Pin It button on image hover

segunda-feira, outubro 19, 2009

Monsieur Rochas - Rochas


Making off:

Flora: - Oh! Hoje fazem 100 anos, Cruela, que você lançou a maldição...pobre jovem...aos quinze anos picou o dedo numa roca de fiar, e todos no palácio real dormiram desde então. Passe-me o chá por favor.

Fauna: - Uma cerca de espinhos vivos, densa e alta cresceu em volta do palácio até engoli-lo todinho, e príncipes, depois disso, atrevendo-se a tentar salvá-la acabaram morrendo nessa touceira... Aqui está o chá, pode me passar o açúcar? Melhor o adoçante.

Primavera: - Francamente, você não foi nada gentil Cruela! Só porque o rei não a convidou... mas eu quebrei seu encanto e hoje um príncipe venceu a cerca, acordou Bela, e eles serão felizes para sempre. Hi hi hi ....

Cruela: Aqui seu adoçante Fauna.
Não foi você quem venceu minha maldição "darling", mas minha incrível inabilidade em perceber as tendências no mundo dos perfumes !

Tivesse eu, ao invés da cerca, borrifado o palácio com Monsieur Rochas, a pirralha ainda estaria dormindo, como se fosse alguém profundamente entediada com Armani City Glam.
Voçês sabem que aquela essência Rochas, unidimensional, cheira do começo ao fim como um impenetrável emaranhado de ervas daninhas, baldias e espinhosas, crescendo sobre troncos derr
ubados, de canela...
Quem hoje se atreveria a entrar ? Um ogro? Um duende? Um Aretê?
Aqueles pretendentes que chegavam cheirando Kenzo Air, Acqua di Gió, Higher, jamais esperariam a longa e sutil evolução das belezas amargas, agrestes e violentas daquele líquido rosé! Iriam embora horrorizados...
Ai... eu errei... e se as notícias se confirmarem, logo fic
aremos sem este estranho exemplar de uma época em que, na masculinidade, o rústico podia ser belo e risonho.

Contribuição do leitor Aretê

 

FICHA TÉCNICA
Família Olfativa: Oriental Fougere
Gênero :Masculino
Perfumista: Guy Robert
Rastro: Intenso
Fixação: Muito Boa 
Pirâmide Olfativa:
  • Topo -Camomila, lavanda, sálvia, bergamota, limão
  • Coração - cravo, gálbano, vetiver, cedro, gerânio, cardamomo,
  • Base - Patchuli, fava tonka, almíscar, musgo de carvalho

Arte Irmã: Once Upon A Dream - Emily Osment


Imagens: Pinup blond AV; publicidade vintage Dior Homme by Rochas

9 comentários:

  1. Mon Cher Ami. Que delícia ler os seus textos. Apresentam a criatividade e o toque artístico que denunciam seu mister nos palcos.
    Vejo em Monsieur Rochas um clássico adorável com a saída aromática no conjunto poderoso da lavanda temperada pelas ervas e condimentos.
    E que tríada amadeirada e resinosa repleta de poder nos acordes de base.
    Estes são os meus preferidos. Um aroma realmente másculo. Cai maravilhosamente em homens elegantes.
    Que delícia de "decants"!
    O literário e o líquido, com os quais voçê gentilmente me apresentou à este aroma masculino da casa Rochas.Bises . Betty

    ResponderExcluir
  2. Hahaha Aretê, eu rí muito!
    Achei o enredo, e o ponto em que vc queria abordar formidáveis...rsrs

    Tenho uma curiosidade sobre o Monsieur de Rochas.
    Na verdade, admiro td o que vêm desta griffe, embora não tive a oportunidade de experimentar nenhum masculino.
    Oriental Fougére... Oh my God!
    Atiçou a minha curiosidade...hehehe

    E a música, da Emily Osment... simplesmente adorável!
    ^^

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Achei sensacional hahahahaha

    Clap Clap Clap Clap!!!!

    ResponderExcluir
  4. Amargo e herbal, Monsieur Rochas lembra muito um delicioso gole de Campari. Refinado, autoritário e senhoril tem um caráter mais fechado que outros mais típicos da época de seu lançamento. Eu o tinha borrifado de manhã e me dirigia de moto numa manhã fria para lecionar numa cidade próxima quando me ocorreu esse continho. Abraços do Aretê.

    ResponderExcluir
  5. É verdade Aretê. É um perfume fechado,quase sombrio, de herbal profundo e apimentado.
    Hoje senti o aroma da pimenta branca moída e lembrei deste picante amadeirado que parece vir da profundeza do solo. Muito bom. Eu aprecio estes aromas complexos.O travinho amargo sinto no final. O início tem aquele ardor doce dos cravos. Adoro cravos. Lembra canela também. Dobradinha inseparável.Beijocas. Betty

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que delícia de resenha!!!
    Veio na minha mente tanto a história quanto as imagens do desenho da Disney (oh geração essa minha!) kkk

    E tudo parece tão feito para Monsieur Rochas agora... Show!

    ResponderExcluir
  7. ola, por acaso voce sabe onde posso encontrar para venda o perfume masculino monsieur rochas? Não encontro em lugar algum.... Grato

    ResponderExcluir
  8. Olá Anônimo-
    Sinto muito mas não posso lhe indicar nada, apenas a sugestão de jogar o nome do perfume e maison nos mecanismos de busca da internet. Aparecerão lojas virtuais nacionais e internacionais se houver o produto disponível.
    Um bom Natal. Beijocas. Elisabeth
    PS: Você esqueceu de registrar seu nome...

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!