Pin It button on image hover

quinta-feira, março 04, 2010

La Femme eau de parfum - Sahlini Parfums

" Faites du bien à votre corps pour que votre âme ait envie d'y rester "

"Tratem bem de seus corpos para que as almas ali queiram permanecer ".
Talvez neste sábio provérbio indiano esteja a verbalização de tanto encantamento, cor, forma, sons e fragrâncias que envolvem a fascinante cultura oriental.
Índia é um apelo exótico, melodioso e irresistível, que provoca e incita fantasias, trazendo expectativas de glamour e requinte, cujos aromas refletem a feminilidade suave e misteriosa de belas mulheres com cativantes e expressivos olhares, e o ondular bailarino dos seus coloridos saris.

"Faites du bien à votre pour que votre âme ait envie d'y rester"
Take care of your bodies so that the souls want to stay there"
Perhaps this wise Indian saying is the expression of all enchantment color, shape sound and aromas that surrounds the fascinating oriental culture.
India brings us an exotic, melodious and irresistible appeal which creates fantasies, giving us expectations of glamour and sophistication, its scents reflect the soft and mysterious femininity of beautiful women with captivating and expressive glances, and the waving dancing movement of their colorful saris.



A arte dos pequenos detalhes, precisão de pena e traço, se manifesta em todas as castas e os suaves perfumes da Terra estão presentes em todos os cantos.
Perfumaria indiana é sedutora pela sua própria natureza.
Sahlini Parfums encanta pela qualidade e construção próxima do perfeito, pois La Femme é tributo generoso à graciosidade sensual da mulher, consciente do seu charme e poder.
Início exuberante que logo se transforma em absoluto aconchego, cálido como se a própria Natureza nos acolhesse em generoso e doce abraço.
Do começo ao fim este perfume surpreende, no aromático de folhas, nas flores suaves e aveludadas envoltas em camadas de véus perfumados, entrelaçados como plumas ao sabor de ventos, mesclando cores e produzindo um caleidoscópio olfativo.

The art of small details, a sharp precision is shown in all castes and the delicate native perfume is found everywhere.
The Indian Perfumery is seductive in its own nature.
Sahlini Parfums charms for its quality and composition almost reaching perfection, and La Femme pays generous tribute to the sensual grace of a woman who is conscious of her charm and power.
An exuberant opening soon turns into absolute caress, as if Nature would shelter us into a generous and sweet hug.
From start to end this perfume surprises us with the aromatic leaves, with the soft and velvet like flowers wrapped in layers of perfumed veils, mingled like feathers blowing in the winds, mixing colors and producing an olfactory kaleidoscope.



Se pudéssemos expressar em iguarias a primeira nota floral percebida, diria que cítricos se abrem para dar passagem ao mais puro mel de flores de laranjeira.
Esta doçura feminina e suave é arrebatada pelo acento que lembra a intensidade picante do patchuli e o doce apimentado de cistus.
Outras flores invadem a fragrância e o bouquet é enriquecido com adição de jasmim e delicada tuberosa.
O ímpeto resinoso é diluído em madeiras leves enquanto progressivamente se instala esplêndido e soberano almíscar, acompanhado pelo generoso âmbar e doce baunilha.
Impressivo, majestoso, belo e puro, o acorde baunilhado acompanha dulçor das flores enquanto indefinidas e distantes frutas, caramelizadas e suavemente condimentadas em saborosos doces, provocam múltiplas sensações no olfato.

Trying to understand the gourmet aspect of the fragrance, we feel that the first floral note leads to a citrus accord that gives way to the purest honey from orange blossoms.
The nice feminine sweetness is overtaken by an accord that evokes the sharp intensity of patchouli and the bitterness of citrus .
Other flowers are added to the fragrance so that the bouquet is enriched by the addiction of both jasmine and delicate tuberose.
The burst of resins is diluted by soft woods while gradually rich and powerful musk notes come up along with some generous amber and sweet vanilla.
Exuberant, majestic, beautiful and pure, the vanilla accord mixes the sweetness of flowers combined with slightly caramelized and spicy fruits which gives us unique smelling experience.


