Pin It button on image hover

terça-feira, setembro 01, 2015

Make Me Fever At Night - Mahogany



Espírito da Fragrância
Ambiguidade faz com que Make Me Fever - At Night,  fragrância máscula, mostre duas faces da mesma proposição. Espírito atrevido e agitado no início da evolução que transfigura para sobriedade tranquila e elegante após algumas horas. Diria que uma linha de tempo entre o ardor ensolarado e  aragem noturna.


Percepção Pessoal
Impressiva e profusa coleção de cítricos! Impregnante, picante e ácida desdobrando  mil faces cítricas, amadeiradas, com fundo floral fresco e leve.
Existe doçura delicada e almiscarada que pode originar da angélica de jardim, planta que nos conduz à sensação aromática de almíscar e zimbro.
Justamente esta nota, condimentada e herbal, se distinguiu nas primeiras horas de evolução, entre as modulações cítricas de limão, laranja e tangerina, enfatizadas com a projeção de petit grain.
Não distingui claramente noz-moscada, cravo-da-índia, ou mesmo cravo, a flor, contudo em vários momentos percebe-se um equilíbrio doce e aveludado  em contraponto com a ardência condimentada.
Leveza aromática provocando sensação de limpeza, transparência e frescor  provavelmente vem das sementes de coentro, ligeiramente cítricas e frutadas. Também da lavanda.
Florescendo e ampliando o acorde cítrico percebemos  toque inequívoco da dupla  vetiver/patchuli  combinado com  cedro e notas úmidas de musgo.
Almíscar branco garante  acabamento doce, um suavizar de arestas.


Prós e Contras 
Concebido para noite  também me pareceu perfeito para dias quentes e ensolarados.  No drydown revela caráter mais formal  quando atenua cítricos e cede espaço para as madeiras e almíscar.
Mantém constância no traço  aromático do começo ao fim embora não possa ser chamado de aroma monocromático devido as inflexões verdes e ácidas das várias notas cítricas.
O frasco mostra design atraente.. Bonito e elegante na forma e cor.


Similaridades
Clássico cítrico aromático, como os grandes do passado, porém uma interação discreta com  notas amendoadas e almiscaradas lembram os aromas "a Porto Fino". Bons exemplos são Neroli a Porto Fino de Tom Ford e Escale a Porto Fino de Cristian Dior. Emanações cítricas e floral amadeirado extremamente  fresco igualmente  transmitem  nuances  de Eau de Rochas Homme.

Ficha Técnica 
Familia Olfativa: Cítrico amadeirado, 2015
Gênero: Masculino
Designer: Mahogany
Rastro: Intenso
Fixação: Muito Boa
Pirâmide olfativa:
  • Topo - Limão siciliano, bergamota, laranja bigarade (azeda), tangerina verde, angélica-dos-jardins.
  • Coração - Petit-grain, lavanda, jasmim, sementes de coentro, noz-moscada, cravo-da-índia.
  • Base - Cedro da Virgínia, vetiver, patchuli, musgo, almíscar branco.
Arte Irmã: na poesia...



8 comentários:

  1. Alem da belíssima escrita de toda a resenha, as associações desse mahogany ao Neroli Portofino do Tom Ford e ainda finalizando com Garcia Lorca !

    óh Deus ! preciso preciso parar de ler esses blogues se nao essa lista de desejos não tera fim haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael não é exatamente o Neroli T.F. Na verdade creio que cai mais para o lado do Escale Porto Fino. Foi a dualidade na primeira vez que provei...Estava bem quente o cítrico invadiu e se foi deixando um floral doce.Lembrei do Neroli. Na segunda vez havia esfriado muito e as notas cítricas, de zimbro ( angelica?) persistiram mais.O almiscarado úmido da base também. Ficou mais para as águas cítricas clássicas, tradicionalmente masculinas. É uma fragrância a se considerar. E no âmbito dos nacionais a fixação me impressionou. Estou até pensando em mudar a classificação na resenha.Só o tempo da chuva passar e o sol voltar. Gosto de avaliar a fixação várias vezes e no calorão. Não deixe de visitar não. Se a tentação for muita leia a resenha "Não Compre" ....hehehehehe Beijocas de Elisabeth

      Excluir
  2. E a Mahogany mais uma vez marca ponto... Toda a linha Make me Fever merece elogios, e em tempos de moeda oscilante, facilita o acesso ao bom perfume! Beijão Beth, como sempre inspiradora!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila. É bom que a perfumaria nacional crie opções de melhor qualidade, principalmente num mercado que há poucos anos era dominado por uma ou duas marcas, contudo, se os preços continuarem inflacionados, até os nacionais estarão longe do bolso da maioria de consumidores brasileiros.Beijocas de Elisabeth

      Excluir
    2. Ah, nem fale Beth! Mesmo que a indústria nacional arrisque um EDP, já entra na alíquota monstra de 42% de IPI... Veja os Boticas mais refinados (O primeiro Lily Essence, Zaad e o Make B, por exemplo). O jeito é economizar mesmo! :(

      Excluir
    3. Chega a ser imoral a tributação brasileira.Na atual desvalorização da moeda nacional, o dólar nas alturas, importados que primam pela boa qualidade alcançam preços astronômicos. Por outro lado
      nossa indústria não consegue chegar aos mesmos patamares de qualidade sem praticar preços igualmente absurdos. E toda esta tributação que sangra os brasileiros não é suficiente para custear as despesas deste governo voraz. Isto se deve à total ineficiência, ganância ou corrupção? Do jeito que vai logo estaremos fazendo extratos alcoólicos das plantas cultivadas no quintal. Isto se o governo não inventar uma taxa para o que se produz no próprio quintal...beijocas de Elisabeth

      Excluir
  3. Excelente e esclarecedora resenha. Sabia que a nota de Angélica tinha um papel especial na fragrancia...onde a Angelica entra nao passa despercebida. Comprei este perfume depois de ir 2 vezes á loja testar...nao sou chegado em cítricos classicos ou mesmo modernos mas sem personalidade. Esse não, me chamou atençao desde o inicio diferindo das dezenas de fragrancias da minha coleçao. Curioso é que só hoje, quando fui comprar é que vi nao se tratar da fragrancia Make Me fever de 2012 e sim a at night de 2015...e realmente, parece ser perfeito para o dia não obstante o nome. Grande abç Ricardo de BH

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E verdade Ricardo. Não segue a linha clássica de fragrâncias noturnas, quentes e profundas, apesar de se adequar à ocasiões formais. É um estilo clássico e agradável. beijocas de Elisabeth

      Excluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!