Pin It button on image hover

terça-feira, abril 02, 2013

Eau Des Baux - L'Occitane en Provence


Cenário: Loja L'Occitane en Provence / Brasil
Personagens: Senhora, Jovem e Vendedora
Quando menos se espera...
 Senhora (curiosa, borrifando imediatamente no braço)  
- É novo este?
Vendedora ( sózinha na loja, preocupada em atender as solicitações da outra cliente  inquieta )
- Não este é antigo, tem uns dois anos...
Senhora ( pouco atraída  pela imediata  agrura de madeira verde e ardida,  muito interessada pela delicadeza das peônias, flores de cerejeira e laranjeira nos românticos frascos rosados)
- Hummm, ele é bem intenso!

Senhora (dirigindo-se à jovem )
- Olha estes sabonetes.. que delícia é  o de leite. E  de canela então...
Jovem (curiosa no meio de vários creminhos, esfoliantes e loções.)
 - É mesmo, bom demais. Aqui está  um  cheirinho de mel...cheiro da minha infância... do  canela não gostei tanto.
Senhora- Claro! Você está lembrando da linha mel e limão que era divina e foi descontinuada não sei porque motivo. Era o que tinha de melhor na l'Occitane! Eu amava aquele.
Vendedora
- Pois é ...Mel e Limão era bem aceito...foi uma pena tirarem de linha.

Jovem 
- Sinta este... Fleur Cherie 
Senhora
 - Aff, não estou conseguindo  sentir mais nada com este perfume forte no braço.
Jovem
- Você também hein...não devia colocar direto na pele!  Agora não consegue experimentar os outros
Senhora ( distraída com vários  sabonetes)
- É impressão minha ou este aqui também tem um cheirinho de mel? 
Vendedora ( assumindo ar de paisagem)
- Este é de tília. Esta flor lembra um pouco o aroma do mel...
Senhora
 - Ahanm
Senhora ( (dialogando mentalmente com seus botões )
- Não sei não... talvez venha  do perfume no braço, caindo para o lado doce e espalhando no ambiente. Interessante!
Senhora (desalentada com os valores de loja física brasileira, convidando a jovem indecisa entre  múltiplas tentações)
- Vamos dar uma volta enquanto pensamos nos aromas e decidimos o que ( e se ) comprar. 
Senhora ( uma ou duas horas após)
- Sinta aqui no meu braço. Não parece um aroma de café/tabaco com  fundo de caramelo e madeira? 
Jovem
- Humhum...madeira doce. 


Horas após os acordes que se desdobraram na  pele permaneciam  firmemente aderidos misturando madeiras incenso, café, tabaco e condimentos com a doçura de  baunilha, âmbar e sândalo.
Equilibrio interessante  somou estas  notas resultando na fragrância  de café quente, caramelizado, temperado com especiarias melíferas,  odor  mesclado ao ambiente decorado com madeiras e couro.
Eau de Beaux eau de toillete é aconchegante, sedutor e viciante.

Na busca de  origens surgiu o conceito másculo e sensual  representando bravos cavaleiros  (e cavalheiros)  da lendária cidade fortaleza  Les Baux de Provence, localizada no Val d'Enfer, ao Sul da França.
Nobre coragem  interpretada pelo trio cipreste/incenso/baunilha.
Cipreste é conhecido desde a antiguidade grega pela simbologia da  vida eterna devido as folhas sempre verdes,e frutos com cheiro de incenso. Talvez estas características tenham estimulados  os cavalheiros de Baux a escolherem a planta como símbolo de força e coragem.
Segundo a lenda  eles podem ser ouvidos quando sopra o vento Mistral através dos ramos de ciprestes.


