Pin It button on image hover

terça-feira, junho 21, 2011

Le Roy Soleil - Salvador Dali Perfumes

Diferente e difícil! De achar e de interpretar, pois revela inúmeras facetas no seu amplexo floral,frutal,oriental,especiado e aldeídico...
Estaria repleto de simbolismos como uma obra Dali?
Frasco encantador mostra um sol melancólico sobre  líquido em dourado quente, jovial e feliz.
Este dualismo percebemos nas flutuações de acentos durante a evolução.
Frutas e flores doces abrem o leque olfativo, mescladas como tintas derrubadas sobre papel. Ora são pêssegos, ora damascos, ou  cítricos em diversas expressões , temperados com canela, fugindo da combinação clássica com baunilha.
As especiarias aderem à notas ácidas, naturalmente picantes, embora doces.


Este dulçor  vem de  profuso bouquet... jasmim, rosas e cravos, fresco ciclame,  talvez ylang-ylang, todas  envolvidas por  encantador toque aldeídico..
Adornadas pelas ervas e resinas que se instalam devagar, mostram um brilho metálico de patchuli, madeiras ligeiramente  incensadas, pinceladas irreverentes de vetiver.
Sombras de incenso e pó descem sobre a luminosidade ensolarada  induzindo ao mistério e transformando o início alegre e buliçoso  no endardecer envolto em véus de morna sensualidade, ambarada e almiscarada.
Com toques de mel Le Roy Soleil adiciona brumas doces  à picante canela. Cativante e diferente do usual, este  solzinho Dali quebra a monotonia.
Alguns consumidores relatam terem sentido proximidade olfativa com Champagne de Yves Saint Laurent , antes da reformulação que originou Yvresse.
Versão masculina, floral, amadeirada e aromática,  foi  lançada no ano seguinte.


Le Roy Soleil  perfumes foram inspirados na  homenagem à Luiz XIV, o rei sol, que Dali admirava pelas atitudes criativas e pelos escessos  no estilo de vida e vestuário, através da pintura Le Roy Soleil datada de 1945.
A imagem do sol se repete no frasco de Black Sun 

 LE ROY SOLEI FEMME
Família Olfativa: Oriental Espediado,1997
Gênero: Feminino
Perfumista: Philippe Romano
Rastro: Intenso
Fixação: Muito Boa
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Abacaxi, Tangerina, Limão, bergamota, pau-rosa
  • Coração - Ciclame,damasco, cravo, canela,orquídea,jasmim, lírio-do-vale, rosa.
  • Base - Madeira de sândalo, feijão-tonka, âmbar, patchuli,almíscar, baunilha, vetiver


LE ROY SOLEIL HOMME

Família Olfativa: Chypre Aromático, 1998
Gênero: Masculino
Perfumista: Gerard Anthony
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Grapefruit, bergamota
  • Coração - Jasmim, pau-rosa brasileiro, geranio
  • Base- âmbar, cedro
Arte Irmã: Se fosse uma canção seria....

    Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

    VÍDEO: Estrada do Sol - Elis Regina e Gal Costa

     
     
    Imagens: Banner publicitário Le Roy Soleil , frasco Le Roy Soleil, Frasco Schiaparelli Le Roy Soleil,  Pintura  le Roy Soleil (945) e frasco Le Roy Soleil Homme.

    segunda-feira, junho 20, 2011

    Salvador Dali - Arte e Perfumes


    Artista catalão surrealista que explorou fortementente o Simbolismo em todas suas obras, Salvador Domingo Felipe Jacinto Dali i Domènech, 1º Marquês de Dalí de Púbol, ou simplesmente  Salvador Dalí, nascido em 1902, em Figueres onde viveu seus últimos dias, expressou sua criatividade  na pintura, escultura, literatura, fotografia, cinema, joalheria, moda e perfumaria.
    Várias escolas artísticas chamaram sua atenção antes de desenvolver o estilo surrealista, marca registrada do seu trabalho. Começou com o Impressionismo de Pichot, seguiu nas  experiências com Cubismo e Dadaísmo, influências de Miró, Picasso, Raphael, Bronzino, Zurbarán e Velázquez.


     Contudo na vida pessoal duas mulheres exerceram forte domínio ao nortearem suas atitudes.
    A mãe que o apoiou incondicionalmente  na tendência artística, provocando profundo pesar quando faleceu, e a esposa, imigrante russa dez anos mais velha que ele, ex-esposa do colega surrealista Paul Éluard.
    Elena Ivanovna Diakonova, conhecida como  Gala Éluard foi sua companheira até a morte em 1982. Quando se foi   Dali  perdeu o estímulo para viver,  falecendo sete anos após na cidade onde nascera, sepultado na cripta do seu Teatro-Museu-Dali.


