Pin It button on image hover

terça-feira, abril 08, 2014

Pleats Please eau de toilette - Issey Miyake


ESPÍRITO DA FRAGRÂNCIA
Inovador e icônico, Issey Miyake consegue aliar tradição oriental laboriosa e delicada com tecnologia das formas futuristas, de materiais  práticos onde conforto se traduz na beleza que vai das passarelas aos editoriais de moda.
Pregas e plissê foram reinventados pelo estilista. Dobraduras  e linhas retas  servindo de estrutura para movimentos fluidos, que  estão presentes até na arquitetura do prédio Design Sight, em Tóquio, abrigando o Centro Cultural e Museu  da Fundação Issey Miyake. A obra arquitetônica inaugurada em março de 2007 é projeto de  Tadao Ando, arquiteto e designer.


Nos anos oitenta consagrou o estilo de prensar e plissar suas peças na coleção que chamou de Pleats Please.
Traduzindo o conceito surgiu esta fragrância, cujo frasco remete aos vincos e arqueamentos  fashion, quase origamis,  transformados na marca registrada do estilista, nascido em Hiroshima, testemunha e sobrevivente da bomba nuclear quando tinha apenas sete anos.


PERCEPÇÂO PESSOAL
Conquistou-me nas primeiras notas misturando  flores e frutas doces e suculentas.
De imediato não consegui identificar  o acento exótico e gourmand que antecedeu o bouquet,  destituído de acidez cítrica, embora houvesse alguma picância envolvida por espírito licoroso.
Descobri posteriormente que esta insinuação deliciosa veio do aroma de pera nashi ou pera asiática, fruto grande, aquoso e rijo,  com textura semelhante a maçã, apesar da fragilidade ao contato.
Cultivada em vários países orientais, considerada fina iguaria, tem  floração igualmente perfumada que anuncia o começo da primavera nos prados e campos.


Solucionado o mistério da nota gourmand concentrei-me no possível ramalhete de  flores brancas, intensas e veementes, sugerindo mistura de fresia,  flor-de-laranjeira e angélica.
Adocicadas, parecem carregar mel no meio das pétalas, tal qual graciosas florzinhas brancas  de um arbusto que existe no meu jardim,  cujo nome desconheço
Na pirâmide olfativa se destacam peônias, de perfume semelhante ao das rosas com presença ligeiramente percebida, e sweet pea, variedade de ervilha-de-cheiro, provavelmente responsável pelo aroma melífero e especiado.


Entretanto a nota indólica  associada ao patchuli provoca dissonante azedume, felizmente fugaz e brando. Remete ao odor de frutas excessivamente maduras no acorde clássico da perfumaria  que nunca me cativou. Talvez  se deva  a qualidade ou quantidade de patchuli quase  a ultrapassar o limiar de frescor.
Contudo o acento está camuflado, absorvido entre notas dulcíssimas e florais, madeiras delicadas e  brando almíscar.
Pleats Please  eau de toilette evolui  suave como farfalhar de pregas adquirindo no percurso tênue empoeirado de âmbar, envolvendo flores sempre presentes.
Fragrância bonita  que experimentei em tarde ensolarada e surpreendentemente quente para o princípio de outono. Algo me faz crer que este inebriante floral em dias, ou noites, mais frios, salientará as madeiras que suportam o bouquet.
Sim, o outono solicitará plissados, por favor.


PRÓS E CONTRAS
Início cativante atravessa fase inconsistente na mistura das notas frutais indólicas com patchuli.
Retoma a predominância do bouquet em sabor de mel o que devolve  luminosidade a fragrância. Impressivo nos primeiros acordes, torna- se intimista  em três ou quatro horas.

SIMILARIDADES OLFATIVAS
Lembrou  em alguns momentos a fragrância intensa de Ellie Saab,  apesar de menos pungente e marcante. Pleats Please se destaca pelo equilíbrio controlado enquanto o outro marca pela exuberância. Comentários o relacionam em alguns aspectos com Couture Couture de Juicy Couture.


FICHA TÉCNICA
Família Olfativa: Floral frutal, setembro 2012
Gênero: Feminino
Perfumista: Aurelian Guichard
Designer: Issey Miyake
Rastro: Intenso
Fixação: Boa
Frasco: Inspirado em dobraduras e pregas típicas da cultura japonesa.
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Pera Nashi ou pera asiatica
  • Coração - Peônia, notas indólicas, sweet pea 
  • Base - Patchuli, cedro, baunilha e almíscar branco.
Classificação


Arte Irmã: se fosse uma imagem seria aquarela como a de Ruth Harris- Sweet Pea

Vídeo: Pleats Please le nouveau parfum d'Issey Miyake


Imagens: colagens de Elisabeth com imagens de editorial Pleats Please de Julia Nonise  e frascos de perfume Pleats Please by Issey Miyake; aquarela de Ruth Harris

4 comentários:

  1. Ola Betty, Adorno meu Pleats Please que ganhei de presente. Nao terai chamado minha atencao para compar. Para quem nao aguenta a pungencia do Couture e so se anima muito rear aments a usar Ellie Ssab (mesmo sendo na versao edt), o pleats please eh uma otima ideia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luz. Flor eu amei a saída deste perfume, mas passa por uma fase agridoce que me incomoda um pouco. Usaria se ganhasse, com prazer, mas pensaria duas vezes antes de eliminar algum da minha wishlist para colocá-lo lá. Minha irmã em compensação amou. Ela não sente. Ando com o nariz estranhamente afiado para esta nota quase indólica e medicinal. As vezes sinto nas flores...Beijocas de Elisabeth

      Excluir
  2. Adorei esse perfume, inclusive nos acordes "azedos". kkk Está no topo da minha wishlist.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helen. Qualidade indiscutível. Os perfumes da marca são muito doces. Gosto muito de sentir ao redor.Beijocas.

      Excluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!