Pin It button on image hover

quinta-feira, junho 04, 2009

Hot Couture eau de parfum - Givenchy


Não... Obrigada, não fumo.
Também não posso afirmar que seja "bicho grilo" ou " natureba" pois apesar de bióloga convicta não sou dada à excessos ou extremos.
O apelo da Natureza é irresistível, mas o citadino de igual forma.
Sou "bicho dividido", mas não em relação ao tabaco. Passo longe.
Contudo, a perfumaria é outro universo, onde notas de incenso, tabaco, resinas e madeiras enfumaçadas fazem a delícia dos sentidos. Da percepção olfativa.
Hot Couture é uma destas delícias, quente e fresco, se possível este antagonismo caminhar em vias paralelas.
Talvez a incongruência esteja na disposição dos acentos olfatórios.


Cítricos, quase sempre presentes, aqui são delicados e tímidos. A framboesa idem.
Magnólia com certeza há, pois percebo o doce floral típico, embora não haja a exuberância da flor existente no raro Magnolia de Ives Rocher, ou a luminosidade oferecida em Rumeur e Bright Crystal.
O que a pirâmide não exlica é este enfumaçado de tabaco, que parece a bruma das geadas evaporando ao sol, carregando consigo o aroma de raízes, folhas e flores entreabertas, diluindo-se em luz.
Sinto-o como sutil aroma do fumo de rolo, negro, acre e doce, que senti algumas vezes na infância, ao entrar em antigos armazéns.
Ainda podemos encontrá-lo em poucas lojas.
Pimentas maravilhosas e verdes, picantes, sem ardência, com o frescor das recém colhidas, teimosamente envolvidas em defumadas madeiras conferindo uma sensualidade inesperada.


A evolução revela um casamento perfeito destas notas com a frescura do sândalo, vibrante vetiver, doce almíscar, profundo e acentuado âmbar.
Hot Couture é alta costura. É pret-a-porter. Elegância e refinamento Givenchy.
Perfume denso, sofisticado, não usual, cuja doçura confortável e enfumaçada  reverte em sillage poderosa, que desperta olhares, comentários e encantamento.
Perdura, abraça, e seduz. Agrada-me.


Ficha Técnica
Família Olfativa: Oriental Floral, 2000 
Gênero: Feminino ( compartilhável) 
Perfumista: Alberto Morillas
Rastro: Intenso
Fixação: Ótima
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Laranja, framboesa, tangerina
  • Coração - Magnólia, pimenta negra
  • Base - Sândalo, vetiver, âmbar,almíscar
Similaridades: Leitores apontam alguma semelhança com Gucci II, Jean Paul Gaultier e Heavenly Kiss de Victoria Secrets. Para mim é aroma ímpar.

Arte Irmã:Se fosse música estaria na bela voz de Norah Jones em Sunrise

Imagens: Frasco de Hot Couture de Elisabeth Casagrande - Parque Barigui,2009 por Magda Marcela; woman de vi.sualize.us; ensaio de Haleh Bryan

13 comentários:

  1. Uma ode á Givenchy ! Hot Couture é tudo de bom. Depois de Noa esse é o meu segundo predileto.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Melissa. Tenho um gosto bastante eclético e gosto de variar o aroma conforme o humor e ocasião, mas Hot Couture considero um curinga!
    Sinto-me honrada em participar do evento no seu blog.
    Por gentileza mande o link para o email de perfumesBighouse e farei a referência na minha página também. Obrigada flor. Beijocas. Betty

    ResponderExcluir
  3. Quando compro perfumes prefiro sempre as embalagens pequenas, pq assim posso ter aqueles que mais gosto e variar também conforme a lua. Mas raras excessões os orientais são meus preferidos. E pode deixar que enviarei o link após a postagem para o seu email, sorri feliz :-) !
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. É verdade Melissa! Dura menos, mas dá para variar e não corre o risco de oxidação.Porém o Mercado Livre Internacional vende vidros de 100ml pelo preço de 30ml no mercado interno...uma tentação.
    Estarei aguardando o link.Beijocas.Betty

    ResponderExcluir
  5. Hot Couture é um encanto. Um perfume de uma doçura picante viciosa...
    Sinto um cheiro de pimenta preta inconfundível nele. Porém o tabaco, quase não o sinto.
    Vou prová-lo novamente...
    Linda resenha Beth... é sempre muito prazeroso le-las!
    B>jokas querida!

