Pin It button on image hover

terça-feira, setembro 29, 2015

Fendi Donna eau de parfum - Fendi


Inebriante do princípio ao fim não nega a suntuosidade palaciana que lembra tons róseos de mármore, porcelana fina leitosa, requintada em filigramas dourados.
Início adocicado e quente onde especiarias atravessam flores num equilíbrio delicado que não facilita a distinção.
Condimentos poderiam refletir cálido coentro ou o picante cardamomo, praticamente um gengibre, embora entre uma e outra ondulação afirme-se o cravo da índia.
Flores em profusão.
Todo um bouquet perfumado e competitivo de cada flor querendo revelar antes sua doçura e intimidade.
Ylang ylang cativa o olfato imediatamente, embora a rosa exale seu fascinante aroma, ambas seguidas de jasmim, lírios no seu delicado frescor, talvez gerânios e íris.


Não há dúvida que o enlace mais poderoso é estabelecido entre as duas primeiras,  doces e sofisticadas.
Digno de ambientes refinados, luzes de crepúsculos, intensidade noturna onde se faz ouvir o burburinho de festas regadas a cocktails de bourbon, ou cristalinas e borbulhantes taças de champagne.
Evolui forte na vocação floral chypre, revelada desde o inicio, afirmando-se num conjunto de notas amadeiradas, incensadas, onde odor característico, de frescor contido, que existe no musgo-de-carvalho, associa-se a resinas indefinidas
Acordes de base denotam a presença de cedro, sândalo, aveludado âmbar e naturalmente o almíscar abaunilhado. Nesta fase há presença de  acento empoeirado, semelhante a talco.
Luxo para os sentidos faz aflorar a sensação de feminilidade madura, elegante, dominante.
Provoca a vontade de se cobrir de sedas e de algum adereço dourado, notável pela discreta elegância, não pelo brilho ostensivo.
Fendi Donna por si só é suficientemente provocativo. Ilumina e impressiona pela sillage perturbadora.
Perdura, acarinha nos acordes finais, suavemente amadeirados, que ainda conservam leves resquícios das flores do início.


Numa sonhada visita a Roma usarei Fendi para visitar uma galeria de arte, contemplar uma Igreja centenária, em seu esplendor renascentista, ou simplesmente saborear uma taça de frascati di Lazio come una donna di mondo.

Similaridades
Não existe grande similaridade, cada qual tem sua essência ou espírito, mas quem aprecia Le Baiser du Dragon, Knowing, Diva tem grande probabilidade de encantar-se por Fendi Women. E vice-versa. Apreciadores indicam em revista on line a semelhança com Le parfum de Sonia Rykiel, KL de Karl Lagerfeld e Luciano Soprani de Luciano Soprani



Família Olfativa: Chypre floral, 1985
Gênero: feminino
Designer: Fendi
Rastro: Intenso
Fixação: Ótima
Pirâmide Olfativa
  • Topo - Coentro, aldeídos, cardamomo, tangerina, bergamota, limão, pau-rosa brasileiro.
  • Coração - Rosa, ylang ylang, jasmim, cravo, lírio-de-maio, cipreste.
  • Base - especiarias, couro, madeira de sândalo, tonka bean, âmbar, patchuli, vetiver, cedro, musgo-de-carvalho, almíscar.
Comentário V.I.P.
Gosto
Fendi Donna me passa a impressão de ser um bouquet de flores brancas embalado em nada menos que finíssima camurça caramelo. Assim a explosão cremosa e floral encontra a maciez e a profundidade do cheiro da embalagem desde o primeiro momento. É macio e gentil como um abraço, quente e doce como um beijo, evolui calma e discretamente como uma dança lenta em que o mesmo tema soa até o final. E, não só as mulheres, eles podem usá-lo perfeitamente; destaca o lado mais intuitivo, mais sutil. Apesar de não se poder colocá-lo no calor, apesar de evoluir pouco, apesar de passar do ponto com uma borrifadinha a mais, apesar de tudo isto serem apenas impressões, a riqueza e a elegância deste perfume o tornam um dos mais adoráveis que conheço.

