Pin It button on image hover

terça-feira, julho 15, 2014

Frio: Aromas, Cores e Sabores - Távola 4


Composição sobre imagem do Parque Barigui-Curitiba (fotografia  Mauricio Mercer/Wikipedia)

Sou filha do Sul do Brasil, que escapa do eterno tropical e conhece os rigores de invernos gelados.  Anunciados pelas folhas caídas arautos de ventos cortantes, geada quebrando nas calçadas e talvez  flocos de neve.
Distante das  temperaturas extremadas do Hemisfério Norte, ou  de alguns vizinhos sul americanos que ostentam altas cordilheiras e se voltam  para a Antártica, o inverno brasileiro  brilha em gélida beleza;  mesmo quando através de névoa insólita ou interminável garoa.
Prazeres não faltam se o ar caloroso e envolvente se transforma no sibilar de rajadas frias.

*Clique no nome dos perfumes para acessar as resenhas descritivas!

 
Folhas de Henry Roller

MARÇO - Equinócio colorido de outono conserva a paleta verde acrescentando amarelo, laranja, bordô e castanho vibrantes nas folhas bailarinas. Azaleias, begônias, maçãs e caquis vicejam na magia encantadora da Natureza. Momento para os irresistíveis perfumes coloridos em flores e especiarias.


- 24 Faubourgh ,explosão de calor
- Une folie de Rose,  flor saborosa e intensa
- Tentação de frutas vermelhas em Nina Elixir 
- Gucci III languidamente amendoado
- Licorosas especiarias em Lolita 
- Inside convidando aos drinques de café.
- Exuberância floral de Valentina
 
 
Drink de inverno com café e canela

ABRIL - Deliciosa gula nas surpresas de chocolates, compotas e geleias que espelham cores do arco-íris aquecendo eventual neblina, estimulando o lazer ainda ensolarado. É tempo de desfilar doçura gourmand.


- Tobacco Vanille, tabaco de chocolate.
- Chocolate com creme e conhaque, delícias de Aomassai
- Botrytis, doceria feita em mel e frutas secas.
-
Limão e calda de laranja em  Fleur de Male
- BalMan Cologne,
doce néctar unissex.
- Delicadeza de baunilha leite-de-coco em Crystal Noir
- Brown Sugar Fig
folhas de figueira mergulhadas em mel.



Araucaria angustifólia - APA / Guaratuba - Brasil

MAIO
Intimidade familiar comemora mães, noivas e rosas  enquanto lindas e garbosas araucárias explodem pinhas, e brindam os campos com chuva de pinhões. Ventos frescos anunciam queda abrupta de temperatura provocando o cortejo de fragrâncias clássicas entre  tinir de cristais  e cremosas doçuras. 
 

- Le Baiser du Dragon essência de elegância
- Organza em suntuosa sofisticação
- Sensualidade masculina de Ormond Men
- Femme Rochas  e flores voluptuosas
- Black Orchid   na intensidade clássica  revisitada
- Tabaco incisivo e lavandas frescas como o ar em Yatagan
- Doçura aveludada e oriental de La Femme Sahlini



Quitutes para Festa de São João
 
JUNHO - Primeiras geadas adoçando os cítricos para festas regionais regadas a vinho quente, temperado com cachaça, cravo e canela, acompanhando  saborosos quitutes  de amendoim, abóbora, milho e coco. Estímulo  ao convívio e alegria, instiga o romantismo de namorados e requer  fragrâncias temperadas, exóticas, marcantes.


- Rumba, bouquet polvilhado com canela
- Desabrochar de  âmbar e baunilha em Tocade
- Noir de Noir, rosas noturnas e misteriosas
- Nuvem de talco,  flores e especiarias em Shem El Nessin
- Casmir e camadas de baunilha entre incenso
- Amaranthyne cortesã adornada pelas flores.
Mil tons de especiarias em Kobako
Red Door , glamour de especiarias.



Winter Theatre Stage Right de DreamKatch - Flickr
 
JULHO - Férias de inverno permite devaneio fashion, de  couro e veludos, glamour no cortinado dos teatros, aconchego das  noites entre quatro paredes,  nos jantares elegantes, na intimidade das casas ou no ritmo das baladas. Exala fragrâncias exóticas, atemporais e intensas.