    ResponderExcluir
  6. Oi Pavel. A pimenta é perceptível e clássica mas o tabaco é como madeira enfumaçada, que tivesse permanecido próxima ao fumo natural. Nada da artificialidade tóxica e enjoativa de fumaça dos cigarros com filtro, que envenenam o ar.Provavelmente não étabaco mas um conjunto de notas, ou acorde, que provocam esta sensação olfativa.Ao mesmo tempo um aroma muito fresco - sândalo ? Também gosto.Beijocas. Betty

    ResponderExcluir
  7. Depois de Havana Edp perdi meus conceitos sobre tabaco. Na minha mente parece que todos os tabacos precisam ser fortes como o do Havana, que com sua composição frutada, abaunilhada e animalic passa a sensação de fumo de corda esfumaçado e bem azedinho.
    Revendo outros atabacados... Bandit e The Dreamer notei como pode ser grande a diversidade destes perfumes adeptos do tabaco.
    Bandit possui um tabaco amargo e pesado mas não enjoativo, e o Dreamer é um tabaco leve, fresco e doce... que aliás, eu quase não percebo.
    Não gostava... Agora, estou amando descobrir suas facetas!

    B.jokas

    ResponderExcluir
  8. Oi amore!.
    É a única forma para gostar de tabaco...nos perfumes.. kkk
    detesto cigarro, cheiro insuportável mas em perfumes o tabaco tem uma característica diferente. E também é diverso de um para outro.
    Dreammer não conheço mas Hot é bem suave também.
    Algumas pessoas percebem, outras não. Presumo que depende de sensibilidade específica de cada um. Sou sensível ao aroma de tabaco.
    Beijocas.betty

    ResponderExcluir
  9. Oi Elisabeth, descobri recentemente o seu blog e não saio mais dele.rs
    Sempre gostei de cheiros e recentemente investi nesse prazer que cada vez mais me encanta.
    Compree hoje o Bal a Versailles e como você falou: que cheiro intrigante...mas ainda não tive oportunidade de experimentá-lo - não vejo a hora. Já o Hot Couture não me cativou, pra mim ficou marcante um cheiro doce queimado, como pipoca caramelada - o que será????hehe
    Agora, o maior motivo deste post: procurei e não achei aqui nada sobre o Pi da Givenchy, que apesar de masculino agrada muito as mulheres. Eu estou apaixonada por ele. Você o conhece?
    abraços
    Raquel

    ResponderExcluir
  10. Oi Raquel. seu comentário estava na caixa de spam. Não sei porquê. Talvez vc tenha mandado dois recados parecidos. Desta forma parece recado padronizado de Spam.
    O Bal é uma caixinha de Pandora. No início é assim mesmo. Sente-se o impacto do intrigante. Eu nem experimentei doçura a princípio. Depois ele vai se revelando aos pouquinhos. Não é perfume para todos os dias.
    Gosto de usar no inverno quando está beeeemm frio.
    Hot Cuture é muito agradável para meu olfato, Talvez seja uma diferença individual de percepção, ou de reação com a pele, mas não sinto nada de pipoca. Percebo tabaco enfumaçado sobre fundo herbal fresco e flores embrulhadas em doçura. Gosto demais.
    Já me pararam na rua para perguntar que perfume era este.
    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth, eu havia respondido, mas deu pane again,rs, não faz mal.
      Primeiro: obrigada pela resposta.
      O cheiro de pipoca queimado é o que a leiga aqui sentiu. Quem dera ter conhecimento e olfato apurado para perceber que o que realmente tem no perfume. Eu quero ser perfumista!!!!rs
      E quanto ao Pi, o que mencionei no post, você o conhece?
      beijos

      Excluir
  11. Oi Raquel. Absolutamente flor. As sensações independem de ser ou não perfumista.
    Provavelmente seu olfato associou alguma coisa com o odor de pipoca.
    Aliás pipoca caramelizada é um nota usada nos perfumes gourmands.Deve ser a nota de tabaco misturado ás doçuras e incenso...
    Pi de givencgy é floral/frutal doce muito gostoso. Realmente várias mulheres relatam que usam. Deveria ser enquadrado como unissex.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth, se entrar mais de um comentário nesse mesmo tópico, não estranhe, pois não estou conseguindo postar.
      Concordo que o Pi deveria ser enquadrado como unisex, de qualquer forma, as mulheres que gostam continuarão a usá-lo independente disso. Tem que ser macha, tchê.....rsrs
      Por um bom tempo fiquei só no meu Contradiction e Dolce Vitta, por não gostar de nenhum outro perfume (sou chatinha mesmo). Então resolvi insistir e fui experimentando e experimentado (os testers da lojas,claro) e fui descobrindo novos e velhos como o Belle D'Opium e como não vi nada do Opium, deixei o preconceito de lado (tão antigo...) e comprei o Opium também e depois o Poison e ainda estou no experimenta e se apaixona/ou não.
      Seu blog tem cheiro, você sabia?

      Excluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!