Pin It button on image hover

sexta-feira, agosto 24, 2012

Peoneve edp - Penhaligon's London

Downtown!
O coração das metrópoles européias  abriga prédios históricos, centro financeiros e parques  cujas árvores frondosas sombreiam canteiros de flores desdobrando recantos para lazer e entretenimento.
Coleções de plantas artisticamente dispostas para formar composições coloridas e sazonais caracterizam  seculares jardins ingleses, históricamente importantes como precursores destas áreas verdes, abertas para a população nas cidades; os primeiros jardins públicos no continente.


Entretanto é a aura de romantismo e a exuberância da natureza inebriando os sentidos que nos toca quando pensamos nestes belos espaços.
Ao entardecer, no momento que flores se preparam para o abraço aveludado da noite, desfrutamos do apogeu aromático da Natureza.
Peoneve edp abre incisivo tal leque olfativo como se brisa fresca e úmida farfalhasse pelos caminhos, carregando no seu rastro a fragrância  de pétalas e folhas.
Evoca  a mulher  que antecipa o prazer do encontro romântico, enquanto o jardim se colore com as nuances do céu vespertino.
Que percorre vagarosamente as alamedas, entre sebes floridas, descuidada, pisando sobre a grama e pequenas plantas, roçando a saia na profusão de  pétalas perfumadas.


Inebria-se com o bouquet  harmonioso e intenso que  permite viajar através de belas histórias românticas, ouvindo suspiros e devaneios dos grandes amores,  misturando a fragrância de um personagem  com o cheiro atraente de papel impresso.
Esta é a sensação que me provocam os acordes de Peoneve... Abrir um livro novo, aspirar o perfume  delicado das folhas enquanto a história sugere outros aromas, inesperados,  pincelando emoções e paisagens floridas.


Festivo no despontar das notas atordoa com o aroma licoroso de flores e frutas  imersas em  ácido, porém doce, sumo de limão.
Frutos tenros e carnosos emergem neste primeiro momento, personalizados por tempero picante, verde e aquoso.
Talvez curtido em notas alcoólicas . Seria o  gin, que apareceu ocasionalmente na recente fragrãncia de sucesso da casa Penhaligon's.
Flores  submersas pela frondosa imponência do pomar são resgatadas pela leveza verde e fresca das folhas de violetas,  sublinhadas por acentos herbais  translúcidos que levam o aroma a pairar no ar como se procurasse nuvens.


Hedione é citado na pirâmide olfativa  e certamente ressalta o bouquet onde peonia e rosa se entrelaçam em perfeita harmonia, traduzidas num apelo floral gustativo, sensual e quase animalic, complementado pela doçura levemente ardida de fugidio jasmim..
Entretanto se em alguns momentos a fragrância  adensa trilhando  bosques sombrios noutros retorna ao caminho ensolarado se desdobrando em cor  e luminosidade.
Ocasionalmente percebemos aveludada e incensada  madeira sob as camadas florais, densas  ou etéreas, confortavelmente rodeada pelos almíscares empoeirados.


Decorridas poucas horas a pungência do vetiver aliado as notas verdes e úmidas torna-se mais vibrante enquanto complexidade e transparência se antagonizam na composição que funde  frutas, flores, folhas e raízes em vertiginoso carrossel.
Peoneve se define em movimento, ora indolente e luxuriante, ora  leve e cristalino, contudo fiel ao  jardim perfumado que transporta da sombra para luz, das flores mornas de sol à fonte cristalina de água corrente.


Família Olfativa: Floral, 2012
Gênero: Feminino
Perfumista: Olivier Cresp
Rastro: Intenso à moderado
Fixação: Boa
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Folhas de violeta
  • Coração - Peônia, rosa da Bulgária, hedione
  • Base - Vetiver, almíscar, madeira cashmere

Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

 Vídeo:Downtown- Emma Burton

  

Imagens: Composições de Elisabeth Casagrande com - Livro antigo, peônias, english garden, Paeonia garden/combination of Paeonia mutabilis - Allium giganteum; short garden wedding dress /editorial;english garden de custom garden designs; frascos de Peoneve de penhaligon's; A English Garden de Percy Robert Craft; peoneve edp em penhaligon's London; Garden Museum.


ARTE IRMÃ
Jardim com Flores (Leilão de Jardim)  -  Cecilia Meireles
Quem me compra um jardim
com flores?
Borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis nos ninhos?
Quem me compra este caracol?
Um lagarto entre o muro e a hera,
uma estátua da primavera?
Quem me compra este formigueiro?
E este sapo que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?

E o grilinho dentro do chão?

(Este é o meu leilão!

2 comentários:

  1. Elisabeth, acompanho seu blog e o acho incrível.Por sermos tão deficientes de blogs sobre perfumes, resolvi criar um, se vc puder dá uma olhada, vaiser uma honra!
    http://aloucadosperfumes.wordpress.com/
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Oi Diana. Será um prazer. É incrível como o conhecimento sobre perfumaria é restrito no Brasil. o brasileiro ama perfumes, mas formamos poucos perfumistas, há carência de literatura, escolas...
    Os sites e blogs sobre perfumaria são tantos, com pessoas tão esclarecidas que as vezes me sinto acanhada!
    Há muito espaço para este assunto e as opiniões são bem-vindas. Logo farei uma visita. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!