu nome. Desta forma surgiu Palo Santo também conhecido por Cosakait.

Referências: Wikipedia, Anima Vinci



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!