- Noite aveludada em Dahlia Noir
- Cuir de Lancome seguindo os passos do couro
- Fascinação picante em  Tolu
- Arabie calor e mistério oriental.
- Intenso e noturno Coco de Chanel
- Soir de Lune, elegância incontestável
- Sensualidade intensa e sofisticada em AnimaleWomen
 


Caxias do Sul - Brasil- foto divulgação/turismo

AGOSTO -
Enregelante nos ventos que cortam o fôlego, empenhados em prolongar a estação que finda. Em agosto  raios de sol brotam nas  manhãs geladas, quase esquecidos  quando a noite cai sombria . Para enfrentar tais intempéries somente aromas poderosos de grande impacto.
 
 
- Doce e intoxicante Loulou
- Opium, clássico devastador
- Incenso caloroso de  Habanita
- Kenzo Jungle L'Elephant baunilha  temperada e vibrante
- Másculo e poderosoTuscan Leather
- Malbec Cologne no fascínio do vinho 
- Couro e luxúria em Kouros 


Fasano Hotel Las Piedras - Uruguai- foto divulgação/turismo
 
Estações frias adormecem a terra, convidam a Natureza ao recolhimento silencioso. Plantas guardam seus brotos para as pinceladas de primavera e  animais se enroscam em quietude. A medida que esfria  procuramos  aconchego de janelas embaçadas,  crepitar das lareiras ou  fogões a lenha, o caloroso conforto das sopas e bebidas quentes, mergulho em macios cobertores.
Este caminho intimista nos leva aos perfumes que abraçam e aconchegam...



- Bois de Paradis, envolvente e caloroso
- Sedução oriental em Phul Nana
- Knowing, flores, madeiras, especiarias e toque animalic
- Antílope, adereço de pelica
- Em pauta a doce masculinidade Declaration
- Noir Epicés, toque suave de especiarias e madeiras
- Hot Couture em flores e frutas no tabaco.

 
Arte Irmã: Se os aromas, cores e sabores do frio se traduzissem em palavras seriam como estas...




Japão por Michael Yamashita



Canção de Outono
( Cecilia Meireles)

Perdoa-me folha seca/ não posso cuidar de ti./ Vim para amar neste mundo,/ e até do amor me perdi...
Tu és a folha de  outono/ voante pelo jardim./ Deixo-te a minha saudade/- a melhor parte de mim/ Certa de que tudo é vão./ Que tudo é menos que o vento,/ menos que as folhas do chão...




-
Leia a opinião de outros autores sobre perfumes para outono e inverno na Távola ou Mesa Redonda!  

1 Nariz
( Denis Pagani),  A Louca dos Perfumes (Diana Alcântara), Le Monde Est Beau (Juliana Toledo),   O Templo dos Perfumes  (Cris Nobre),  Parfums et Poésie (Lily Loon), Perfumart  (Cassiano Silva), Van Mulherzinha (Vanessíssima),  e Village Beauté ( Dâmaris O.B. Silva).

17 comentários:

  1. Que deliciosa transição! Eu, fã dos festejos juninos, dos cheiros e sabores típicos, fico mais um tempo nas delícias de junho, e arrasto para julho, agosto, até quando der, até quando o clima louco e inconstante de SP permitir...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diana. Depois que abandonei o "somente um ou parfum signature" minha infidelidade se transformou em ritual de perfumes adequados para estações, situações...apesar de ser totalmente eclética e crer que cada um pode usar o que lhe agrada, quando e onde. Gosto desta associação perfume/temperatura Beijocas de Elisabeth

      Excluir
  2. Que lindo Beth! Sou maluca por fragrâncias mais opulentas, já fiz uma listinha com vários que me despertaram curiosidade... bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um dos meus grandes prazeres de inverno Ju. Transforma em joias olfativas aromas que podem ser sufocantes no alto verão. Beijocas!

      Excluir
  3. Meus olhos insistiam em voltar para a foto dos quitutes das festas Juninas/Julinas.
    Tentação...

    Gostei da marcação do Balman (Balmain), também. Adoro este perfume e costumo me esquecer dele nas minhas menções.

    E para quem não está se encontrando com o link repetido, segue o link deste mês: http://www.perfumart.com.br/blog/mesa-julho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Cassiano, o inverno é um pacote completo de tentações. Convida a gula... Gosto tanto de Balman que tenho um e uso sem pudores. Completamente compartilhável! Beijocas de Elisabeth