    Se Dali foi mago no surrealismo, Gala levou parte do seu espírito criativo para o lado comercial na pretendida marca fashion destinada à perfumaria.
    Ambos apreciavam  o universo dos aromas. Enquanto Gala mantinha uma vasta coleção de perfumes e incentivava a criação da grife, Salvador Dali afirmava que:
     - " Dos cinco sentidos o olfato é incontestavelmente aquele que melhor transmite uma sensação de imortalidade".


    Apreciava aroma de jasmin enquanto Gala preferia rosas.
    Salvador Dali eau de parfum, o primeiro perfume, apresenta   frasco desenhado por Dali,  inspirado na pintura Apparition of  the Face of Afrodite of  Knidos  retratando Afrodite deusa da beleza e do amor.

    PARFUMS SALVADOR DALI


    Jean-Pierre Grivory  criou a COFCI companhia em 1976 e 6 anos mais tarde firmou licença com Dali, para Parfums Salvador Dali ,  que na sequência  se tornaria internacional e detentora de vários prêmios.
    Após o primeiro Limited Edition Parfums Salvador Dali, em 1983, a marca lançou:

    - Salvador Dali  Pour Homme ( 1987)
    - Cosméticos Salvador Dali ( 1989)
    - Laguna ( 1991)*
    - Salvador Men ( 1992)
    - Dalissime (1994)*
    - L'Eau de Dali ( 1995)
    - Dalimix ( 1996)
    - Dalimix Gold ( 1997)
    - Le Roy Soleil (1997)*
    - Roy Soleil Homme ( 1998)
    - Dalimania ( 1999)
    - Dalifor (2000)
    - Dalimix Black (2000)
    - Laguna Homme ( 2001)

     - Dalistyle (2002)
    - Angelic Pink (2004)
    - Daring Gold (2004)
    - Rubylips ( 2004)
    - Eau de Rubylips  (2005)
    - Agua Verde (2005)
    - Sea & Sun in Cadaqués (2006)*
    - Purplelips (2006)
    - Black Sun  Men (2007)*
    - Purplelight  (2007)
    - Purplelips Sensual (2007)
    - ITISLOVE ( 2008)
    - Little Kiss (2008)
    - Black Sun Sport (2009)
    - Little Kis Cherry (2010)


    - Laguna Maravilla (2010)
    - Little Kiss Me (2010)
    - Dalilight (2011)
    - Lovely Kiss (2011)

    Imagens: Salvador Dali em 1965- Roger higgins;  obra Woman With Flowers Head de 1937; Teathre Museum Dali -detalhe do telhado; obra My Wife Nude Contemplatoing Her Own Flash Becoming Stairs Three Vertebrae of a Column, Sky and Architeture; Apparition of  the Face of Afrodite of  Knidos e frasco de Salvador Dali Perfume; frasco de Dalissime; rasco de Laguna Maravilla
    Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

    quinta-feira, junho 16, 2011

    Opus 1870 - Penhaligon's London


    To be in clover ...ou não?
    Talvez uma das características dominantes deste século seja alto nível de stress.
    Por onde se ande há stress, pessoas trabalhando demais, competitivas, ansiosas, sem tempo para o lazer.
    Este quando praticado é atividade intermediária entre inúmeros compromissos.
    Não mais preguiçosas tardes de sol nos sábados, antecipando  o desfrutar de longos domingos.
    Sábados são tão atarefados!
    Não mais missa no domingo de manhã, seguida de passeios nas feirinhas de artesanato, ou galerias de arte.
    Estamos exaustos domingo de manhã!
    Tantas coisas boas se perdem.
    Nosso lazer é compromissado...
    Opus 1870 é terapia? Não exatamente, apesar de aromas serem calmantes, relaxantes ou revigorantes.
    Entretanto, algo em Opus 1870 despertou-me sentimento de benevolência, de segura tranquilidade.
    Talvez alguma nota olfativa  enterrada no inconsciente infantil, trazendo à memória  alguma  figura masculina familiar e protetora.
    Enfim, esta fragrância, hoje, se traduziu em elegância conciliatória  e aconchegante.
    Inicia fresca, delicada, ligeirmente temperada recordando o aroma de tomilho fresco associado com sutil apimentada e doce emanação cítrica. Deve ser o citado Yuzu rodeado por folhinhas verdes.
    Esperava uma explosão de coentro, mas ele se instala vagaroso, docil e cálido apesar de acompanhado por obscuras  especiarias apimentadas.


