Pin It button on image hover

domingo, dezembro 25, 2016

Luna de Nina Ricci


Época de Natal e as perfumarias se tornam simplesmente irresistíveis, e passando o olho nas prateleiras  de tradicional comércio da minha cidade deparei- me com um Nina azul!
Tão estranho...
Lembrei imediatamente de ter encontrado,  há alguns anos, nos sites estrangeiros,  um Nina azul; exatamente igual aos frascos vermelhos, mas azul...
Não era este, e na época valeu um debate nos grupos de perfumólatras. Seria  flanker ou  fake?
Premonição!  Materializada como lançamento 2016, um pouco diferente da tradicional maçãzinha.
Engraçado. Fiquei curiosa e experimentei.
Doce,  muito doce.
Baunilha intensa apesar de certo frescor condimentado se destacar entre as hordas carameladas.
Fugaz, ligeiramente apimentado, porém com  toque aveludado, talvez uma pitada de noz-moscada.
Intrigante o suficiente para despertar atenção....como se não bastasse o apelo do frasquinho azul, que fora polêmico para mim.
Descubro que é alcaçuz dissimulado sob finas camadas de pera, acariciado pelas flores imortelle ( sempre-viva)  e jasmim.
O frescor se dissipa submerso em baunilha, sândalo e almíscar.
Gourmand eau de toilette com cara de Natal. Coincidentemente mais um  Nina Ricci  com apelo natalino no meu histórico de perfumaria.


Ficha Técnica

Família Olfativa:oriental baunilha, 2016
Gênero:feminino
Perfumista: Christophe Raynaud, Maria Salamagne
Designer:Nina Ricci
Rastro: Intenso
Fixação: Muito Boa

Pirâmide Olfativa:
Topo - Frutas silvestres, flor de laranjeira, limão tahiti, tangerina
Coração - Caramelo, imortelle, jasmim, pera.
Base - Sãndalo, baunilha de Madagascar, alcaçuz, almíscar branco

Vídeo Publicitário

quinta-feira, novembro 10, 2016

Terracotta Le Parfum by Guerlain


Já entrou numa grande perfumaria quase fechando?
O ar denso impregnado de aromas, das misturas feitas no decorrer do dia,  é uma atração a parte.
Estava  me deliciando neste ambiente, quando borrifei Terracotta Guerlain, na atração inevitável pela linda garrafinha, pela tradição dos bons perfumes.
Que surpresa.


Impressão Pessoal
Preparei-me para especiarias quentes, aveludadas , hordas de incenso nos tons de marrom, e mergulhei em flores brancas.
Picantes e indólicas. Jasmim principalmente.
Lembrei imediatamente de uma amiga que tem  xodó pelo aroma de dama-da-noite.
Está constantemente a procura da composição perfeita. Temo que nunca encontre, pois sempre existe a "próxima fragrância perfeita".
Lá estavam...variedades de  jasmim...com toques de magnólia, ou seria dama-da-noite? Aroma muito similar  porém mais condimentado e vibrante. Superando o floral natural tão inebriante e doce ao nascer da noite.
Notas de coco mal percebi, são muito sutis  em comparação com o bouquet.
Ficou roçando cantinhos da memória,  acordando outro perfume, experimentado uns 10 anos atrás. Um clássico dos menos famosos...que me encantou e provocou enxaqueca terrível.
Não era tão equilibrado como este  Guerlain....nem lembro o nome.
Logo descobri a origem do ardor  exótico ladeando o jasmim: Tiaré ou Gardênia do Taiti.
Aparece  nos famosos colares de flores usados pelos  polinésios das ilhas do Pacífico. Além de terapêutica (anti -inflamatória) fornece  Monoi , óleo essencial extraído em óleo de coco.
De projeção intensa e boa fixação , este eau de parfum  termina sua evolução abraçado com baunilha suave almiscarada e ambarada.