Aretê

Arte Irmã: Dio Come Ti Amo - Gigliola Cinquetti



Imagens: Publicidade Fendi - couleurparfums e Piazza San Pietro - Roma - by Gaston Batistini

Resenha reeditada - Postagem original em04 de abril de 2009, sábado.


sábado, setembro 26, 2015

Arty Fragrance by Elisabeth de Feydeau - Versailles

http://www.arty-fragrance.com/#!e-boutique/c1ocj

" Fragrances are  imbued with the magic to transport us. In a split second their nuances, their accents, and their vibrations sweep us away into either the past or the future.
An echo between experience and reminiscence, they awaken the memory and stir up images of life in the past. It is this presence within absence that I enjoyed recreating..."

Elisabeth de Feydeau

"Fragrâncias são imbuídas de magia para nos transportar.  Em uma fração de segundo suas nuances, aromas e vibrações nos transportam tanto para o passado como para o futuro.
Eco entre experiência e reminiscência elas despertam a memória e provocam imagens da vida no passado. É esta presença dentro da ausência que me agrada recriar.

Elisabeth de Feydeau
 
http://www.arty-fragrance.com/#!e-boutique/c1ocj

História
A descoberta do poder emocional de uma fragrância aconteceu para Elisabeth de Feydeau, quando tinha 16 anos, experimentando L'Heure Bleue de Guerlain.
Seus estudos a respeito de perfumaria  levaram-na  ao doutorado  na Universidade Sorbonne de Paris (1997) com o tema " De L'Hygiène au réve: L'industrie francaise du parfum, de 1830 a 1945."
Aprendizado sobre ingredientes e formulações utilizadas em perfumaria se deu enquanto  gerenciava os departamentos culturais de Chanel e Bourjois e no treinamento  olfativo frequentando o Laboratoire des Parfums .
Em 2010 foi nomeada para  membro de Artes e Cultura do Ministério de Cultura Frédéric Mitterrand. Em 2013 recebeu um prêmio de mérito na categoria de empreendedora de CEW (Cosmetic Executive Women).

Conceito da Marca
Embasada no conhecimento teórico/prático adquirido criou em 1998 a companhia especializada em desenvolvimento cultural e consultoria olfativa. Prosseguindo nesta área de empreendimentos, inspirada no Chateau de Versailles e no espírito barroco do século XVIII, surgiu a coleção de fragrâncias Arty Fragrance by Elisabeth de Feydeau.

Produtos
Na boutique da marca está disponibilizada variedade de produtos que abrange perfumes, velas aromáticas, perfumadores de ambiente, difusores, campânulas de vidro decorativas e kits.
Embalagens e fragrâncias  inspiram-se  nos aromas tradicionalmente usados nas cortes imperiais francesas e de personagens como  Marie-Antoinette, Luis XIV,  Luis XVI e La Pompadour.

Eau de Parfum 

http://www.arty-fragrance.com/#!e-boutique/c1ocj


Rêve de la Reine

Notas olfativas: Cítricos, notas frutadas, notas verdes,  pimenta, bouquet floral, pimenta, madeiras,  benjoim, patchuli, fava tonka, almiscar.

Velas Aromáticas

http://www.arty-fragrance.com/#!e-boutique/c1ocj


- Collection Royal: Homenagem ao savoir faire e ao tradicional artesanato  francês.

http://www.arty-fragrance.com/#!e-boutique/c1ocj


- Collection de La Cour: Inspirada na corte imperial de Luis XIV,  Versailles.

http://www.arty-fragrance.com/#!e-boutique/c1ocj


- Collection Baroque: Inspirada no refinamento, nas artes da idade de ouro, século XVIII, e no estilo a La Pompadour e corte imperial de Luis XVI

* Cada coleção apresenta vários aromas.

Aromatizadores de ambiente

http://www.arty-fragrance.com/#!e-boutique/c1ocj


Várias das fragrâncias da marca estão disponibilizadas em sprays ou difusores para varetas.

Câmpanula de Vidro
Tradicionalmente usadas como estufas para plantas , no conceito moderno para decoração  se prestam à cobrir vários objetos compondo  um ambiente.

http://www.arty-fragrance.com/#!e-boutique/c1ocj


As campânulas são oferecidas com o logotipo da marca em dourado, ou personalizadas.

Kits ou Cofretts


A caixa Mousseline et Chou d’amour é um tributo à maternidade e à infância. homenagem à Marie-Antoinette que era mãe terna, amorosa e carinhosa e adorava flores e perfumes.