    Existe equilíbrio e brandura na colônia Opus 1870, onde menos é mais.
    Flores não se salientam, apesar de estarem presentes unidas em doçura cumarínica; contudo nesta refinada discrição sobressai o ápice,  delicioso acorde composto por madeiras e incenso.
    Cedro seco e enfumaçado encontra amenidade  no  dueto com sândalo, o que  enriquece a composição, provocando aura de sofisticada simplicidade, deixando sentir ao fundo acento ligeiramente salgado e metálico de  especiarias iniciais, e  a sedosa temperança do almíscar.
    Durante a evolução acordes se entrelaçam de tal forma que sentimos a base temperada pelo topo, após ter influenciado volatizações iniciais, apesar das  camadas serem bem definidas em relação a linha temporal.

    Opus 1870 não impacta, acalenta.
    "To be in clover"  -  Viver em tranquilidade -  afinal opus significa  trabalho ou obra, aqui bem realizado.



    Família Olfativa: Chypre amadeirado, 2005
    Gênero: Masculino
    Designer: Penhaligon's
    Rastro: Moderado
    Fixação: Boa
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo - Molho vermelho de pimenta e  Bourbon do kentucky  (Bourbon Black Pepper), fruto yuzu, coentro
    • Coração - Trevo vermelho (English Clover Rose), canela, incenso
    • Base - Madeira de cedro. Madeira de sândalo australiano, madeiras, almíscar.

    Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

    Arte Irmã: Se fosse música....

    VÍDEO
    : Sampa - Caetano Veloso



    Imagens: Composição de Elisabeth C com  trifollium, barris de bourbon e  frasco Opus 1870 de Penhaligon's London ; gato dormindo de Elisabeth C; Trifolium fields by  Dana Tims

    sexta-feira, junho 10, 2011

    Penhaligon's London For Men



    Perfumaria para homens é um desafio, considerando que  aromas "tradicionalmente masculinos" limitam fronteiras na composição. Contudo, mestres criativos  introduzem  tantas variações sobre estes motivos, que cada um é um, quando bem feito, mesmo que nos pareçam exemplos clássicos.
    Ocorre com a perfumaria masculina inglesa  uma das mais aprimoradas que conheço.
    Quando penso:
    - Hummmm... esta fragrância é familiar!
    A referida muda, remodela, transmuta e cheira a nova.
    De nove que tive o prazer de conhecer em Penhaligon's, até o momento,  duas já estão referidas no requinte vigoroso de Blenheim Bouquet e na limpidez confortável de Castile

    ENDYMION 


    Como se conquista o coração de uma deusa?
    Selene, divindade da lua e irmã de Helios deus do sol era  de muitos amores, entretanto o mais intenso foi pelo pastor Endymion, filho de Zeus e da ninfa Calice.
    Incorformada com  o fatal envelhecimento do jovem namorado ela pediu a Zeus que mudasse  seu destino. Este  enciumado da bela deusa concordou em conceder a imortalidade, porém adormeceu Endymion para sempre.
    Mesmo assim  o pastor continuou sendo  visitado todas as noites pela  amada retribuindo seu ardor em sonhos. Conta-se que desta paixão nasceram 50 filhas.


    Como se conquista o nariz de uma mortal?
    Café, couro e noz moscada são irresistíveis para o meu, e Endymion, o perfume Penhaligon's, pode dormir eternamente no meu armário, ou de alguém próximo...
    Surge cálido e  cremoso sob o manto cítrico, fresco e leve,  endossando a presença de flores  delicadas, principalmente lavanda.
    Este bouquet  delicado e masculino  se reveste gradativamente de notas especiadas e secas  que  vem do café, do couro, dos incensos resinosos junto as madeiras.
    Existe antagonismo  equilibrado entre estas características  escuras  como noite sem estrelas, e o brilho  enluarado de flores, sândalo e almíscar.
    Amorosa doçura conserva o toque refrescante de ervas mentoladas associado  à picante característica de aveludada noz moscada e estimulante pimenta.
    Refinada elegância  na tríade café, tabaco e couro revela facetas femininas e masculinas emaranhadas, lembrando  suspiros indistintos de amantes entrelaçados.
    Âmbar  e almíscar embalam  o adormecer de Endymion, sobre doce travesseiro de ervas frescas, enquanto madeiras queimam lentamente, em algum lugar, não muito distante.
    Suave é a noite...


    Comenta-se que  compartilha características com Trussardi Inside e Belle de Rickel. Percebo traços  ocasionais e parentesco olfativo nestas composições que percorrem caminhos semelhantes.
    Trussardi Inside me encanta na mesma proporção.