Similaridades.
Existem listas imensas de perfumes que contém Tiaré embora muitos  a mantenham discreta,  apenas como pano de fundo.
Críticos de perfumaria visualizam em  Tiaré de Ormond Jayne e Tiaré de Chantecaille dois  bons exemplos. Acredito que o são. Também Tuscani de Estée Lauder e Monoi Eau de Vahines  de Yves Rocher.
Lembrou-me em alguns momentos de  London Burberry,  Island Bermuda  Michael Kors, e Songes de Annick Goutal.  Entretanto ficarei atenta à oportunidade de experimentar o novo Pierre Balmain Extatic Tiger Orchid


Conceito
Promete  aura exótica e a magia sedutora das noites de verão.
Certamente!
A garrafinha nos olha  colorida, exibindo cor e formas de crepúsculo morno, indolente;  enquanto o aroma oferece a  exuberância de flores  tropicais desprendendo seu perfume ao anoitecer.

Ficha Técnica

Família Olfativa: Floral, 2014
Gênero: Feminino
Designer: Guerlain
Perfumista: Thierry Wasser
Rastro: Intenso
Fixação: Muito Boa
Pirâmide Olfativa:

  • Topo - Flor de Tiaré, coco e bergamota.
  • Coração - Flor de laranjeira, jasmim e ylang-ylang
  • Base - Baunilha, almíscar.
Arte Irmã na beleza de Wonderful Life  - Katie Melua


sábado, novembro 05, 2016

Liliana Pagnotta - La Alquimista Que Perfuma El Sueño


Algum tempo atrás li  o artigo  Liliana Pagnota, La Alquimista Que Perfuma El Luxo que discorre com muita elegância sobre o trabalho realizado pela perfumista, desenvolvido no estúdio Arkadia, no estilosos bairro Monserrat  de Buenos Aires.


Liliana recebe incumbências  inusitadas como reproduzir o aroma  de regiões turísticas em país vizinho, ou o que representa todo glamour da hotelaria de luxo. Neste âmbito criou para Faena Universe, Casco Art Hotel de Bariloche, Sofitel, Palacio Nazarenas de Cusco.
Contudo, luxo não é a característica reinante no universo de Arkadia. Existe uma aura mágica e atemporal neste espaço onde a perfumista executa sinfonias de aromas.


Reflete sua personalidade apaixonada  pelas artes de maneira geral, pelas antiguidades, história, natureza e literatura.  Arkadia é extensão de Liliana e sua arte criativa  em cada detalhe, em cada cantinho, bouquet  ou chá aromático.


Toda história de vida, que remonta às impressões de infância, passa pelas viagens e cursos em perfumaria, arte ou arqueologia, está espelhada na elegância e refinamento que a circundam.
Transcende o luxo embora o incorpore com naturalidade.


Visitar Arkadia, vivenciar  impressões experimentando os aromas que se espalham pelo ambiente é uma experiência convidativa, quase lúdica. Nossa imaginação passeia entre os ramos secos de alfazema, livros, objetos vintage, folhas de chá e frasquinhos perfumados, que contam  histórias.
Luxo ou sonho? Para mim definitivamente sonho.

Imagens gentilmente cedidas por Liliana Pagnotta/Arkadia e/ou compartilhadas de Boleo - Argentina

quarta-feira, abril 20, 2016

FIFI Awards 2016

O PRÊMIO 


Imagem: gentilmente cedida por Michel Roudnitska.

Fragrance Foundation France  organiza anualmente este grande prêmio para o âmbito da perfumaria, FIFI Awards, que  tem a magnitude de um tapete vermelho.
Em 14 de abril de 2016 aconteceu no tradicional Lido de Paris  com show de variedades  dirigido pelo criador de Cirque du Soleil, Franco Dragone.

A HOMENAGEM


Imagem: gentilmente cedida por Michel Roudnitska.

Edmond Roudnitska, representado pelo filho Michel Roudnistka (artista, perfumista e naturalista), recebeu merecida homenagem pela magnitude da obra,  contribuição à perfumaria mundial e especialmente Eau Sauvage Dior.
Belos clássicos foram criados  pelo brilhantismo deste perfumista, como Femme de Rochas, Diorissimo, Eau Sauvage de Dior.

ATRAÇÕES


Imagem: gentilmente cedida por Michel Roudnitska.

Além de reunir inúmeras celebridades dos circuitos de perfumaria, jurados, convidados e perfumistas apreciaram o belo show de variedades que incluiu musicais clássicos  franceses.


Imagem: gentilmente cedida por Michel Roudnitska.

Espetáculo teatral que uniu várias expressões artísticas; interpretação, dança, música.


