Pin It button on image hover

segunda-feira, novembro 15, 2010

Trussardi Inside For Women - Trussardi

Café, forte, quente e puro é um vício nacional, e qualquer pretexto basta para que se peça:
- Um cafezinho, por favor!
A fim de estimular afastando a letargia dos tórridos dias de verão, ou aquecer as enregelantes tardes de inverno, cafezinho é sempre bem vindo.
Doce ou amargo, saboroso, precedido pelo aroma cálido, confortável e cativante, de bebida recém preparada ou dos grãos torrados, moídos na hora.
Esta nota, assim pura e intensa, dificilmente será lembrada através das composições européias ou norte-americanas, que vivenciam outra realidade, a do café cremoso, temperado, camuflado e aditivado das Starburst Coffee e similares.
Atmosfera rica em baunilhas, cremes, canela, chocolates e bebidas alcoólicas, não comuns nas cafeterias populares do Brasil, é refletida nos acentos ditos de café, presentes na perfumaria importada, pois cada qual constrói sua arte baseado na própria experiência.
Assim, perfume europeu traz nota de café europeu... Poderíamos dizer cappuccino?
Trussardi da Italia, que apesar de apresentar uma tradição de caffè espresso, clássico, forte e puro, não fugiu a regra, ateve-se  às notas de cappuccino ou no mínimo caffè macchiato na elaboração de Inside.

Início dotado de marcante doçura provoca mergulho em chocolate amadeirado, enfeitado por baunilha e colorido bouquet.
Ou seria ao contrário?
Pétalas de heliotrópio e melífera fresia, polvilhadas com cacau, baunilha e canela, encerradas em potes de fragrantes e ricas madeiras.
Esta vibração se desfaz empurrada para o fundo do palco pelas notas, que apesar da cremosidade, se revelam frescas como um drink de café misturado ao creme de leite, baunilha, e anis.
Acento picante e aveludado, que beira o aroma de noz moscada, e provavelmente representado pelas folhas de castanhas ou nozes, convive com intenso brilho aldeídico a iluminar tal maciez acariciante, o que pode conduzir alguns olfatos à percepção de artificialidade.
Entretanto o conjunto é harmonioso, os acentos não se caracterizando impessoais ou estéreis, envolvidos pela tepidez das madeiras, almíscar e âmbar.
Inside Trussardi me parece um oriental floral quase gourmant, pois em relances lembrou a evolução gustativa de Tobacco Vanille e Angel, mesmo que os caminhos percorridos sejam cristalinos, florais e frescos.

Café na acepção pura, não percebo. Cappuccino talvez, o que não é de forma alguma desagradável, ao contrário, confere sedução ao licoroso e agudo floral.
Envolve a pele por muitas horas, de forma íntima e elegante, manifestando cada vez mais o acento ambarino almiscarado que atenua madeiras, apagando os precisos contornos sob finas nuvens de pó.
Designer de Thierry Baschmakoff faz do frasco um ícone de elegância e refinamento nas linhas retas do vidro parcialmente revestido por lâmina de metal, cuja face interna visualizada através do líquido é recoberta por couro bege no padrão crocodilo.

Família Olfativa: Oriental floral, 2006
Gênero: Feminino
Perfumista: Daphné Bugey - Firmenich
Frasco:Thierry de Baschmakoff
Rastro: Intenso a moderado
Fixação: Muito Boa

Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Bergamota, folhas de castanha, pau-rosa
  • Coração - Café, frésia, heliotrópio
  • Base - Teca, âmbar e almíscar
Similaridades  recolhidas em leituras apontam na mesma linha olfativa Vanille Noire de Yves Rocher, Cashmere Mist Donna Karan, Rosewood Banana Republic  e Prada Candy, embora este último seja mais caramelo que café com leite.

Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

Arte Irmã:Desfila ao lado da inesquecível canção italiana...

VÍDEO: Gigliola Cinquetti - Alle Porte Del Sole


Fotos: Foto e composição de imagens de Elisabeth Casagrande, referências olfativas  de fragrantica

2 comentários:

  1. Beth como sempre suas resenhas fazem com que a gente sempre queira comprar rsrs este não foge à regra! o frasco é lindo! bem contemporâneo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Serginho. Obrigada! E, ainda não experimentei Inside masculino. Gosto de comparar as duas versões. As vezes um dos gêneros é fabuloso e o outro não, as vezes o casal é perfeito.
    Inside é uma fragrância muito agradável, mas ainda não é o "meu acorde de café". E o Soir de Lune? O seu já chegou? O que achou? Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!