    Família Olfativa:Oriental Especiado, 2003
    Gênero:Masculino/ compartilhável
    Perfumista: Fragrance Resources
    Rastro: Intenso
    Fixação: Muito Boa
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo -
    • Coração -
    • Base - 

    QUERCUS


    Caminhe entre árvores  de um pomar  cítrico após  breve temporal, destes que não conseguem arrancar frutos e folhas, mas extraem  alguma essência das superfícies.
    Absorva  aromas enquanto o sol aquece e seca as gotinhas rutilantes.
    Folhas e frutos cítricos inebriarão os sentidos, assim como as notas iniciais de Quercus, talvez a fase mais brilhante desta colônia interessante.
    Translúcida e doce em beleza  floral ácida que poderia  ser cristalizada neste momento.
    Impecável  sinfonia frutal cuja magneficiência se deve em parte à associação com  jasmim e lírios primorosos, pois enquanto descobrimos   flores brancas,  deliciosos condimentos, e ervas aromáticas  adicionam  característica mentolada, junto a discreto  acento salgado. Tão inesperado quanto breve.
    Evolui  vertiginoso  construindo acordes do coração em  notas alternando doçuras  e pimentas em  cada passo.


    Belas, as flores de Quercus se  espalham  sobre a madeira de carvalho, cujo musgo é límpido, recém lavado pela chuva, apresentando novas facetas do frescor verde dos bosques.
    Se nasce  luminoso, doce e brando, na maturidade  adquire densidade  sombria sob influencia de patchuli, possivel gálbano, especiarias ou madeiras picantes  e  resinosas.
    Salta da leveza feminina para pungência agridoce e máscula.
    Tido por muitos como unissex, não nega a essência feminil nas notas iniciais, entretanto do coração à base  assume aspecto  viril  imbuído de características notadamente masculinas.


     Contudo não abandona  a sombra úmida e repousante de árvores antigas e frondosas que ao receberem os últimos raios de luz permitem  reconhecer  sândalo e almíscar.
    Seria âmbar este leve resquício empoeirado que suaviza e acalma? E faz retornar a feminina elegância?
     Lendo comentários percebi alusões sobre  semelhanças com notas olfativas presentes em CK The One e Leay D'Issey de Issey Miyake.
    Procedem em parte, pois as composições seguem caminhos  olfativos similares,  apesar dos desvios e tortuosidades que os diferenciam, da mesma forma que rios seguem para o mar atravessando diferentes paisagens.


    Família Olfativa: Chypre,1996
    Gênero: Masculino / unissex
    Perfumista: Christian Provenzano
    Rastro: Intenso
    Fixação: Muito Boa
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo - Limão, tangerina, lima e bergamota
    • Coração - Jasmim, lírio-do-valle, cardamomo manjericão
    • Base - Musgo de carvalho, patchuli, sândalo, gálbano, almíscar, âmbar, sândalo

    Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 


    Imagens: Perfumaria masculina Penhaligon's; Selene e Endymion/ afresco de sarcófago romano - Museum Experience Mode, composição com fragmentos de couro cinza by Beckas, café, lavanda, noz moscada e fasco Endymion - Penhaligon's; frascos Endemyon sobre poema original de John keats-século XIX. Conjunto de samples Penhaligon's de Elisabeth C.Composições de frascos quercus penhaligon's com Lily petals de nature wallpapers, moss on a citrus de Imbala/flickr e pomar cítrico by Devir

    quarta-feira, junho 08, 2011

    360º Perry Ellis for Women - Perry Ellis

     
    Ocasionalmente acontecem dias estranhos, repletos de pormenores inesperados deixando no ar a sensação de universos paralelos.
    Estamos no inverno, começo da estação que aqui no Sul do Brasil significa temperaturas baixas, talvez graus negativos, gelo sobre a grama.
    Porém esquentou de súbito e o dia despontou radioso,  sol logo obscurecido por chuvas torrenciais e gélidas, vendaval de vento e ... noite estrelada, enquanto o Chile arde em  erupção vulcânica.
    Desnecessário dizer que a temperatura despencou vertiginosamente.


    O que  bastaria  para escrever sobre um aroma doce, poderoso, especiado mui caliente.
    Irreal... nada funciona como se quer neste dia/noite fantasmagórico.
    Acabei afundando o nariz em Perry Ellis, 360º.
    Limpo, floral e de tal forma transparente que visualizei cenas  do filme "A Casa do Lago" (The Lake House).
    Interessante como as associações acontecem em ritmo vertiginoso.
    Lá estavam, na minha mente... o romântico e misterioso arquiteto Alex, a pragmática e cautelosa Kate, encontros e desencontros através do tempo, ancorados na bela casa de vidro, cujas paredes pareciam inseridas na paisagem como gema lapidada refletindo um reino de fantasia.
    Lindo  pano de fundo, âncora de cenas românticas e contemplativas em dias  cinzentos de inverno. Lembro-me do cinza azulado.