Imagem: gentilmente cedida por Michel Roudnitska.

Também gigantescas projeções de vídeos.


Imagem: gentilmente cedida por Michel Roudnitska.

O tradicional cancan renovado.


Imagem: gentilmente cedida por Michel Roudnitska.

Grupo de jurados  composto por avaliadores profissionais em perfumaria e jornalistas.

PERFUMARIA NICHE



PREMIAÇÃO MASCULINA e FEMININA



Pela primeira vez em FIFI Awards o mesmo perfume ganha na categoria feminina e na masculina.


Imagem: gentilmente cedida por Michel Roudnitska.
 




Os melhores masculinos.


O melhor feminino




Classificação especial masculino e feminino.




quinta-feira, março 17, 2016

Coleção Pomar de Flores - L'Occitane Au Brésil


Três frutas maravilhosas, saborosas e perfumadas: Acerola, carambola e goiaba.

Acerola: Muito delicada apesar de ligeiramente ácida, cujo odor lembra levemente mistura de uva com  maçã verde.



Carambola:  Exótica, doce, azedinha, adstringente e  suculenta.


Goiaba:  Explosão macia, exótica  e fragrante sabor.


Coloridas e encantadoras alegram os sentidos quando encontradas nas feiras ao ar livre,  ou nos mercados de frutas e verduras.
Atualmente não tenho intimidade com as flores, presentes nos quintais da minha infância, e cada vez mais raras nos espaços urbanos. Contudo recordo de aromas suavemente doces e constatei que as fragrâncias representativas encerram esta delicadeza, comum às linhas Au Brésil de L'Ocittane Provence

Flor de Acerola


Impressão olfativa.
Muito delicada. Sobressai o floral em doçura suave e almiscarada, permeado por acidez cítrica sutil. O ingrediente citado pela marca é extrato de acerola.
Beira a timidez e recato  das fragrâncias que se insinuam com tanta leveza que mal pairam ao redor.

Família Olfativa:  Floral Frutal, 2015
Gênero: Feminino
Designer: L'Occitane Au Brésil
Rastro: Delicado
Fixação: Boa
Pirâmide Olfativa
  • Topo - Limão Siciliano, tangerina e acerola
  • Coração - Flor de acerola, rosa, jasmim, cana-de-açúcar
  • base - Coco, almíscar.

Flor de Carambola


Impressão olfativa.
Nesta coleção é de longe a  minha preferida, pelo aroma  envolvente com predominância floral, embora seja percebível  acorde frutal discreto. Notas amadeiradas leves e frescas enfeitam a composição equilibrando a doçura.
Tem o charme do pomar na referência a fruta carismática, porém remete à elegância dos  florais mais elaborado. Talvez pela combinação de cedro e sândalo que sempre me encantam. Contém extrato de carambola.

Família Olfativa:  Floral, 2015
Gênero: Feminino
Designer: L'Occitane Au Brésil
Rastro: Moderado
Fixação: Boa
Pirâmide Olfativa
  • Topo - Limão Siciliano,maçã verde, carambola
  • Coração - Flor de carambola, rosa, pêssego
  • Base - Cedro, sândalo
Flor de Goiaba


Impressão Olfativa

Perfumes com notas de goiaba podem se tornar uma temeridade e esbarrar no penetrante aroma de "xixi-de-gato".  Entretanto esta é uma versão muito doce e revela de forma tênue o aroma frutal. Consequentemente passou longe do referido cheiro. Talvez tão longe que caiu na mesmice dos florais doces que abundam no mercado. Agradável para as cheirosas e dengosas que mergulham nas doçuras da perfumaria.

Família Olfativa:  Floral, 2015
Gênero: Feminino
Designer: L'Occitane Au Brésil
Rastro: Moderado
Fixação: Boa
Pirâmide Olfativa
  • Topo - Flor de goiaba, goiaba, jacarandá
  • Coração - Jasmim, rosa, lírio, notas verdes
  • Base - Baunilha, almíscar

Conclusão Pessoal

É uma coleção interessante, sem gritos de originalidade, feita para agradar uma fatia de mercado que pede  fragrâncias leves e descompromissadas. Usaria Flor de Carambola em situações cotidianas.

Arte Irmã na homenagem à natureza de  Colors of the Wind com Tori kelly