Pin It button on image hover

sábado, março 20, 2010

One Man Show - Bogart

No tempo em que homem era homem...E frango era frango; não tinha essa história aí de metro-sei-lá-o que tirando um perfuminho da bolsinha.
Aroma masculino falava grosso, era forte, áspero e marcante!
Quem quisesse ser um pouco mais romântico podia usar ONE MAN SHOW.
Foi um dos primeiros importados que conheci, e no primeiro contato achei meio doce, demais sabe?... meladinho demais.
Depois tive um frasco que levou uma década para esvaziar e acabei por reconhecer que era um perfume aceitável.
Esses dias, fuçando numa loja, perguntei quanto custava esse arroz-de-festa das prateleiras.
Uma pechincha... levei para casa.
O reencontro me surpreendeu.
Aquele acorde inicial de incenso canforado, misturado ao citro-herbal me agrada demais.
Assemelha-se ao Macassar Rochas, porém mais rude.
É muito forte, tem a capacidade de evocar emoções e como se não bastasse, é bem equilibrado.
Depois fica mais herbal e adiante estabiliza num "chiprão", um pouco incensado e doce, discreto, muito masculino, e que dura a vida toda.
Coloquei-o junto aos varões da minha coleção onde está em pé de igualdade com Van Cleef, Opium, Paco e Quorum, porque se não supera em matéria de aroma e virilidade, dá uma goleada quando se fala em custo e benefício.
E agora, se me dão licença, preciso sair correndo para ver um espetáculo, mas antes preciso ajeitar essas cutículas que estão arrepiadas e borrifar um pouco de Clinique Happy. Abração!
Contribuição de Aretê

Família Olfativa: Chypre, 1989
Gênero: Masculino
Perfumista: Roger Pellegrino
Rastro: Intenso
Fixação: Ótima
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Artemísia, gálbano, bergamota, pau - rosa do Brasil, alfavaca ou manjericão da folha larga, cominho da Pérsia.
  • Coração - ládano, noz moscada, pimenta, cravo, patchuli, jasmim, rosa, pinus, gerânio
  • Base - Couro, madeira de sândalo, fava tonka, coco, baunilha, musgo de carvalho, cedro , benjoim
Arte Irmã
VÍDEO: Macho Man - Village People - Incorporação desativada - Clic na imagem

Imagens: Banner do filme Os Bons Companheiros, Banner publicitário de One Man Show

3 comentários:

  1. Oi Aretê .
    Suas resenhas como sempre imperdíveis!
    Pela acuidade dos comentários sobre o perfume em questão... pelo humor fino e irônico.
    Este One Man lembrou-me o comentado masculino de Ted Lapidus. Polêmicos, rudes, rascantes porém de composição rica e interessante. Beijocas meu amigo. Elisabeth

    ResponderExcluir
  2. Eu também Lu.
    Adoro as falas deste nosso amigo talentoso e reservado. Beijocas Elisabeth

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!