Fortaleza natural, circundada por inúmeras formações rochosas o nome de Baux de Provence vem de "Baus" que significa rochedo.
Opiniões de alguns aficcionados  apontam semelhanças  de Eau des Baux com  Tobacco Vanille  e Chergui. o que parece parcialmente, correto   considerando que a fragrância L'Occitane apresenta  acento diferenciado e linear  de madeira incensada pelos vapores de café/tabaco  e açúcar queimado.
Outros ainda relembram Memoire Pour Homme de Nina Ricci, Tea for Two de L'Artisan Parfumeur , Bois d'Argent Dior e Boss de Hugo Boss.

Após o banho renovou -se em suave e breve frescor, embalado ao sabor de sândalo almiscarado e ambarado, antecipando o ressurgimento da madeira vanílica, picante,  na projeção agora muito discreta.
Foi um caso de atração pele versus perfume.


Família Olfativa: Oriental amadeirado, 2006
Gênero: Masculino ( totalmente compartilhável)
Designer: L'Occitane en Provence
Rastro: Intenso a moderado
Fixação: Ótima
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Aroeira, cardamomo
  • Coração - Cipreste, incenso
  • Base - Baunilha, fava tonka


Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

Vídeo: Le Val d'Enfer


Imagens: Composição e fotos de Eaux des Baux edt de L'Occitane en Provence e Val d'Enfer / Les Baux  por flickriver; loja L'Occitane do Shopping Crystal/ Curitiba / PR/ Brasil.

    11 comentários:

    1. Ola Elizabeth, acabei de ler sua resenha e confesso que fiquei com água na boca adoro perfumes incensados, combinam com minha personalidade, a fava tonka um toque especial, adoro seu aroma, gostaria muito de experimentar, mas devido aquela promessa vou ter que esperar para ganhar de presente. Voltando ao aroma incenso, a maioria dos meus perfumes favoritos tem um toque de incenso: Animale, St Dupont, Parfum Peau de Claude Montana entre outros, perfumes que como você mesma disse, amados ou odiados, mas cá entre nós precisa ter muita personalidade para usá-los, não ser um joguete de modismos, ter um olfato um tanto mais "refinado", olha a modéstia, mas não tenho razão? BJS!

      ResponderExcluir
    2. Oi Beth! Conheço a linha Eau de Beaux e gosto muito. Como você descreveu bem, um típico oriental amadeirado e doce, bem gostoso e confortável, ótimo para dias mais frios, embora infelizmente tenha um "déjá vu" dele com algumas fragrâncias já conhecidas. Como você, já passei pela mesma situação quanto à vendedora.....longe de ser especialista, já ouvi equívocos e bobagens na hora da compra. Penso que para se vender bem um perfume tem de se gostar do assunto e ter noção básica de notas olfativas....(jamais iria querer ser um vendedor com você no balcão, à minha frente, kkkk..). Ótima resenha, abs.
      Ubiratan

      ResponderExcluir
    3. Oi Ubiratan... Imagine amore. Eu sou muito desligada. Deveria ter percebido logo que o acorde doce vinha do perfume evoluindo no braço.hehehe.
      E não é muito frequente encontrar vendedores com quem possamos trocar opinião técnica. Quando eles se perdem cmeçam a concordar com o cliente ou"inventar". Os mais antigos são poços de cultura perfumísticas, e alguns jovens também. Certa vez conversei com uma mocinha na Sade que estava empolgadíssima com a oportunidade de partilhar o que aprendeu num curso sobre lançamento da época. Uma gracinha.
      Concordo plenamente.Esta linha deve ficar maravilhosa num clima outonal ou de inverno. beijocas de elisabeth

      ResponderExcluir
    4. Oi Rubia. Eu diria que o afiado é consequência da maturidade, física mesmo. Salvo exceções naturalmente. Existe uma evolução no gosto que acompanha a fisiológica. Somando-se o conhecimento de mais e mais aromas chegamos nesta fase em que os perfumes considerados "difíceis", os marcantes que fogem do estilo"água de chuchu", se tornam preferidos.
      Lembro-me que criança era mais eclética e aberta para os perfumes. Na adolescência e juventude gostava muito dos almiscarados, lavandas, florais leves, abrindo exceção para um ou outro mais elaborado. Minha paixão pelos chypres e perfumes complexos, orientais, amadeirados,tabaco e couro se instalou lá pelos 30 anos. Hoje aprecio uma gama imensa de aromas. E perdemos um pouco do olfato a medida que amadurecemos. Incoerência da natureza não é? Quando podemos aproveitar mais.
      Experimenta sem comprar. Vai que alguém resolve presentear Dia das mães está quase aí e já está na hora de pedir presente de mães pela internet. Nosso correio é hiper demorado. Talvez por culpa da receita... quem é que sabe? Beijocas de Elisabeth