    360º de Perry Ellis vestiria o clima com adequação, misto de concreto e abstrato.
    Fragrância evoluindo sobre flores, raízes e grama envolvidas pelo almíscar rutilante, recém saído dos vidros de laboratório, em notas irreais que nos iludem com o cheirinho de limpeza.
    Causou-me a mesma impressão que o filme alternando afetos e desafetos.
    Não convence totalmente, contudo quando se pensa em desgostar mostra algum detalhe belo ou instigador ( filme e perfume).
    Meiga fantasia  renovando a crença de que o amor está imbuído desta força de superação aos obstáculos
    .

    Início intenso,  no limiar do dramático,  contraditório entre  calor frutal e a distância gélida de lírios cristalizados.
    Quase  metálico o acento aldeídico deste bouquet.
    Doce, cada vez mais doce, suave, aveludado e almiscarado após atravessar o  agreste odor de campo e raízes que presumo ser influência de vetiver.
    São os percalços que não conseguem abafar o romantismo.
    360 é bonito, não estupendo.
    Contraditório, no gênero goste hoje, desgoste amanhã, e torne a gostar.
    Depende de quão surreal ou banal foi o seu dia.

     
    Família Olfativa: Floral, 1992
    Gênero: Feminino
    Perfumista: Sophia Grojsman
    Rastro: Intenso
    Fixação: Muito Boa
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo - Lírio, osmanthus, melão, rosa, tangerina
    • Coração - Lavanda, lírio d'água, lírio-do-vale,sálvia-do-jardim
    • Base - Madeira de cedro, âmbar,almíscar, baunilha, vetiver
      

    Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

    Arte Irmã: se fosse música ...

    VÍDEO: The Lake House ( Somewhere Only We Know)


    Imagens: Composições com frasco perry Ellis 360º e casa do filme The Lake House; 360º Perry Ellis ad.

    sábado, junho 04, 2011

    Perfumes na Vitrine - Junho de 2011


    Difícil acompanhar lançamentos na sucessão contínua,  que as vezes me parece uma avalanche de novidades. Contudo alguns brilham um pouquinho mais, chamam para perto através do conceito ou das notas que os estruturam.
    Estão despertando minha curiosidade...

    LUBIN COLLECTION

    Imagem: Bluf, Inedite, Itasca, Figaro by Lubin

    Entre 2010 e 2011  a perfumaria Lubin lançou quatro fragrâncias representando personagens históricamente carismáticos.
    Destas,  duas  derivações  de Le Vetiver ( Bluff e Itasca) e, duas  variações de L'eau Neuve ( Inedite e Figaro).


    ITASCA by Lubin
    Representa o personagem David Crockett e as histórias sobre índios americanos através do aroma das florestas norte-americanas  ao redor do lago Itasca no coração de Minnesota.

    Família Olfativa: Oriental amadeirado, 2011
    Gênero: Masculino
    Perfumista: Lucien Ferrero
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo - Tangerina, grapefruit, junípero, neroli, calêndula
    • Coração - Cravo, fava tonka, sálvia, noz-moscada, gerânio
    • Base - Vetiver de Java,  pinus vermelho do lago de Itasca, cedro do Texas, incenso, mirra etíope, âmkbar,  resina de pinheiro canadense.

    INEDITE by Lubin 
    Conta uma história de amor impossível entre  Pierre Loti e a dançarina exótica  Aziyad confinada num palácio do século XIX , durante o Império Otomano.
    Comentário de usuária afirma que lembra Cabaret de Gres

    Família Olfativa: Oriental Especiado, 2011

    Gênero: Feminino
    Perfumista: Thomas Fontaine
    Pirâmide Olfativa: 
    • Topo - Tangerina da Sicília, Bergamota, aroeira ou pimenta rosa, pimenta mexicana
    • Coração - Coentro russo, canela, cravo, heliotrópio. lilás, nectarina, rosa centifolia e rosa  damascena.
    • Base - Baunilha, íris, patchuli, cedro, cashmere, almíscar branco

    BLUFF by Lubin
    Imerso na corrida do ouro do velho oeste  americano  idealiza o notório jogador de poquer e pistoleiro- Wild Bill Hickok.
    Cota a lenda que o personagem  quando morreu  jogava poquer  e segurava  um par de ases, um par de oito e uma dama - a famosa  Dead Man's Hand.