VENDAS
Visite a e-boutique de  ARTY  FRAGRANCE. Apaixone-se!

Ao comprar na e-boutique de Arty Fragrance cite o  código PERFUMEBIGHOUSE.
Para entrar clique em qualquer imagem ou AQUI.

Art & Perfumery


Fragrâncias nos encantam com aromas que despertam emoções, lembranças e sensações.
Refletem apelo encantador de bouquets floridos ou  gustativo de frutas e temperos e o mistério denso dos bosques na pungência das resinas amadeiradas, raízes e no frescor murmurante das fontes.
Contudo pirâmides olfativas refletem traduzem este conteúdo  de forma real? Será vívido o conteúdo  dos frascos que admiramos nas prateleiras das perfumarias?


Não exatamente.
Pirâmides olfativas, notas ou acordes aromáticos revelam uma complexa mistura química que nos leva muito perto da sensação olfativa das plantas e objetos citados.
Assim, quando lemos que um perfume contém  nota de couro ou camurça  a referência é feita para um conjunto de moléculas que simula este aroma. Muitas substâncias sintéticas,obtidas  numa cadeia de reações químicas, compostos criados pela maestria dos químicos nos trazem  a limpidez de uma flor, a doçura sedutora de nota animal.


O percentual de óleos botânicos naturais em perfumes industrializados é pequeno
Ao contrário do que ocorre na niche perfumery, indie niche, artisan indie, natural /botanical perfumer, ou micro-perfumery  categorias do que se considera  perfumaria arte.
Artistas desta facção da perfumaria, no mister  de produzir perfumes, utilizam somente óleos essenciais  naturais ou um percentual muito pequeno de matéria-prima sintética, obtida através de reações químicas.
Tal escolha de constituintes só é possível justamente pelo fato de serem perfumes de produção limitada, praticamente artesanal.
Dentro da perfumaria arte  existem níveis diferentes de produção, evoluindo  do caseiro artesanal de preparo, embalagem e rotulação  manuais, até a manufatura industrial de pequena escala,  dos perfumes nicho.
Outra variação advinda deste processo e seleção de materiais é o custo da fragrância, naturalmente mais elevado nos perfumes nicho e artesanais.


Algumas perfumarias, apesar da produção em maior escala ainda são chamados de nicho devido ao cuidado na escolha de matéria prima.e a distribuição em lojas limitadas.
Em 2012 Givaudan patrocinou a categoria especial - 2012 "Indie" FiFi Award Category -  sob a orientação de The Fragrance Foundation,  e Elements Showcase -  premiando este segmento  tão especial e  inovador da perfumaria independente.


 Confira abaixo  abaixo  a relação dos perfumistas que se candidataram ao prêmio, definido em janeiro:

Odin New York 06 Amanu - Foundry NYC

* Finalistas  
* * Fragrância Premiada 

  • A  Dozen Roses Collection: Gold rush, iced White, Shakespeare in Love - 360 Degrees,inc.
  • Blu Oltremare, Bois 1920 - Bois 1920 ( perfume Holding Corp)
  • Burning Barbershop - D.S.& Durga
  • Carmer Barcelona"Cuirs" - MiN New York*
  • Comme l'Amore, Bois 1920 - Bois 1920 ( perfume Holding Corp)*
  • Debonair: Eau Dandy - smell bent
  • Dimanche - Strange Invisible Perfumes
  • Divine Garden for Denver Art Museum - DSH Perfumes
  • Eau Pear Tingle - Opus Oils
  • Eva Luna Eau de PArfum - Providence Perfume Co
  • 40notes Limited Edition Signature Perfume collection: Spring Vetiver, Sampaguita Jaasmine, White Winter Flower,Exotic Ylang Ylang,Cashmere Musk,Exquisite Amber, Oudwwood Veil - 40notes Perfume
  • Frapin"1697" - MiN New York
  • Geisha Amber Rouge - Aroma M perfumes
  • Hope - Tallulah Jane
  • JOUANY Marrakech - World Scents
  • JOUANY Saint Barthelemy - World Scents
  • La Fumée - Miller Harris *
  • Mountain High - smell bent
  • November in the Temperate Deciduous Forest - For Strange Women
  • Odin New York 06 Amanu - Foundry NYC **
  • Orcas - Ayala Moriel Parfums
  • Pandora - DSH Perfumes
  • Painting - Picture Frame - Ecletic Collections
  • Perfect Coconut Milk - Sarah Horowitz Parfums
  • Petite Mort - Marc Atlan
  • Rose Bohème Eau de Parfum - Providence Perfume Co
  • Royal Lotus - Anya's Garden Perfumes
  • Secret Garden - Aftelier Perfumes
  • Siberian Snow - D.S.& Durga *
  • Signed, Sealed & Delivered - Ecletic Collections
  • SOIVOHLE Leather Krem - Liz Zorn Perfumes LLC
  • Sombra Negra - Yosh Olfactory Sense
  • "Staghorn Sumac" - D.S.Durga with Joya
  • untitled no.9 for luckyscent - DSH Perfumes
  • Vanille Insensee Cologne Absolue - Atelier Cologne

