Pin It button on image hover

quarta-feira, abril 14, 2010

Cabochard eau de toilette - Parfum Grès


Magnífico!
E pensar que no passado rejeitei Cabochard.
Não era perfume para garotas, e sim perfume para mulheres e homens adultos.
Sem discriminar gênero carrega consigo a força da madeira, a delicadeza das flores e a sedução do couro enfumaçado em doces nuvens.
Existe caloroso e cativante aconchego em Cabochard, derivando de cálidos e harmoniosos acentos chypre.
Perceptível saída cítrica e verde é aquecida pelas notas animalic da base, silentes apenas ao defrontar o acento floral e aldeídico.
Rosas e jasmim,presentes estão firmemente entrelaçados em indissoluta conjugação enquanto patchuli vem com intensidade comedida, forte o suficiente para centralizar atenções, embora não se aproxime do exagero traduzido em amargor; talvez equilibrado no amadeirado fresco de raízes de vetiver.
A sucessão de aromas e notas está envolvida no enfumaçado incenso e doces flores que mantém frescor dark e confortável através do musgo de carvalho.

Cabochard traduz a intensidade de uma década de forma equilibrada, elegante, envolvido em mistério e sofisticação.
Espontaneamente sensual, isento de artifícios lascivos , apesar do enfumaçado denso, resinas e madeiras, permanecendo limpo, saudável e coeso, transpirando a verdadeira compreensão da família chypre.Notas olfativas coexistem sem arrogância ou pretensão , cada uma contribuindo para o desenrolar progressivo e firme da fragrância amadeirada e doce com nuances de tabaco e couro.
Se outrora refutei, hoje este clássico da perfumaria Grés se tornou muito desejável.
Drydown poderoso e impressivo onde não existem lugares para amenidades e flores são traduzidas a penas pelo dulçor e suave toque de pó.

Cabochard
é essencialmente um aroma da terra, em pulsação surda, viva e inebriante, de madeiras, raízes e folhas resinosas e reflete com acuidade o nome escolhido por Madame Grés que em francês significa (headstrong ou stubborn) obstinação, determinação inflexível de quem não é facilmente demovido dos seus intentos, ou convencido. Durante a evolução, alguns momentos de aroma herbal seco e incensado me lembraram Aimez Moiz de Caron, como se estivessem ambos na mesma cadência musical, e o acorde animalic poderia ser de Tabac Blond sem o exacerbado selvagem.
Da mesma forma podemos encontrar alguma influência de Cabochard em Tuscan Leather, Havana e sentir reminiscências do inesquecível Cuir de Russie, ou de Bandit.

Família Olfativa: Chypre couro, 1959
Gênero: Feminino ( compartilhável)
Perfumista
:Bernard Chant - IFF
Frasco: Madame Grés
Rastro: Intenso
Fixação: Muito Boa
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Gálbano, aldeídos, cítricos, notas frutais, especiarias (cravo-da-india), sálvia, assafétida, artemísia.
  • Coração - Rosa, jasmim, gerânio, raíz de íris, ylang ylang
  • Base - Musgo de carvalho, vetiver, sândalo, âmbar, almíscar, castoreum, couro, patchuli, ládano, tabaco


MADAME GRÉS

Independente e forte, após um período passado na Índia o espírito de Madame Alix Grés se inclinava para um perfume floral, claro, verde e fresco, o que foi alcançado numa composição de Guy Robert.
Contudo a época era de fragrâncias intensas versando sobre notas chypres de couro e tabaco o que provocou o surgimento de dois perfumes simultâneos: Cabochard e Chouda.
O primeiro, de Bernard Chant fez sucesso imediato, enquanto Chouda teve uma produção limitada de 5 litros, provavelmente usados por Madame Grès.
Tentando minimizar custos de produção a senhora Alix Grés desenhou para os perfumes um frascos simples de botica.
Chouda ganhou frasco verde e Cabochard posteriormente foi reformulado.
Atelier Grés inaugurou em 1942 e Madame permaneceu a frente da maison e perfumaria até os anos 80 quando começaram várias e complicadas transações comerciais acabando com a aquisição pela grife Escada em 2002 e posteriormente o grupo comercial de Silvio Densz.