Persistente, rico em nuances, este acento ambarino, doce e aveludado, cobre a pele com a suavidade das pétalas de rosa.
Nada é explícito embora percebamos o toque especiado cuja pálida delicadeza sugere pitadas de noz moscada, a suavidade levemente empoeirada da reunião de âmbar, almíscar e provável suspiro de orris... notas enriquecendo o sutil e sensual bouquet.
Amadeirado elegante se expressa na doce madeira de sândalo, orientalizando o espírito da fragrância.
Se La Femme se abre volatizando a exuberante coqueteria francesa, sua base almiscarada indica claramente o exotismo oriental, denso e velado, não deixando dúvidas quanto ao equilíbrio e qualidade dos componentes misturados em sofisticado apuro.
La Femme é dourado adormecer do dia e brilho reluzente das primeiras estrelas.
Adorável.

Persistent, rich in nuances, this amber, sweet and velvet accord, gives the skin the smoothness of the petals of rose.
Even not so evident the pale delicacy of a spicy note suggest some nutmeg, along with a kind touch of ambr, musk and probable a little orris... enriching the delicate and sensual bouquet. The elegant woody aspect of the sweet sandalwood gives the composition its oriental appeal.

If La Femme top notes announces the exuberant french stile, its musky base clearly reveals the dark and intense oriental exoticism. The balance and quality of the sophisticated component mix in perfection.
La Femme is a golden twilight and also the brightness of the first stars.
Adorable.


Família Olfativa: Oriental floral, 2006
Gênero: Feminino
Perfumista: Maurice Roucel,Céline Martins
Rastro: Intenso
Fixação: Excelente
Pirâmide Olfativa:

  • Topo - Neroli ou flor de laranjeira da Sicília
  • Coração - Angelica (tuberosa), jasmim branco, patchuli da Indonésia
  • Base - Sândalo, almíscar, baunilha de Madagascar. 
Apresentado em 50 e 100 ml o edp La Femme, no frasco tradicional, está posicionado na França com valor entre 60 e 90 euros, sendo exportado pelos valores que oscilam entre 70 a 115 euros

Olfactive Group: Oriental floral,2006
Gender: Feminine
Nose: Maurice Roucel, Céline Martins
Bottle: Céline Shalini
Sillage: Intense
Lasting Power: Excellent
Olfactive Pyramid:

* Top Notes - Neroli and orange blossom from Sicily.
* Middle Notes - Angelica (tuberose), white jasmine, patchouli from Indonesia
* Base Notes - Sandalwood, musk, vanilla from Madagascar

Available in 50ml and 100ml EDP in the traditional bottle, La Femme is sold in France for 69 EUR up to 90 EUR, and out of France for 70 EUR up to 115 EUR.

SAHLINI PARFUMS

Perfumaria niche, que reúne a tradição indiana na fabricação de attars com a reconhecida elegância francesa, iniciou suas atividades em 2006.
Céline Martins idealizou e produziu a linha de perfumes cujo portfolio aumentou consideravelmente, atualmente oferecendo além de La Femme, L'Homme e Féminínde as edições especiais La Femme En Noir e L'Homme En Noir.
Esta jovem perfumaria propõem a criação de perfumes que reúnam Oriente e Ocidente nas suas melhores características expressando a cultura tradicional e a modernidade européia, utilizando matéria prima luxuosa e da melhor qualidade.
Os perfumes femininos são doces e sensuais, enquanto os masculinos aromáticos e frescos.
Distribuída em vários locais da França, são oferecidos em lojas seletivas de Moscou - Rússia, Espanha, Hungria, Caribe, Arábia Saudita, Kuwait, Oeste da África, Ilhas Reunidas e Brasil cuja oportunidade de aquisição está na perfumaria Violeta - Leblon - Rio de Janeiro.

