Pin It button on image hover

quarta-feira, maio 27, 2009

Declaration eau de toilette - Cartier


Não sou afeita a padrões rígidos e acredito que parte do encanto da vida está na variabilidade.
Permite a possibilidadee de encontrarmos situações, coisas e pessoas interessantes em extremos de forma e diferentes propostas.
Assim é com o meu ideal masculino. Não há!
O atraente envolve ainda mais quando se faz acompanhar do impensado.
E a figura do "divo" inspirador é ainda mais difícil para determinar.
Entretanto pelo que percebo na mídia, pela postura pública, atitudes, escolhas profissionais e forma ( bela forma) descobri um padrão que facilmente me agradaria.
Seria um "divo"?
E a questão inevitável aparece... Que perfume combinaria com tal homem ?


Declaration Cartier me parece evidente!
Lançado pela maison em 1998, Declaration revelou-se um amadeirado floral de picante sensualidade e infinitamente delicioso.
Madeiras enfumaçadas e apimentadas encerram flores que envolvidas em almíscar, notas ambarinas e doçuras são simplesmente encantadoras.
Toques resinosos de artemísia, cardamomo e coentro apresentam equilíbrio delicado que revelam a mão do mestre.
Conferem a medida de calor animal que se espera num perfume elegante, sofisticado e quente.
Inegavelmente sedutor é um aroma para homens explicitamente charmosos.


Tal sucesso levou ao aparecimento de edições especiais e variantes sobre o mesmo tema, situação comum, que em pouquíssimas ocasiões consegue superação do aroma inicial.
Esta declaração parece estar fugindo a regra.
Em 2001 foi lançado Declaration Bois Bleu e Declaration Essence, 2003 - Declaration Eau Genereuse, 2007 - Edition Prestige, 2008 - Declaration Essence Limited Edition e Declaration Edition Limitè 

Bois Bleu está descrito como um aroma refrescante e levemente aquático, onde despe-se do caráter quente e apimentado e equilibra-se na presença da betula.
Comenta-se uma diferença na qualidade dos cítricos, aparentemente maior pungência.

Eau Genereuse chegou controvertido nas opiniões, pois afirma-se estar destituído do coentro ( também cominho ?) presente no original. Centrado em notas verdes e cítricas salienta a artemísia demonstrando a impidez e frescor e uma colônia embora mantenha as madeiras fundamentais.

As notas olfativas de Prestige determinam um enfoque maior no amadeirado, desde os acordes do topo, onde estão devidamente acompanhadas por cítricos.
Enquanto madeiras atravessam a evolução, picante artemísia e cálido cardamomo demonstram sua força no coração da fragrância.
De acordo com a pirâmide olfativa, a base apresenta ligeira modificação, sublinhando musgo de carvalho enquanto o original apostou na cremosidade do couro aliado ao âmbar.


Há algum tempo conheci Declaration Essence que tem reedição no Declaration Essence Limited Edition, 2008.
Inicialmente a sensação é de rápida ardência beirando o cítrico.
Rapidamente é invadida pelo aroma cálido de especiarias, enquando na pele, em contraponto, instala-se uma sensação de frescor.
Não existe predominância evidente de coentro, artemísia ou cardamomo, apenas uma sensação resinosa, quente e especiada que pode ser fruto de suave pout-pourri.
Na sequência encontramos a alma amadeirada, docemente enfumaçada, típica do primeiro Declaration que  revela alguns acentos de chá, doce e forte.
Igualmente evolui para o sedoso e polvoroso acorde almiscarado, ambarado e manso, apesar de constante e instigante apimentado.
Ainda percebe-se um bouquet. Notas apontam para a flor de laranjeira, provavelmente emprestando seu doce mel, e para o frescor de gerânios.
Contudo, o conjunto foi atenuado permanecendo a sedução das madeiras enfumaçadas de forma indolente quase terna.
Sente-se o cedro em sua beleza.
Emerge da base de forma indelével mesmo quando levemente mascarado pelas folhas verdes.
Provavelmente enaltecido pelo vetiver que pode se apresentar de forma resinosa herbáce, cítrica e também amadeirada.
Mantém-se a assinatura...Contemporizada, soft, ligeiramente petulante, como se a fragrância estivesse reservada para as diversas atividades diurnas, encantando com a sillage que revela a docilidade temperada, enquanto momentos de maior densidade, vigorosos e noturnos, pedem o original.
Peca ligeiramente na fixação mas não no caráter sedutor.

