Pin It button on image hover

sábado, outubro 05, 2013

Mokhalat Al Rehab by Al-Rehab


Frequentemente aromas trazem memórias a tona, contudo hoje procurei um que representasse um ânimo da alma.
Assistindo La Source des Femmes ( A Força das Mulheres ) impregnei o espírito desta feminilidade oriental, aparentemente submissa, no convívio diário com hábitos arcaicos, cuja motivação ou fundamento atualmente  inexistem. 
No século da tecnologia permanecem fiéis as tradições seculares, da época em que  sociedades necessitavam se organizar em função de guerras constantes, da procura de alimentos e da sobrevivência frente ao contexto histórico e natureza hostis.
 La Source des Femmes retrata   a intrepidez de mulheres cuja força espiritual  se sobrepõem a força física masculina.
Usam da arma que lhes restou: O apelo sexual!
Força instintiva e natural que domina sábios e ignorantes.


Contudo, não se fazem valer apenas do ato sexual em si, mas da relação livre e espontânea que oferece os prazeres da carne entremeados de carinho e amor aquecendo corações embrutecidos.
Que aroma sintetizaria delicadeza e força, desafio e complacência?
Mergulhei nos attars.Talvez...
Jannatul Firdous despontou forte na sua promessa do paraíso celeste, entretanto o início picante e agreste é másculo demais ...
Mokhalat Al-Rehab  apesar de configurar na perfumaria  árabe masculina evolui em acento amadeirado, cálido de madeiras doces embebidas em amêndoas como se estivesse associado intimamente ao universo feminil.
Quente, animalic profundo como sussurros emergindo das sombras da terra, sob o escaldante sol  na aridez  das planícies entre montanhas rochosas. Eleva-se  do pátio e aposentos das  casas de pedra em  longínquas aldeias.


Abafado no aroma de agarwood queimando sob caramelo de confeitaria, incenso e mirra, parece nos conduzir para a intimidade de aposentos obscuros, ocultando segredos de mil e uma noites .
Caminha doce e silencioso entre rosas, jasmim e âmbar buscando alívio  na brisa suave e fresca do anoitecer.
Quando a encontra transmuta em madeiras leves e cítrica associando  a umidade de cedro e musgo  ao  frescor  mentolados das ervas,  ao  cítrico de maçãs verdes. Nuances leves de vetiver e patchuli trazem luminosidade.
Instala-se no corpo, silente e delicado, ressurgindo rico e profuso  quando alguma aragem  resfria a pele.


Surpreende-nos  a cada instante, presente e insinuante, traduzindo  doçura extrema e  a sensual  fragilidade dos corpos femininos. Da mesma forma espelha a transparência e limpidez de espíritos livres e guerreiros.
Declara-se  apropriado a mulheres e homens quando se unem, abraçam, e misturam seus cheiros procurando juntos  trilhar o mesmo caminho.


Família Olfativa: Oriental amadeirado, almiscarado
Gênero: Unissex
Designer: Al Rehab
Rastro: Intenso a moderado
Fixação: Boa
Notas olfativas: Bergamota, agarwood indiano, amêndoa, jasmim, rosa, tomilho,especiarias, incenso, mirra,  cedro, sândalo, almíscar, âmbar, musgo.


 AL REHAB

Al-Rehab é um fabricante da Arábia Saudita, criador de perfumes tradicionais finos, árabes e ocidentais.
Utiliza nas criações  principalmente essências de Oud ( agarwood), Rosa de Taif, Incenso, Âmbar, Almíscar e especiarias .
Apresentados na forma de attars, óleos, perfumes sólidos  e fragrâncias de várias concentrações, na maioria sem adição de álcool.
O Islã ( Islão) prioriza a higiene pessoal e  ambiente limpo principalmente durante os rituais religiosos diários.
Muhammad, o Profeta,  relatou num hadith (alaihi al-salatu wa al-Salam), ou "Palavras do Profeta"
uma  exaltação as mulheres e perfumes. Desta forma, perfumar corpo, vestimentas e ambiente é um hábito enraizado na cultura islâmica.

Vídeo: Armand Amar - La Source des Femmes


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!