Pin It button on image hover

sexta-feira, junho 25, 2010

Fath de Fath edp - Jacques Fath

Deparei-me com o o frasco adorável por acaso, folheando páginas virtuais.
Perfume difícil de encontrar no Brasil, tateei em busca de informações teóricas e encontrei a publicidade datada, retrô e absolutamente encantadora, puro retrato de uma sociedade onde reinava coqueteria e feminilidade totalmente submissas.
Finalmente tive oportunidade de sentir e nova surpresa! O aroma ainda é fresco, contemporâneo, apesar da sua doçura ser uma declaração comportamental de época - 1953.

Mais de meio século para que uma composição atravesse e se mantenha inovadora.
O aroma, frutal no início, seguido de acordes ricos e totalmente mesclados é atemporal.
Na ausência de informações seu conceito provocaria controvérsias e difícil definição, pois a evolução cremosa e melífera está muito adequada as preferências mais recentes na perfumaria.
Fragrância outrora floral aldeídica, descontinuada, sofreu reformulação em 1993, adquirindo ares de oriental frutal agridoce, mantendo no topo as notas de cassis, bergamota pêssego e tagete que conferem azedinho tênue e picante.

Não tarda o bouquet composto de flores magníficas e ternas como rosa, angélica, jasmin e violeta, dulcíssimas, acompanhado da baunilha e feijão tonka da base, temperado pelos acentos delicados de canela e benjoim.
Patchuli e notas amadeiradas dificilmente seriam excluídos, porém sua presença é de tal discrição, que provavelmente se manifesta por agridoce quase simbólico, glicídico e pouco agreste.

Fath de Fath estabiliza num aroma elegante, carinhoso e meigo que embebido de âmbar e almíscar suaviza mais e mais, sem perder as características aromáticas e constantes que o definiram, traduzidas em sedução...
Um belo perfume esquecido no panorama perfumístico.

Família Olfativa: Floral Adeídico,1953 - oriental ,1993
Gênero: Feminino
Perfumista:Haarmann and Reimer
Rastro:Intenso
Fixação: Muito Boa
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Cassis ou groselha negra, ameixa vermelha, tangerina, cassia, pêssego, pera, limão, bergamota.
  • Coração - Angélica, flor de laranjeira,jasmim, heliotrópio, lírio-do-vale, rosa
  • Base - âmbar, fava tonka, patchuli, almíscar, benjoim, baunilha, cedro.

Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

Arte Irmã
Perfumaria docemente poesia e música como...


O QUE O VENTO NÂO LEVOU - Mario Quintana

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento.

Vídeo: Diana Krall - Exactly Like You

 
 
Imagens: Foto de Elisabeth Casagrande, publicidade vintage de Fath de Fath por Jacques Fath

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!