Imagens: Madame Alix Grès; sequencia de Publicidades Cabochard - anos 70; frasco e publicidade Cabochard - Parfums Grés

Arte Irmã : Encontraria paralelo  em...

Vídeo: Parole Parole - Dalida e Alain Delon

13 comentários:

  1. Oi Claudia. Sinto flor, mas não tenho nenhuma refer~encia sobre o perfume citado. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
  2. Oi Anna. Perfumes criados em outras décadas tem este lado especial de evocar recordações.
    Se trazem uma certa nelancolia nostálgica também proporcionam aqueles bons momentos onde recordamos a intensidade do viver. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
  3. Betinha,só vou destacar a primeira palavra da resenha - "MAGNÍFICO". Este perfume é tudo de bom.E tudo que eu queria era um Cabochard Pure Parfum...

    ResponderExcluir
  4. Oi Ro. Realmente é muuuito bom. E tem um preço ótimo pela qualidade que oferece, alíás como a maioria dos perfumes Grès.Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Foi o primeiro perfume importado que usei, e tinha 17 anos. Minha melhor amiga, ganhou e não gostou e me deu de presente de aniversário. Achei tão bom que usei cada gota com satisfação. Fiquei com vontade de senti-lo novamente...boas lembranças...Cabochard... Que saudade. MÁRCIA BARRETO.

    ResponderExcluir
  6. Marcia também lembro. Uma amiga da facul usava direto... Muito bom. E ainda existe no mercado. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
  7. Olá boa noite!gostaria de saber se o perfume Cabochard é parecido com o Animale,pois tenho interesse de comprá-lo as escuras,mas tenho medo de ficar com dois perfumes iguais, pois já possuo o Animale,desde já agradeço.


    Diana Miranda

    ResponderExcluir
  8. Hah lembrando que recebi uma amostra do perfume Ambre de Cabochard e gostei muito,os dois tem alguma semelhança? Diana Miranda.

    ResponderExcluir
  9. Oi Diana. Não percebo semelhança que impeça de ter os dois. Cabochard é chypre floral intenso e resinoso, o tipo de perfume que faz presença, mas não é similar ao Animale.
    Ambrè é "flanker" mais suave floral e com predomínio de notas empoeiradas ou "talcadas". Se você aprecia Animale talvez a melhor opção seja o Cabochard original. Contudo se quer fugir do estilo a escolha seria Ambré Cabochard.Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
  10. Olá. Queria saber a diferença entre o Cabochard EDT e o pois quero comprá-los online e tenho medo de errar. Experimentei já o EDT e amei. Mas queria saber sobre o EDP.

    ResponderExcluir
  11. Oiii. Há muitos anos não vejo um parfum Cabochard.A maioria das perfumarias que consulto comercializa o eau de toilette. Não tenho dados para fazer esta comparação atualmente. Sorry. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
  12. Ola querida, ontem usei Parfum de Peau de Claude Montana, fui buscar meu marido, quando ele entrou no carro, disparou: Você acendeu um incenso aqui dentro? Não acredito! E era o cheiro do perfume, pesquisando descobri o porque do cheiro de incenso, repare em suas notas: Parfumes de peau de Montana é uma fragrância chypre couro para mulheres. Parfum de Peau, foi lançado em 1986. O nariz por trás desta fragrância é Jean Guichard. Top notas são amora, gengibre, flor de laranjeira, pimenta, calêndula e groselha preta, notas de coração são patchouli, jasmim, rosa e narciso, notas de fundo são de couro, âmbar, musk e incenso. Mas hoje cheirei a roupa que estava ontem, e as notas de incenso suavizaram, quase desapareceram, ficando bastante acentuadas as notas florais e almiscaradas. O incenso fica intenso somente no primeiro momento, mas não deixo de sorrir ao lembrar da cara do meu marido: Ela vai por fogo no carro!!!BJS

    ResponderExcluir
  13. Oi Rubia. Preciso conferir minha amostrinha deste Montana! Gosto muito dos incensados, mas muitas pessoas não são fãs do aroma...hehehe.
    Coincidentemente acabei de postar uma resenha de um achado no gênero. se tiver oportunidade experimente e venha me contar... Beijocas de Elisabeth.
    PS: Excelente pirâmide olfativa. Chypre couro é uma família exótica e adorável.

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!