Pin It button on image hover

quinta-feira, setembro 16, 2010

Amber Absolute - Private Blended by Tom Ford

Fui para Amber Absolute com a cabeça empoeirada de sonhos, e creio que do meu primeiro lote de amostras Tom Ford - Private Blended, este foi empurrado para o final da fila como a cereja do bolo.
Oriental carregado de âmbar intenso, puro,melífero, revelador e acariciante... foi o que presumi.
Esperava o pó sedoso, escorregadio com toques de sedas mescladas ao veludo, contudo não foi bem assim...
Inicialmente se revelou morno, envolvendo o corpo no hálito abafado das noites de verão, de madeiras queimadas, armazenando em suas cascas e seivas o calor do sol.
Aguardava flores melíferas e suaves, cortejo de sílfides antecipando o majestoso e absoluto âmbar, quando fui arremessada à potência resinosa, seca e medicinal.
Apareceu intenso, concentrado, aparentemente solitário, apesar dos incensos a pairar sobre ele, com o gosto quente de terra e sal, aos poucos adoçado pela baunilha picante.
Persistiu o calor, nesta sensação meio orgânica, meio sexual que nos faz sentir o primitivismo da Natureza, revelando uma influência acre de ládano.

Provocou impressão olfativa de madeiras e resinas obscuras, oriundas do profundo mistério da mãe Natureza, que poderiam estar nos potes milagrosos de antigos alquimistas ou curandeiros e não é desconhecida.
Também não é comumente identificada como âmbar, que frequentemente associamos aos aromas empoeirados de toucador, adornados de laços e renda, irmanado com almíscar, sândalo e branduras.
Agridoce no tempero exótico que mistura favas de baunilha, sal e cânfora, enfumaçado na queima de incensos e opoponax, se desdobra em camadas etéreas, assim que decai a intensa explosão do início.
Na química com a pele salientou um âmbar canforado imerso em rolos de cálida fumaça, de tal forma que me pareceu agressivo e masculino em vários momentos
Pungência provocante cedendo gradativamente aos acentos doces de madeiras e resinas queimando, a induzir o drydown para um patamar equilibrado e discreto.

Leves e praticamentes imperceptíveis acentos frutados, cítricos e doces como as notas de um efêmero bouquet ou de frutas secas, provavelmente advém deste poutpourri de gomas resinas onde brilham frankinsence, ládano, opoponax , estoraque e cânfora.
Surprendeu-me, embora não consiga ver claramente na minha inclinação se love it or hate.
Talvez ambos, pois parte de mim o repudia, enquanto outra é inexplicavelmente atraída.

 
Família Olfativa: Oriental, Vanilla, 2007
Gênero: Unissex
Designer: Tom Ford
Rastro: Intenso à moderado
Fixação: Muito Boa
Notas Olfativas: Frankincense (olibanum), ládano, âmbar, baunilha, madeiras.

VÍDEO: Dance of Wolves - Loreena McKennitt


Imagens: Montagem com casca resinosa de pinus by Elisabeth Casagrande, Frasco Amber Absolute, banqueta vintage, imagem de âmbar resina e incensário de answer.ccom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!