    Família Olfativa: Amadeirado especiado, 2010
    Gênero: Masculino
    Perfumista: Thomas Fontaine
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo - Bergamota, noz-moscada, canela
    • Coração - Salvia, íris, noz-de-cola, nectarina
    • Base - Vetiver, cedro, patchuli, cashmere, âmbar cinzento, baunilha, almíscar


    FIGARO by Lubin
    Espelha a sedução de Fígaro, barbeiro de Sevilha na ópera Beaumarchais.

    Família Olfativa: Chypre amadeirado, 2010
    Gênero: Unissex
    Perfumista: Thomas Fontaine
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo - Toranja ou grapefruit, bergamota, aroeira, pinus
    • Coração Figo, folhas de coentro, ameixa, trevo, maçã
    • Base - Vetiver, benjoin ou estoraque, fava tonka, sândalo


    1697 de FRAPIN
    1697 representa um ano especial para a antiquíssima família Frapin, pois recebeu títulos, brasões e armas de Luis XIV. O perfume foi idealizado para representar a embriaguez e volúpia das festividades  no século XVII.

    Família Olfativa:  Oriental Especiado,2011
    Gênero: Masculino
    Perfumista: Bertrand Duchaufour
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo -Pimenta rosa ou aroeira, rum, davana ou artemísia, cistus, cabreúva
    • Coração - Aubepine ou crataegus do Hemisfério Norte, jasmin, crataegus ou espinheiro-branco, ylang-ylang, canela, cravo, frutas secas, rosa.
    • Base - Âmbar cizento, fava tonka, patchuli, almíscar, cedro branco, baunilha



    DAVIDOFF CHAMPION by Davidoff
     Mens sana in corpore sano - Mente sã em corpo são.
    A famosa citação latina do poeta Juvenal parece exprimir o conceito de Champion, o desportista que cultua  corpo e espíritos fortes, cuja energia está no equilíbrio. Interessante, fica melhor  quando percebemos as notas olfativas que guiam o espírito da fragrância.

    Família Olfativa: Aromática Fougere
    Gênero: Masculino
    Designer /frasco: Alnoor
    Pirâmide Olfativa:
    • Topo - Bergamota, limão
    • Coração - Gálbano, sálvia
    • Base - Madeira de Cedro, musgo de carvalho

       
      FOUGERE ROYAL by Houbigant
       Revivendo a famosa esência de 1882, que originou a família fougere, adaptada para a disponibilidade de materia prima e mercado atuais, Fougere Royal promete o mesmo esplendor outrora encerrado no frasco de crystal Lalique.

      Família Olfativa: Fougere aromático, 2011
      Gênero: Masculino
      Pirâmide Olfativa:
      • Topo - Bergamota, notas aromáticas, pimenta, camomila azul
      • Coração - Lavanda, gerânio, sálvia, rosa, canela, cravo
      • Base - Musgo de carvalho, patchuli, cumarina, fava tonka, âmbar.


        LOUD FOR HIM by Tommy Hilfiger
        Criado para a "Geração Y", ou nascidos no final da década de 70 até meados da 90, indivíduos criados entre avanços  tecnológicos e proseridade econômica. O frasco representa um disco de vinil, auge  da mídia sonora nos anos 70/80 e a fragrância promete um riff de guitarra distorcido e mutante, o remix do aroma....

        Família Olfativa:Floral Amadeirado Almiscarado
        Gênero: Masculino
        Pirâmide Olfativa:
        • Topo - Notas frescas, rosa
        • Coração - Patchuli
        • Base - Tabaco, madeiras


        A MEN PURE  HAVANE by Thierry Mügler
        Definido pela grife  como um oriental de tabaco encorpado, trax notas de tabaco associado com o universo doce da perfumaria   através de baunilha, mel e chocolate.

        Família Olfativa: Oriental especiado, maio 2011
        Gênero: masculino
        Perfumista: Jacques Huclier - Givaudan
        Pirâmide Olfativa:
        • Topo - Notas aromáticas, folhas de tabaco
        • Coração - Tabaco, mel e baunilha
        • Base - Patchuli, cacau (chocolate amargo)


        COMME UNE EVIDENCE by Yves Rocher
        Embalado no conceito do banho de água fresca natural e energética.Será  o par perfeito para o verão ?

