Pin It button on image hover

terça-feira, novembro 26, 2013

Original Musk Blend Nº1 - Kiehl's


ESPÍRITO DA FRAGRÂNCIA
Caminhava por espaços aberto de praças amplas, logo após borrifar Original Musk nos pulsos e braços. Nuvens cinzentas tornavam o ar opressivo, abafado e o calor recebendo rajadas esparsas prenunciava chuva.
Envolvida na nuvem perfumada momentaneamente flutuei na imaginação e tornei-me estrangeira na própria terra. Busquei  o burburinho das pessoas no vai e vem dos mercados e feiras de ruas, nas vielas apertadas, confusas e coloridas como se imagina existirem no Oriente.
Se fui a Índia somente através de imagens, filmes, da comida exótica e agridoce, de relatos e músicas, hoje o olfato  a trouxe para mim.

No aroma limpo, cálido e condimentado, vibrante nos tons quentes de açafrão, páprica e canela, escondendo  bouquets  e doçuras  em barracas obscurecidas por nuvens de incenso.
Coincidentemente algumas quadras do ponto inicial me deparei com uma garota Hare Khrishna envolta  num sari estampado por delicadas  flores amarelas e rosas sobre azul.
Se estivesse com o sample na bolsa  teria feito presente.  Pareceu perfeito!

PERCEPÇÃO PESSOAL
Ao respirar as gotículas  da primeira borrifada, ainda sob o teor alcoólico, senti  almíscar límpido e transparente que prometia  genuíno aroma de lavanderia.
Falso. Imediatamente  se adoçou em flores, incenso e  especiarias.
Agucei o olfato em busca da canela que despontou, mas outros aromas se atravessaram no caminho. Mirra, civeta ou simplesmente incenso contra  almíscar, entremeado de flores?
Ocasionalmente um espirro cortante e fugaz de cítricos enquanto musk  enlaçava a  todos. Branco, agora,  opalino, contrastando  condimentos  coloridos aspergidos sobre  melífluas notas florais.
Tanta doçura morna  e cremosa sobre a pele...desconcertante, pois vagueia de mãos dadas com o acorde límpido e fresco de banho recém tomado.
Após aproximadamente seis  horas renovei  a carga perfumada sobre a pele, e preparei o nariz para hordas de incenso, para abraçar a canela, e eis que o corpo pregou uma peça.
Jogando  notas quentes e úmidas para o fundo abriu  espaço e ressaltou  teimoso frescor verde,  de patchuli almiscarado, que antes me pareceu coadjuvante, e na verdade é uma das estrelas.
Após algum tempo ressoa novamente o canto animalic adocicado e incensado.
Apesar de muitos comentarem simplicidade linear  meu nariz, ou talvez a pele, registra  uma gangorra olfativa com dois polos.
Interessante este almíscar!
Original Musk  Kiehl's eau de toilette é agradável, retrô, intimista, doce e confortável.

PRÓS E CONTRAS
A singularidade  do almíscar límpido e transparente contra  caloroso acento de flores  carregadas com especiarias e incenso pode ser motivo de desgosto aos  apreciadores de  fragrâncias definidas em contexto e inclinação.
Outros podem repudiar o almíscar  gênero "aldeído sabão de lavanderia", reforçado pelo teor agudo de patchuli.
Entretanto é um contraste interessante e  atraente custo/benefício da centenária marca americana Kiehl's, fundada em East Village-NY , 1851,  como Kiehl Pharmacy.
Atualmente  a marca é incorporada pelo grupo L'Oreal, comprada em 2000, com mais de 30 lojas espalhadas pelo mundo, inclusive São Paulo/Brasil


SIMILARIDADES OLFATIVAS
Comenta-se que o aroma é muito próximo do Original Musk Oil  Kiehl's,  Muscs Khobai Khan Serge Lutens e de Jovan Musk for Men. Entretanto em alguns  momentos despertou lembrança do  acorde oriental de baunilha almiscarada comum aos Jungle Kenzo embora com intensidade diluída e desprovidos do almíscar "limpo".



FICHA TÉCNICA
Família Olfativa: Floral amadeirado almiscarado, 2004
Gênero: Unissex
Perfumista:
Designer: kiehl's  Loreal
Rastro: Intenso a moderado
Fixação: Muito Boa
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Flor de laranjeira, bergamota.
  • Coração -Lírio, neroli, ylang-ylang, rosa
  • Base -Fava tonka, almíscar, patchuli
Classificação

Arte Irmã:  Se fosse um festival seria na Índia...


Imagens: Hare Krishna ilustração;Tecido com padrão indiano; Frascos de Fragrância Kiehl's; Hindu festival in Orchha, Madhya Pradesh, India photo Jeremy Richards

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!