Sombre Negra - Yosh Olfactory Sense


 Secret Garden - Aftelier Perfumes



 Pandora - DSH Perfumes


Les Bohemes - Opus Oils


Soivohle Moroccan Orange by Liz Zorn Perfumes


Sarah Horowitz Parfums



Mona Di Orio



Anya's Garden perfumes


Ayala Morel Parfums

Arte irmã na referência poética.

" Sou livre para o silêncio das formas e das cores" 
MANOEL DE BARROS


VÍDEO:Interview with Yosh at Elements



 REEDIÇÂO DE RESENHA POSTADA EM 08/09/2012, 00:06h - Fuso horário de Brasília

Imagens - Botanical Photography "The Scented Whites of Spring"; DIY Hello Natural;Paul de Longpre, Spray of American Beauty Roses-1898; Logotipo premiação Indie Fragrance - FiFi Awards 2012; Frascos de Perfumes de Art Perfumery.

quarta-feira, setembro 23, 2015

Perfumando a Casa.



Fogo Aromatizado
No comércio as opções são inúmeras, mas podemos fazer alguma coisa com nossas próprias mãos. E alguma imaginação.
Para as casas com lareiras encontrei esta ideia sensacional:
  • Selecione algumas ervas aromáticas como cedro, pinho, abeto, varas de canela, hortelã, alecrim...
  • faça um ramo bem compacto e embrulhe firmemente com papel kraft  ou jornal. Amarre as extremidades com barbante. Quando jogar o embrulhinho na lareira o fogo consumirá todos os ingredientes libertando o aroma.

* sugestão encontrada no blog Jenni kayne

Difusores


Difusores são práticos e bonitos. Já vi frascos lindíssimos.
  • Coloque num frasco difusor 2/3 de água. Adicione várias colheres de vodka e gotas de óleo essencial da sua preferência. Mais ou menos 12 para uma xícara de água. misture e introduza as varetas de bambu ou junco. Vire as varetas depois de embebidas na solução. A extremidade molhada para cima. Esta posição deverá ser invertida uma vez por semana.
Poutpourri


Ideia antiga  que continua elegante e acessível.
  • Coloque numa vasilha, adequada a decoração do seu espaço, mistura de frutas secas, ervas e especiarias. Pingue algumas gotas de óleo essencial do aroma que você quer que predomine.Misture. Para renovar a volatização remexa o conjunto ocasionalmente.

terça-feira, setembro 08, 2015

Yellow Diamond de Versace


Espírito da Fragrância
Luminoso, amarelo, cristalino. Brisa perfumada que passeia entre as folhas da laranjeira carregando fragrantes emanações de folhas e flores.
Sob o céu de primavera estampa nuances da natureza, captura alegria ensolarada no chilrear dos pássaros.
Yellow  Diamond é uma pequena gema lapidada que nos traz sopro de frescor e energia.


Percepção Pessoal
Provocou um sorriso e uma exclamação:
- É cítrico!
De acidez moderada, sublinhando o frescor que nos trazem as águas pós banho. Manso, destituído da agressividade embutida em  alguns aromas cítricos.Talvez diluído e adoçado pela nota de pera.
Embora despojado é  elegante seguro para frequentar qualquer ambiente do cotidiano.
Após os acordes luminosos e citrinos do topo podemos perceber o bouquet doce, suave e ligeiramente picante  de acácia, fresia e for de laranjeira. Alguma transparência pode advir da nota de lírio d'água.
Drydown leve, delicado no doce de almíscar, âmbar e madeiras, permeado por suaves e ocasionais ondulações cítricas. Prolongamento do frescor cítrico possivelmente está na presença da madeira de guaiaco associada ao patchuli
Interessante e bom demonstra a competência da casa Versace para lidar com as composições cítricas.