Niche House, which combines the Indian tradition in the production of attars with the well-known French elegance, began its activities in 2006.
Céline Martins created and release a brand of perumes whose portfolio has grown considerably, now offering in addition to La Femm, L'Homme and Féminínde and the special editions La Femme en Noir and L'Homme en Noir.
This young perfume designer proposes the creation of perfumes that bring together East and West in their best features expressing the traditional culture and the European modernity, by using first quality raw material.
The feminine perfumes are sweet and sensual, while the men ones are aromatic and fresh.
Distributed in various locations in france, they are avalable in selected stores in Moscow-Russia, Spain, Hungary, Caribbean, Saudi Arabia, Kuwait, Western Africa, United Islands and in Brazil where they are found in Perfumaria Violeta - Leblon - Rio de Janeiro.

CÉLINE MARTINS

Biografia
1978 - Nascimento em Bombaim - Índia
1979 - Chegada na França
1999 - Graduação em primeiro lugar na Escola de Artes com tese sobre criação de perfmes.
2000- Primeiro ano na Faculdade de Belas Artes de Nates
2001 - DA em agência de comunicações parisiense
2002 - Formação em óleos essenciais
2003 - DA free-lance entre Nantes e Paris
2004 - Intercâmbio profissional de ois meses em Berlim
2004- 2005 - Início do projeto Sahlini Parfums
2005 -Viagem de pesquisas à Índia - Descoberta de Bombaim - Rajastão.
2006 - Criação da empresa Sahlini
2006/ 2007 - Lançamento da linha Sahlini

SAHLINI PARFUMS
2 rue des montgolfieres
44120 Vaertou- France
Tel +33240578086
Fax +33177758928

Biography
1978 - Born in Bombay - China
1979 - Arrrival in France
1999 - Graduated from School of Arts. Her thesis on Perfume Creation was the top of her class.
2000 -Admited to "École Regionale de Beaux -Arts de Nantes".
2001 - Works in a Parisian Communication Agency
2002 - Academy studies in Essential Olis
2003 - Freelance in Nantes and Paris.
2004 - Two months professional interchange in Berlin
2004-2005 - Beginning of the Sahlini Parfums Project
2005 - Research travel to Indian - Bombay . Discovery Rajasthan.
2006 - Perfume branch Sahlini was founded.
2006/2007 - Sahlini's range was launchedTranslation by Rosaria Ferreira collector and self-taught person in perfumes matters.


Imagens publicitárias gentilmente cedidas por Sahlini Parfums

Arte Irmã

VÍDEO:Aishwarya rai - Ishq


5 comentários:

  1. Betty, que perfume interessante ! Acho que deve ser simplesmente divino ! Parabens pela resenha !

    ResponderExcluir
  2. Luz, eu adorei este attar.É super feminino e tem uma fixação fantástica.
    O envelope chegou totalmente destroçado ( Correios!)e o flaconete esmigalhado. Um perfume precioso! Que dó. Mas o plástico bolha estava úmido o suficiente para perceber a evolução. Estou há 3 dias com o envelope na mesa, ao meu lado. O aroma é uma delícia. Se tiver oportunidade experimente...E o que é melhor, tem uma qualidade de baunilha que não provoca enxaqueca. Sou hiper sensível à baunilha. Beijocas da Betty

    ResponderExcluir
  3. Betinha, esse perfume parece ser bem exótico. Fiquei curiosíssima!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Rosária.
    É exatamente o oriental que você gosta. Um tempero sutil e elegante, rastro marcante mas que não sufoca, fixação que atravessa o dia e a base ambarada e almiscarada que é a essência da perfumaria oriental. Estou para resenhar o Féminindé. Ainda não coloquei a amostra na pele, contudo promete ser tão bom quanto. Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Luz quando estiver procurando a amostra do Sahlini não esqueça de provar o Féminínde . É diferente mas também gostei. Sai a reenha esta semana. Beijocas

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!