Pin It button on image hover

sábado, agosto 15, 2015

Myrrhe & Merveilles - Keiko Mecheri


Verão nos trópicos é sinônimo de mudanças bruscas, imprevisíveis.
O calor abrasador pode repentinamente ceder à força da água, que se condensa e cai generosamente sobre a terra acompanhada de ventos fortes, céu sombrio e ameaçador.
Contudo, tão rápida como vem se esvai.
Chuvas de verão.
Águas de março!
Os acordes iniciais de Myrre & Merveilles lembraram-me esta intensidade assustadora dos temporais.


Odor balsâmico intenso que me fez pensar em folhas e flores fustigadas pelo vento, frutas cítricas apanhadas num redemoinho de água e na terra molhada pela chuva.
Impetuosa e caprichosa natureza que castiga os frutos da terra e repentinamente abranda arrependida.
A vida retoma o fôlego, folhas escorrem gotas cintilantes ao sol, flores reavivam o colorido, troncos e galhos quebrados secam suas resinas cristalinas, recentemente expostas.
Minutos de calor brando, céu azul claro e límpido bastam para que se perca a memória da chuva avassaladora.


Um bouquet floral de intensidade quase aldeídica assume. Jasmim suave entrelaçado com outras flores brancas, deliciosamente perfumadas, em festa.
E, no fundo quase imperceptível, nota de especiarias, metálica, cálida, como se a terra exalasse um vapor morno e resinas revelassem o seu frescor picante.
Mirra presente na composição não lembra o ardor do fogo ou madeira queimando, mas água cristalina evaporando ao sol e dispersando seu aroma.
Ocasionalmente este odor de especiaria relutante provoca a ideia de que amêndoas competem com a resina pelo espaço mais privilegiado.


Há doçura? Sim, cremosa, branda somada ao aveludado almíscar. Quase nada se percebe distintamente - almíscar, amêndoa, mirra e flores são pressentidos num conjunto harmonioso e caprichoso que esmaece suavemente quando a noite se aproxima.
É um perfume de evolução singular, início brusco, impactante, balsâmico, para seguir se desdobrando em acariciante calmaria, notas agradáveis, de acordes equilibrados onde sensações olfativas somam-se, formando um contexto de unidade harmoniosa.



Família Olfativa: Floral oriental
Gênero: Unissex
Perfumista: Keiko Mecheri
Rastro: Intenso
Fixação: Muito boa
Notas Olfativas: balsâmicas, notas hespérides (tangerina chinesa), amêndoas brancas, mirra, jasmim do Marrocos, almíscar branco.

Arte Irmã na poesia de Mario Quintana - Preparativos de Viagem


Vídeo: Elis Regina - Águas de Março ( Tom Jobin);


Imagens: Maldives' rain on window  de John Mogai, Vicent VanGogh- Blossoming Almond Tree; Afremov- Night Rain

2 comentários:

  1. Minha nossa senhora da perfumaria nichenta, eu preciso dele! Esse aveludado de almíscar que vc fala e o toque metálico e água cristalina ai ai... Os Keiko pelo que provei são mto bem misturados, harmonizam bem mesmo :3
    Linda resenha Elizabeth! Abços!

    ResponderExcluir
  2. hahahahahah... minha nossa senhora da perfumaria nichenta foi muito bom! keiko+niche é boa fórmula mesmo. beijocas Luciana

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!