      Excluir
  4. Muito, muito bom. Um post super rico, tanto nas opções oferecidas como na agradável e elegante escrita. Adorei esse processo de gradação, conforme o inverno se aproxima, as fragrâncias escolhidas também tornam-se mais densas. Excelente.
    Também sou apaixonada pelo inverno. Só fico chateada com chuvinha chata, que é muito bem vinda de noite, mas o frio seco, como do Rio Grande do Sul é maravilhoso. Acho confortabilíssimo.
    Foram citados muitos perfumes de meu agrado. 24 Fauborg EDP, que até hoje desejo e ainda não tenho...
    O Gucci III sempre me despertou curiosidade e ainda essa semana alertaram-me do quanto ele é bom! Não sei porquê mas imagino que deva parecer o Accenti, que é um tipo de perfume que eu amo.
    Brown Sugar & Fig sempre estará entre os meus prediletos. Amo figo e a mistura com açúcar mascavo, leite de coco e xarope de bordo foi uma das mais felizes que conheci. Usei 2 frascos inteiros e ainda tenho mais um, mas e o medo de acabar? rsrs
    O que me despertou curiosidade foi o tal Antílope...que perfume é esse que nunca ouvi falar? Pelo nome, eu arriscaria que é um Fabergé.
    Bjus
    Li

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então flor...já fui tiete de verão, porém gosto cada vez mais do inverno. Até tolero alguns dias frios , cinzentos e dominados pela garoa. Entretanto o frio seco com "céu de brigadeiro" é mesmo uma festa.E a medida que esfria tiramos os casacões e perfumes densos do armário. Delícia pura.
      Lily, Antilope faz parte de uma série de fragrâncias do século XX, encomendadas à peleteria Weil. Perfumes com cheiro das diferentes peles e couros. É singular. Você vai adorar. Está resenhado no blog. Só clicar sobre o nome.Beijocas de Elisabeth

      Excluir
    2. E obrigada pelo elogio! Vindo de uma artista da prosa e poesia como você é animador. Bjoca

      Excluir
  5. Escrevi e não sei o pq não apareceu .... mas dizia que achei bastante criativa a associação olfativa que vc fez com os meses e suas características! Brilhante, Beth! bjs Dâmaris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois, também foi preciso reescrever no blog da Vanessíssima, e só agora consegui acessar o Dênis! Aliaas a internet anda impossível nos últimos dois meses. Não sei o que acontece, até pensei em mudar o antivírus por aqui... Obrigada Dâmaris. O inverno estimula o olfato, e abre portas impossíveis no alto verão. Beijocas.

      Excluir
  6. Elisabeth, é um prazer ler suas resenhas ... é de um encanto, uma benquerença, de uma ternura ... muito agradável, parabéns.

    Tbm sou "filho do sul" - na minha região aqui do PR somos chamados de "pés vermelhos" (alias, vc tbm é do PR? digo isso prq tem um ícone de doação ali na lateral do blog para doações ao pequeno príncipe...) mesmo tendo crescido na região central do estado nunca gostei realmente do inverno, e isso se intensifica aqui em "capital" do estado.

    Se vc for mesmo aqui do estado sabe que as os paranaenses não muito abertos e receptivos e essa ostra fica maior no inverno. Gosto mesmo é da primavera, gosto da explosão de luz solar, das flores, das risadas, das roupas leves embaladas pelas brisas carregadas do aroma das folhas novas das arvores nos finais de tarde ... enfim

    Mas o inverno tem tbm suas vantagens ... da pra usar o A*men sem morrer sufocado :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :) Sim Rafael! Sou curitiboca...hehehehe. Em épocas passadas fui avessa ao frio do inverno. Hoje amo as estações intermediárias, outono e primavera, mas para usar perfumes o frio é meu aliado. Adoro os poderosos, de rastro intenso, pesados, ricos em misturas estonteantes.
      E aqui faz frio! Este inverno está camarada e estou com uma fila de bombas da velha escola querendo passear...rsss. Beijocas de Elisabeth

      Excluir
  7. Vc e o seu jeito sempre especial de relatar e educar.
    terno beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi Cris. Eu deixo transparecer a profissão né?... uma vez profe sempre profe. E some a isto que sou prolixa. Páginas e páginas... Beijocas lindinha.

    ResponderExcluir
  9. Que inveja do seu frio, Beth! Quem me dera ter um terço dele aqui na roça paulista. E não basta vocês terem inverno; vocês têm vários invernos (um pra cada mês). Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flor o Paraná é frio! Mais ao Norte nem tanto, porém na capital...praticamente clima de serra, com direito a cerração, garoa, ventos gelados...e como vc disse vários tipos de inverno na mesma estação, semana e as vezes no mesmo dia. Não é a toa que curitibano sai com o guarda-roupa nas costas...heheheh. O bom é que podemos usar aquelas bombassuperpoderosas logo pela manha sem risco de sufocar o próximo.Beijocas de Elisabeth

      Excluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!