Prós e Contras
Citrino com cheirinho de banho, que traz um sopro de frescor nos dias ensolarados, é ponto a favor assim como a doçura moderada, drydown delicado e elegante.
Transmite a sensação de jovialidade.
Sillage adequada e fixação moderada podem requerer aplicações mais frequentes para quem gosta de marcar presença através do aroma.
Frasco na mesma linha de Crystal Noir ou seja, bonito! Mesmo que a praticidade da tampa volumosa deixe a desejar.


Similaridades
A inovação não faz parte deste repertório. Alguns acordes são familiares em composições no gênero, entretanto não despertou nenhuma sensação de familiaridade específica. Contudo  leitores de revista online o relacionam  com Yellow Diamond Intense, Omnia Coral de Bvlgari , Daisy de Marc Jacobs e 4771 de Muelhens Original



Ficha Técnica
Família Olfativa: Floral aquático, 2011
Gênero: Feminino 
Designer: Versace
Rastro: De Intenso a moderado
Fixação: Boa
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Neroli, limão amalfitano, bergamota, pera.
  • Coração - Acácia, flor de laranjeira africana, lírio d'água, fresia.
  • Base - Âmbar, madeira guaiaco, almíscar.

Arte Irmã no print floral de um vestidinho de primavera...


segunda-feira, setembro 07, 2015

Florabotanica by Balenciaga


Espírito da fragrância 
Nos trópicos  da linha equatorial, sob céu azul límpido e infinito, despontam as ruínas da antiga cidade, sombreada e disfarçada pela vegetação selvagem em mil tons de verde...
Folhagem caleidoscópica  e flores perfumadas enfeitam a entrada do templo, na praça principal. No seu interior um segredo milenar.
Dentro da urna pergaminhos, surpreendentemente preservados, contam a história da maior riqueza  que poderia ser presenteada ao homem.
Revelam a flora, o imensurável valor botânico, descortinando ervas de aroma contundente ou misterioso,que nos trazem bem estar pelo simples fato de exalarem seus perfumes.

Percepção Pessoal
No primeiro encontro, numa perfumaria em Higienópolis - São Paulo, apresentou-se como floral doce e agradável, que persistiu na memória provocando a vontade de nova avaliação. E eis que o revejo, meses após, noutra perfumaria  no Batel-Curitiba.
Diversidade de  clima, situação e horário despertaram a percepção de explosão verdejante, condimentada, quase ardida, algumas vezes medicinal, porém  envolvente, das ervas que precedem uma delicada braçada de flores.
O acorde do topo é límpido, cristalino como  folhas orvalhadas nas primeiras horas da manhã. Estimulado pelo calor corporal, a semelhança do próprio astro-rei,  aprofunda-se na busca de refúgios próximo aos troncos, embrenhando na mata, esbarrando em resinas frescas, raízes balsâmicas  e folhas recentemente cortadas.
Agridoce... doçura agreste  que se desdobra em camadas sutis, reveladoras  das belas flores  cuja soberania é concedida à rosa anômala, verde e extravagante.
Se há frescor de hortelã no princípio, percebemos força de raízes,  vetiver,  resinas  e folhagens exóticas  na evolução.

Provavelmente o leve ardor presenciado nas circunvoluções do aroma sobre a pele se devem a interação das notas de cravo com ervas frescas e o floral abstrato concebido para a rosa.
Segundo os perfumistas  a sensação  de umidade advinda de madeira e musgos é conseguida através da miscigenação  da fragrância exalada pelas folhas de Caladium ( cheiro de hera+pimenta verde), vetiver e âmbar.
Convém anotar que todas as partes da folhagem ornamental do gênero Caladium são  venenosas e a nota aromática é uma concepção laboratorial, assim como a rosa amadeirada.
Na sequência, após desfilarem inúmeros tons verdes há um  final róseo, floral,  ambarado,  que transmuta do colorido vibrante  para o pastel delicado, doce e levemente amadeirado.

