Pin It button on image hover

terça-feira, setembro 22, 2009

Black Oud Cologne - Montale Parfums

ESPÌRITO DA FRAGRÂNCIA
Escura, aveludada e resinosa a rosa oud de Montale carrega junto de si doces e sombrios mistérios. Esta flor que poderia ser chamada de cidadã do mundo encontra neste perfume uma face inglesa enevoada e misteriosa, ligada ao romântico século VII como o retratado em As Brumas de Avalon -The Mist of Avalon, da Bretanha lendária de Camelot e do culto à Deusa.
Livro de narrativa densa faz nossa mente divagar pelas brumas que envolvem a encantada ilha acolhendo a mística, enigmática e solitária Morgana, na sua jornada como sacerdotisa.
Mulheres em comunhão com a força vinda do ventre da mãe terra descobriam no convívio equilibrado com a Natureza segredos mágicos da celebração da vida.
Tal sensação de mergulho em rituais, de abraço cálido e hipnotizante é proporcionada imediatamente no contato com Black Oud by Montale

PERCEPÇÂO OLFATIVA 
Conjugação de acento animalic profundamente doce e quente, próprio da base dos exóticos florais orientais, nos envolve nos primeiros instantes.
Black Oud Cologne encantador, enigmático e arrepiante traz este aroma da profundeza para o topo antes que notas convencionais se façam notar.
Morno, envolvente e sensual, quase pagão, emerge acompanhado de acento resinoso e balsâmico.
Doçura intensa aliada à características ligeiramente cítricas acena a presença de cistus ou ládano, em convicta afirmação.
É neste cenário nebuloso e intrigante que repentinamente surge a rosas.
Escura, velada, com intensidade pulsante como a Senhora do Lago revelando sua imponência através da neblina.
Presença marcante porém generosa nos deixa entrever outras notas igualmente belas como a madeira de Oud, enfumaçada, picante e saborosa, considerada o incenso mais valioso do mundo.
Talvez se deva a ela parte do aroma balsâmico apresentado desde o início, em associação ao benjoim.
Junto a rosa, formando um bouquet de mansidão delicada estão outras flores como ylang-ylang, neroli e íris.
Instável a flor soberana num momento cresce em majestade, noutro se inclina submissa às madeiras ,
Na fase doce e sutil percebemos, sândalo e almíscar ambarino.
Quando exulta em poderio, sedutora e impressionante, ao lado das madeiras e resinas, vibram seus pares cistus, e os balsâmicos, terrosos, incensados benjoim e aoud.


Patchuli, conferindo um breve e constante apimentado contribui para imprimir, na maturidade do perfume, um viço verde e fresco, provavelmente respaldado em notas de musgo.
Tempero picante que pontilha toda trajetória, mesmo nos transitórios momentos de aveludado talco.
Construção interessante, não atende a pirâmide olfativa clássica, estabelecendo um ciclo onde notas se sucedem, alternam e mudam de lugar..
Intensidade aldeídica e viciante permeia este caminho escuro e turvo, no qual desconhecemos águas límpidas cristalinas, tocando apenas a magia do misterioso lago, abrigo de criaturas que se conectam com o sagrado.
Junto à névoa que desaparece Avalon e Black Aoud se dissipam aos nossos olhos, restando o nebuloso devaneio na memória, junto à doce e floral sensação na pele.
Compartilhável, posso vê-lo irmanado em Artur e Morgana com a mesma vibrante sensual e misteriosa fascinação.

SIMILARIDADE
Comentários colocam Dupont Oud et Rose de S.T.Dupont, Juliet Has A Gun Midnigth Oud e Amouage Liric Men na mesma linha olfativa.

FICHA TÈCNICA
Família Olfativa: Floral Almiscarado amadeirado, 2008
Gênero:Masculino
Perfumista: Pierre Montale
Rastro: Intenso
Fixação: Ótima
Notas Olfativas: Tangerina, rosa vermelha, oud ou agarwood do Cambodge, patchuli da Indonésia, ládano, madeira de sândalo, almíscar.

Vai ao Shopping? Confiras preços e marcas nas boas lojas que abrem suas portas em Perfume Bighouse 

Imagens: Colagem de Elisabeth Casagrande com Black Oud de Montale e Agarwood;pinturas de Morgana de Avalon ( autores desconhecidos).

8 comentários:

  1. Beth que maravilha!!
    Caramba! Que lindo!
    Vc sabe pq eu gostei tanto né ? rsrs
    Nossa preciso provar esse perfume! preciso , preciso!! rsrs

    Beijocas querida!

    ResponderExcluir
  2. Oi Juliana.
    Não sei se você vai gostar, mas tenho certeza de que achará interessante. É o mínimo para ele: interessante.
    Ultimamente estou em fase de encantamento com rosas e tenho descoberto alguns primores. Este amadeirado e temperado com o acento animalic é muito diferente do usual romântico e ingênuo.
    Que pena que a minha amostrinha se foi ou teria prazer em mandar prá você.Beijocas flor.

    ResponderExcluir
  3. Oi Beth!!!
    Oh Goth, fiquei suspirando aqui agora. Eu amo rosas!!!Achei interessante a sua descrição pois eu tinha a nitida imagem (mesmo sem conhecer o perfume) que o Black Aoud não seria compartilhavel, e sim bem masculino. (me pergunto pq agora... deve ser a cor no minimo!)
    Vc conhece o Red Aoud? Esse red estava na minha wish, mas estou tentada a troca-lo pelo pretinho básico agora...

    Mil beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu.
    Flor vc não está totalmente errada. É uma rosa mais adulta, amadeirada e temperada, quase masculina
    Não lembra a ingenuidade e doçura da rosa Guerlain ou as maravilhosas e explícitas rosas L'Occitane ( quero uma!).
    Entretanto é mutável. Unissex. Num cenário bem masclino ela cai bem. Numa figura bem feminina idem.E nas peles andróginas deve saber ao sabor do vento que soprar.
    Penso que seja uma rosa democrática e liberal.
    Mas vc é fã dos bem docinhos não ? Então prefira o L'Occitane Nuit de Mai. Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Não curto os docinhos não kkk As vezes um floral delicado, bem feminino (ainda mais no calor) mas gosto dos marcantes e diferentões mesmo!!! Se for doce, é um doce de flores que não sei explicar bem kkk
    Mas que ótima noticia vc me deu Betty!!! Andrógino é tudo que me apetece!!!
    Vou dar uma passada no ebay é já kkk
    Beijos Mil!!!

    ResponderExcluir
  6. Eu entendo Lu. Também adoro este doce de flores.
    São os óleos essenciais naturais e os compostos químicos originalmente contidos nas flores, e produzidos em laboratório, naturalmente doces.
    A doçura faz parte do aroma. Baunilha prá mim só para reforçar.
    Prá mim é raro gostar muito de uma baunilha prepotente. E ainda me causa enxaqueca...
    O Black é andrógino sim. E diferente. Eu acho um perfume soberbo, mas não deve agradar a todos.
    Mas como estamos sempre atrás de aromas diferentes temos um "nariz" mais flexível ... he he he. Somos capazes de gostar dos mais estranhos.
    É bom. Eu gostei. Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Preciso urgentemente conhecer um Montale!!! Não conheço nenhum!!!

    ResponderExcluir
  8. Ro, precisa mesmo! A qualidade é muito boa. Já experimentei dois. O segundo ( surpresa para resenha) não agradou muito. Uma flor intensa, daquelas de tirar o sossego. O outro tem tudo para dar certo.
    Logo sai mais Montale. Enquanto isto precisamos batalhar uma amostrinha prá você pluma. beijocas

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!