        Família Olfativa: Aromático agreste, 2011
        Gênero: masculino
        Perfumista: Ursula Wandel - Givaudan
        Pirâmide olfativa:
        • Topo - Limão verde
        • Coração - Hortelã, sálvia 
        • Base: Patchuli, notas amadeiradas

        Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

        VÍDEO:  Nunca - A Banda Mais Bonita da Cidade



        Imagens: Banners publicitários de Lubin, Frapin, Davidoff, Houbigant, Tommy Hilfiger, Thierry Mugler, Yves Rocher

          quinta-feira, junho 02, 2011

          Floris For Men



          Quando  primor  é inegável quem usa a colônia será perfumado e atraente, não importando o estilo.
          Floris oferece masculinidade nos exímios aromas clássicos de proeminentes cítricos, lavandas, gerânios, e tabaco... ou florais modernos, doces e especiados.
          Homem  elegantes encontram escolha segura em Edwardian Bouquet, entretanto  Floris envolve outros estilos de colônias  na reconhecida e sofisticada qualidade da perfumaria inglesa.

          SANTAL - O Carismático


          Complexo, surpreende com inúmeras facetas evolutivas, iniciando pelo acorde cítrico que não esconde doçura intensa transformando as notas ácidas em delicado agridoce.
          Cálido, picante e simultâneamente fresco quando  encontra o bouquet de lavanda que traz equilíbrio, atenuando o ardor de especiarias e ervas agrestes.
          Entretanto, sedução verdadeira ocorre quando reunido as  madeiras enfumaçadas, incensadas que trazem a tona um tênue, e ainda picante aroma lembrando tabaco.
          Madeiras  atemporais como  sândalo, na excelente companhia de âmbar e almíscar, dissolvem as características fougere,  transmutando  acentos para  discreto e sofisticada característica  oriental.
          Santal é uma fragrância encantadoramente masculina, cuja elegância provoca mais uma vez admiração pela bem formulada perfumaria inglesa.
          Comentários referem similaridade em notas de Gucci Envy Homme.


          Família Olfativa: Oriental amadeirado, 1800 (releitura)
          Gênero: Masculino
          Rastro: Intenso
          Fixação: Muito Boa
          Pirâmide Olfativa:
          • Topo - Bergamota, pimenta, cardamomo, ervas frescas, raspas de limão amalfitano
          • Coração - Lavanda, noz-moscada, cravo-da-índia
          • Base - Âmbar, madeira de cedro, olibano, almíscar, madeira de sândalo, vetiver, baunilha

           ELITE  - O Sedutor 

           
          Íntimo e aconchegante como um abraço caloroso no inverno, Elite estabelece quase que imediatamente uma aura de sensualidade e rústico conforto.
          Conceitualmente derivado de loção pós barba criada  em1851 parece ter emergido de ambiente  totalmente masculino.
          Acompanhando o homem Elite provavelmente nos deparamos com a mulher que veste  flores  e baunilha, contrabalançando  características tão incisivas.
          Apesar da pungência resinosa e herbácea, submersa abaixo de especiarias, tabaco e couro, esta fragrância me parece mais oriental, exótica e impressiva que Santalfougere amadeirado, doce e urbano.
          Quase monocromática  em  nuances  que retratam  um bosque obscuro, sombreado e intenso nas modulações de folhas, resinas e troncos, sobressaindo a  mistura  bem distribuída   de notas  balsâmicas, abeto e tabaco.
          Este acento quente e seco de  fumo   ao lado de couro crú e animalic  talvez  seja produto da conjunção de louro, madeiras e resinas.
          Tais misturas  encontram denominador comum na cobertura verde do musgo.
          Elite foi concebido para o homem poderoso que supera  os demais  em  masculinidade imperativa e dominante, apesar de conservar  adequada  doçura.
          Másculo!


          Família Olfativa: Verde Amadeirado, 1979
          Gênero: Masculino
          Rastro: Intenso
          Fixação: Muito Boa
          Pirâmide Olfativa:
          • Topo - Bergamota, folhas de cedro da Virginia, grapefruit, zimbro, limão  e petit grain
          • Coração - Abeto ou conífera, louro, lavanda
          • Base - âmbar, cedro, musgo de carvalho, almíscar, patchuli e vetiver.

            JF - O Esportivo



            Artemísia, coentro e sálvia temperam  inicialmente criando aroma vibrante no agridoce de frutas maduras  acidificadas por sumo de cítricos.
            Apesar do acre  frutal  se percebe  acento ozônico, transparente  enérgico e limpo permeando a acidez.
            Em seguida assomam  notas folhosas de ciprestes que prolongam a vida das frutas cítricas  dissolvendo o ácrido na característica sedosa  de âmbar e almíscar.
            Ao se destacarem,  madeiras  realçam o floral delicado e fresco  lembrando bouquet de jasmim e gerânio.
            No balanço final JF  traduz aroma   limpo, doce e agradável da reunião de flores  com madeiras e almíscar.
            O nome da fragrância foi homenagem  ao fundador da perfumaria inglesa  Juan Famenias Floris, enquanto o conceito aromático surgiu  da exuberante  flora em Minorca, sua terra Natal.