Prós e Contras
Visualmente é bonito e estranho, no tubo em listras  B&W, inserido dentro do frasco transparente, sólido, que sinaliza através do  design  inovador uma pesquisa, a captura de essência floral e botânica.
Não afinou com a minha visão do perfume, menos geométrica, apesar do verde afiado.


Similaridades
Não especificamente  uma fragrância, contudo evocou a lembrança dos acordes verdes da casa Pierre Balmain, e da rosa verde de Guerlain. Leitores de uma revista on line indicam semelhanças com a linha olfativa de L for Woman de Clive Christian, Prima del Teathro de San Carlo de Carthusia e Madison Square Park de Bond No 9.

Ficha Técnica
Família Olfativa: Floral verde, 2012
Gênero: Unissex
Perfumistas: Olivier Polge e  Jean Christopher Herault
Rastro: Intenso
Fixação: Muito Boa
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Hortelã
  • Coração - Rosa, cravo, folhas de caladium
  • Base: Vetiver e âmbar
Arte Irmã: Seria o livro  de ilustrações e citações botânicas de Robert John Thornton (1799) "O Templo de Flora"

Imagens: Robert John Thornton (1799) "O Templo de Flora" do site Jardim de Siguta,

terça-feira, setembro 01, 2015

Make Me Fever At Night - Mahogany



Espírito da Fragrância
Ambiguidade faz com que Make Me Fever - At Night,  fragrância máscula, mostre duas faces da mesma proposição. Espírito atrevido e agitado no início da evolução que transfigura para sobriedade tranquila e elegante após algumas horas. Diria que uma linha de tempo entre o ardor ensolarado e  aragem noturna.


Percepção Pessoal
Impressiva e profusa coleção de cítricos! Impregnante, picante e ácida desdobrando  mil faces cítricas, amadeiradas, com fundo floral fresco e leve.
Existe doçura delicada e almiscarada que pode originar da angélica de jardim, planta que nos conduz à sensação aromática de almíscar e zimbro.
Justamente esta nota, condimentada e herbal, se distinguiu nas primeiras horas de evolução, entre as modulações cítricas de limão, laranja e tangerina, enfatizadas com a projeção de petit grain.
Não distingui claramente noz-moscada, cravo-da-índia, ou mesmo cravo, a flor, contudo em vários momentos percebe-se um equilíbrio doce e aveludado  em contraponto com a ardência condimentada.
Leveza aromática provocando sensação de limpeza, transparência e frescor  provavelmente vem das sementes de coentro, ligeiramente cítricas e frutadas. Também da lavanda.
Florescendo e ampliando o acorde cítrico percebemos  toque inequívoco da dupla  vetiver/patchuli  combinado com  cedro e notas úmidas de musgo.
Almíscar branco garante  acabamento doce, um suavizar de arestas.


Prós e Contras 
Concebido para noite  também me pareceu perfeito para dias quentes e ensolarados.  No drydown revela caráter mais formal  quando atenua cítricos e cede espaço para as madeiras e almíscar.
Mantém constância no traço  aromático do começo ao fim embora não possa ser chamado de aroma monocromático devido as inflexões verdes e ácidas das várias notas cítricas.
O frasco mostra design atraente.. Bonito e elegante na forma e cor.


Similaridades
Clássico cítrico aromático, como os grandes do passado, porém uma interação discreta com  notas amendoadas e almiscaradas lembram os aromas "a Porto Fino". Bons exemplos são Neroli a Porto Fino de Tom Ford e Escale a Porto Fino de Cristian Dior. Emanações cítricas e floral amadeirado extremamente  fresco igualmente  transmitem  nuances  de Eau de Rochas Homme.

Ficha Técnica 
Familia Olfativa: Cítrico amadeirado, 2015
Gênero: Masculino
Designer: Mahogany
Rastro: Intenso
Fixação: Muito Boa
Pirâmide olfativa:
  • Topo - Limão siciliano, bergamota, laranja bigarade (azeda), tangerina verde, angélica-dos-jardins.
  • Coração - Petit-grain, lavanda, jasmim, sementes de coentro, noz-moscada, cravo-da-índia.
  • Base - Cedro da Virgínia, vetiver, patchuli, musgo, almíscar branco.
Arte Irmã: na poesia...