      ResponderExcluir
    5. Olá, venho dizer que AMO seu blog, volta e meia gosto de falar de propagandas de perfumes no meu, mas a essência deles, não há ninguém melhor que vc para falar deles! rs

      Venha conhecer meu cantinho:

      http://ladycult.wordpress.com

      Bjs

      ResponderExcluir
    6. É isso mesmo, querida. Abs.
      Ubiratan.

      ResponderExcluir
    7. Oi Ego. Estou em viagem, mas assim que retornar e tiver um momentinho de sossego para colocar meus afazeres b"bloguísticos" em dia farei a visita. Com toda calma e atenção que uma colega blogueira merece. Obrigada pelaa gentileza e parabéns pelo blog. Beijocas de Elisabeth

      ResponderExcluir
    8. Oi J. Flavio. Muito obrigada! Como vc disse coloco a alma no que faço. Comecei o blog para registrar minhas impressões, pois com o passar dos anos perfumaria, o estudo das fragrâncias e notas aromáticas, se tornou uma paixão.
      Creio que dos citados você se interessaria pelo aromático amadeirado Light Blue D&G. O feminino também é interessante no aroma cítrico de maçãs verdes e cedro. Gucci Envy é oriental amadeirado, incensado, quente e apimentado. Eternity é um fougere clássico, intenso limpo e refrescante. Também seria do seu agrado.Versace Eau fraiche é aquático cítrico e amadeirado. Adequado para climas quntes. espero ter judado. Beijocas de Elisabeth

      ResponderExcluir
    9. Muito obrigado Elisabeth! Não são perfumes tão requintados quanto aos que voce está acostumada, creio! Mas, do que citamos, creio que não comprarei o Versace apenas. As notas ditas aquaticas me assustam um pouco, sua evolução nem sempre é confiável, se é que me entende... é como o Aqua di Gió, reconheço ser um bom perfume, mas fica uma espécie de "caldo aguado de frutas" depois de meia hora, para meu olfato...Por acaso você recomendaria algo em termos de leitura, para uma boa base teórica a respeito do assunto? Infelizmente, a questão financeira ainda me impede fazer cursos ou adquirir muitos perfumes...(a propósito, você tem alguma dica de como posso experimentar grande quantidade de perfumes? ou é só na raça mesmo - indo em lojas e pedindo??). Você me ajudou muitíssimo. Novamente te parabenizo: pelo site, pelo refinamento, pelo nível que denota com os comentários que faz e por todo conhecimento que tem a serviço de todos nós, aliado a uma simpatia e gentileza sem fim. Grande abraço, JFlávio.

      ResponderExcluir
    10. Oi Flavio. Estes suaves e almiscarados, florais ou frutados leves nas antigas comunidades do orkut chamávamos de "água de chuchu". Muitos consideram o estilo insosso, mas apurando o nariz percebemos alumas nuances agradáveis.
      Querido na maioria das vezes é na raça mesmo; de perfumaria em perfumaria. Contudo nas redes sociais acabamos fazendo amizade com alguns colecionadores e podemos trocar pequenas frações ou amostras. Trabalhoso mas compensa. Beijocas de Elisabeth

      ResponderExcluir
    11. bom dia, tudo bem?
      Gostaria de saber teu ponto de vista sobre o perfume Azzaro Duo feminino, do frasco dourado.

      beijos e uma ótima semana!

      ResponderExcluir

    Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!