            Família Olfativa: Floral Cítrico
            Gênero: Masculino
            Rastro: Intenso
            Fixação: Muito Boa
            Pirâmide Olfativa:
            • Topo - Bergamota, coentro, salvia, ervas, limão, lima, , tangerina
            • Coração -Cipreste, jasmim, petitgrain
            • Base - âmbar, madeira de cedro, musgo e almíscar.

            CEFIRO - O Encantador 



            Doçura e  suavidade quase femininas revelam o homem sensível e encantador que usa Cefiro.
            Exala  equilibrio e refinada  cumplicidade no bouquet cuja doçura timidamente apimentada, embebido em suco de lima,  sugere coração cálido e romântico.
            Noz-moscada em pitadas delicadas sobre  jasmim pontuam a fragrância de  elegância em tom pastel.
            Partilhável e generoso, Cefiro convida à proximidade, enquanto evolui bonito e confortável  mergulhado em almíscar e cedro.
            Condiz perfeitamente com a origem do nome  Zephyr que em espanhol significa suave brisa. Igualmente com a inspiração conceitual que evoca  aragem lânguida e morna pairando sobre  pátios de vivendas, próximas ao Mediterrâneo.
            Refinado e casual, antes de tudo doçura encantadora.

            Família Olfativa: Floral cítrico, 2002
            Gênero:Unissex
            Rastro: Intenso
            Fixação: Muito Boa
            Pirâmide Olfativa:

            • Topo - Bergamota, limão, lima, tangerina, laranja
            • Coração - Cardamomo, jasmim, noz -moscada
            • Base - Madeira de Cedro, almíscar, madeira de sândalo
            •  
            NO. 89 - O Conservador


            Surge para ser notado, especiarias bradando pelo seu  lugar ao sol, apesar do classicismo da composição.
            Cravo e canela em cremosidade abaunilha se unem aos cítricos, embaraçados nas fragrantes flores de laranjeiras.
            Temperança adocicada sucede, encerrada na rosa  e sua companheira mais fiel... ylang-ylang, nos simultâneos gerânios que mantém  o caráter leve,  prolongado  em  cedro e musgos, embebidos do  generoso e bem-vindo almíscar.
            A âmbar e sândalo podemos  atribuir  toque finalizador, bruma  sutil que envolve arestas de madeiras,  dilui contornos e o leve citrino apimentado que persiste.
            Clássico, previsível e seguro NO.89 é um companheiro fiel e adaptável que não decepcionará em nenhuma circunstância.
            Apesar de não ousar.

            Família Olfativa:  Cítrico Amadeirado,
            Gênero: Masculino
            Rastro: Intenso
            Fixação: Ótima
            Pirâmide Olfativa:
            • Topo - Bergamota, lavanda, neroli, noz-moscada, laranja, petitgrain
            • Coração - Gerânio, rosa, ylang-ylang
            • Base - Madeira de cedro, almíscar, musgo de carvalho, madeira de sândalo, vetiver

            SPECIAL NO. 127O Elegante


            Tradicional, uma das fragrâncias a conquistar adeptos no decorrer dos anos - Eva Peron e Wiston Churchill - nasceu  da colônia  Orloff Special, elaborada para o Grand Duke Orloff da Russia em 1890.
            Parece-me o protótipo masculino, no blended clássico e bem elaborado.
            Inicia em cítricos que sob a ação de condimentos  se aquecem  de forma  intimista para evoluir em bouquet refrescante e leve de lavanda, gerânio e flor de laranjeira.
            Prossegue encontrando apoio no verde amadeirado de patchuli  sobre  base de madeiras, almíscar, âmbar e musgo.
            Permanece na zona de conforto da conhecida  formulação da colônia masculina bem elaborada e  apropriada para quaisquer circunstâncias.
            Seria interessante e inesperado o uso desta colônia num contexto jovem e contemporâneo.No mínimo original.


            Família Olfativa: Floral Cítrico, 1890 ( releitura)
            Gênero: maculino
            Rastro: Intenso a moderado
            Fixação: Muito Boa
            Fixação: Muito Boa
            Pirâmide Olfativa:
            • Topo - Bergamota, laranja, petit-grain
            • Coração - Neroli, lavanda, gerânio
            • Base - Patchuli, almíscar

            Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 


            VÍDEO: Com Acúcar, Com Afeto - Nara Leão/ Chico Buarque de Holanda



            Imagens: Imagens e frascos Floris London - site oficial; Imagens Botânicas Wikipedia; Imagens e composição Elisabeth C.