Pin It button on image hover

terça-feira, janeiro 24, 2012

Meteorites eau de toilette - Guerlain


Memória olfativa pode ser ambígua, pois se relaciona ao imaginário ou a realidade, quando associamos diversas referências despertando sensações inovadoras, ou aflorando sentimentos conhecidos.
Ouvindo a fala do personagem de um seriado policial, que descrevia o cheiro de uma criança como um  mix de suor e iogurte de morango, experimentei a nítida sensação da terna fragilidade infantil, presumindo que era exatamente este o objetivo do autor, usando tal figura aromática.
Levou-me a pensar nos cheiros de seres míticos, ou pelo menos não comprovados, que se concretizam na minha imaginação como os mais etéreos, límpidos e puros.


Assim, quando questionei o que definiria Meteorites de Guerlain pensei:
- Parece feito para elfos e fadas, espalhando rastros de orvalho e violetas, criaturas de crepúsculo ou entardecer que são...
No meu conceito sobre fábulas eles  não são cabíveis ao sol tórrido do meio-dia, apenas nas brumas e úmidas aragens que envolvem a terra quando desperta ou adormece.
Irreal e romântica  imagem  que traduz o espírito leve, fluido, delicado e fresco desprendido do frasco de Meteorites.
Não ao início.


Toca a pele repleto de violetas intensas,  misturadas ao odor quente que vem da terra, das resinas picantes.
Profundo, misterioso, doce e denso como mel escorrendo entre os dedos. Aqui as violetas se tingem de âmbar opalescente e quase dourado.
Entre estas notas temperadas e terrosas sentimos toques de rosa e cravo, talvez de heliotrópio, amplamente citado na literatura como parte da piramide olfativa oficial.
Durante este período de acomodação não oferece pistas do aroma inocente, puro e docemente empoeirado que revelarão reinado absoluto de violetas e íris.


Talvez ao passar de elfos e duendes para as belas fadinhas o aroma transmute como num passe de mágica e do licoroso inicial surja pó luminoso que será aspergido pelo caminho colorindo  pedras e plantas de violeta.
Sândalo, almíscar, íris e âmbar são coadjuvantes a reforçar a força das flores, o que me fez lembrar uma época em que incomodava amigos colecionadores pedindo sugestões de violetas puras e cristalinas.


Ei-las. Flores em cristais açucarados e vívidos.
Havia me esquecido desta busca, contente que estava com o aroma quase cremoso de violetas subjugadas pela envolvente íris  numa fragrância  L'Occitane.
Apesar de bela, e da facilidade que os misteriosos seres provavelmente detém no domínio de infinitas e perfumadas raízes de íris, é num tapete de violetinhas que suaves  fadas festejam a Natureza.


Despertando do sonho e voltando para a praticidade dos toucadores percebemos que o (infelizmente) descontinuado Meteorites foi uma edição especial do ano 2000, para refletir em eau de toillete a fragrância admirada nas cintilantes pérolas de maquiagem Meteorites Powder Pearls.
Comentários relacionam meteorites com o antigo Après l'Ondée (1906) concebido para evocar a melancolia de um jardim após a chuva. Também com Bvlgari Femme cuja transparência realça violetas e íris adoçadas pelo sabor de heliotrópio.

Família Olfativa: Floral Violeta, 2000
Gênero: feminino
Designer: Guerlain
Rastro: Intenso a moderado
Fixação: Boa
Pirâmide olfativa:
  • Topo - Notas verdes , íris
  • Coração - Violetas
  • Base - Heliotrópio

Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

Arte Irmã - E se fosse uma música...

VÍDEO: Cold Play - Violet Hill


Imagens: Composições de Elisabeth Casagrande com fragmentos de imagens de: Guerlain Perfumese Cosméticos, Amethyst Elven Gate, fairybg3, fada de porcelana, guirlanda de violetas, ilustração de Ida Rentoul.

7 comentários:

  1. Oi Beth,

    me diz uma coisa, vc me enviou um attar entre as amostras e que eu provei somente esta semana e me apaixonei!! Não é comum, ou seja, não cheira rosas e fumaça, cheira limpeza, banho omado, é um óleo verde escuro no qual vc escreveu na etiqueta: swiss arabie. Me diz qual é?
    bejus
    Li

    ResponderExcluir
  2. Oi Sarah-Li. Que coincidência! Estava justamente procurando aquele lote de amostrinhas que você enviou, selecionando coisas interesantes... he he he. Estou preparando resenhas novas.
    Dos meus attars, que são quase todos miniaturas roll-on para provar, poucos consigo fracionar. Apesar de gostar das rosas enfumaçadas creio lembrar qual é o Swiss. Conferirei. Se ainda não foi resenhado publico aqui para você saber qual é. Beijocas de Elisabeth
    PS: Attar ... boa idéia...

    ResponderExcluir
  3. Flor é Swiss Arabian attar feito pela Givaudan , made U.A.E.. Farei a resenha com fotos dos selos,frasco e caixa. É um óleo muito escuro, vidro de 9ml não spray, com caixa vermelha e dourada. O meu frasco é bem simples , do tipo botica, porém existem frascos elaborados ( bem mais caros)e maiores.
    Não gosto das notas de topo. Muito ácidas, parecem incluir óleo de pinho e limão. A sequência é muito agradável. Unissex. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
  4. Ai Beth, muuuuito obrigada!Preciso achá-lo ,achei esse attar maravilhoso,eu me sinto muito bem com ele.Vai ser ótimo ler uma resenha sobre um perfume tão delicioso...

    ResponderExcluir
  5. Olá Elizabeth! Você poderia me dizer se esse perfume, Eau de Toilette Meteorites by Guerlain é lançamento? Procurei em sites de vendas brasileiras e não acho em nenhum lugar... Obrigada! Lin.

    ResponderExcluir
  6. Oi Elizabeth! Só retificando: li que esse perfume (Eau Toilette Meteorites) foi descontinuado. No lugar dele você recomenda o Bvlgari Femme? É isso? Obrigada novamente! Lin.

    ResponderExcluir
  7. Oi Sarah. Na verdade flor, Meteorites foi praticamente uma edição especial. Contudo vi a venda algum tempo atrás, só não recordo em qual dos sites.Creio que Bvlgari tem algumas notas em comum, mas não similaridade acentuada. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!