Declaration Essence Edition Limited está descrito como uma versão mais apimentada e também atenuada em várias características se relacionarmos com o original.


DECLARATION
Família Olfativa: Floral amadeirado almiscarado,1998
Perfumista: Jean Claude Ellena
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Tangerina, neroli, artemísia, coentro, bétula, laranja amarga
  • Coração - Cardamomo, pimenta, jasmim , íris , artemísia ,
  • Base - madeira de cedro, vetiver, couro, âmba, oakmoss
DECLARATION ESSENCE:
Família Olfativa: Floral amadeirado, almiscarado, 2001
Notas Olfativas: Limão, lima, flor de laranjeira, gerânio, lavanda, chá, sândalo, âmbar, almíscar madeiras.

DECLARATION BOIS BLEU
Família Olfativa: Amadeirado aquático, 2001
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Limão, laranja amarga, bergamota
  • Coração - Cardamomo, bétula, noz moscada
  • Base: Madeira de teca, vetiver
DECLARATION EAU GENEREUSE
FAmília Olfativa: Floral cítrico, 2003
Notas Olfativas
: Cítricos, cardamomo, artemísia, cedro, sândalo.

DECLARATION PRESTIGE
Família Olfativa: Floral amadeirado,2007
Pirâmide Olfativa:
  • Topo - Bergamota, laranja amarga, bétula
  • Coração - Madeira de zimbro, artemísia, cardamomo
  • Madeira de cedro, vetive, musgo de carvalho vermelho
DECLARATION ESSENCE LIMITED EDITION
Família Olfativa:Floral amadeirado, 2008
Notas Olfativas: Semprevivas, pimentas, madeira de teca.


Arte Irmã:  Abraçaria várias formas  misturando o belo da sétima arte, literatura e música "Um homem de gênio é produzido por um conjunto complexo de circunstâncias, começando pelas hereditárias, passando pelas do ambiente e acabando em episódios mínimos de sorte."
Fernando Pessoa

ASTRONAUTA
Interpretação:Gabriel o Pensador
Composição: Gabriel o Pensador /Lulu Santos

Astronauta!
Tá sentindo falta da Terra ?
Que falta que essa Terra te faz?
A gente aqui embaixo continua em guerra
Olhando aí prá lua implorando por paz
Então me diz: Porque que você quer voltar ?
Voce não tá feliz onde você está ?
Observando tudo a distância
Vendo como a Terra é pequenininha
Como é grande a nossa ignorância
E como nossa vida é mesquinha
A gente aqui no bagaço, morrendo de cansaço
De tanto lutar por um espaço
E você, com todo este espaço na mão
Querendo voltar aqui pro chão ?

Ah, não meu irmão!
Qual é a tua?
Que bicho te mordeu
Aí na lua?

Eu vou pro mundo da lua
Que é feito um motel
Aonde os deuses e deusas se abraçam e beijam no céu...

Ah não meu irmão!
Qual é a tua?
Que bicho te mordeu
Aí na lua ?
Fica por aí que é o melhor que cê faz
A vida por aqui tá difícil demais
Aqui no mundo o negócio tá feio
Tá todo mundo feito cego em tiroteio
Olhando pro alto procurando a salvação
Ou pelo menos uma orientação
Você já tá perto de Deus astronauta !
Então me promete que pergunta pra ele
As respostas de todas as perguntas
E me manda pela internet...

É tanto progresso que eu pareço criança
Esta vida de internauta me cansa
Astronauta cê volta e deixa dar uma volta na sua nave
Passa a chave que eu tô de mudança
Seja bem-vindo, faça o favor
E toma conta do meu computador
Porque eu tô de mudança
Tô de partida e a passagem é só de ida
Tô preparado prá decolagem
Vou seguir viagem, vou me desconectar
Porque eu já tô de saco cheio
E não quero receber nenhum email
com notícia dessa merda de lugar...

Eu vou prá longe onde não existe gravidade
Prá me livrar do peso da responsabilidade
De viver neste plâneta doente
E ter de achar a cura da cabeça
E do coração da gente
Chega de loucura, chega de tortura
Talvez aí no espaço eu ache alguma criatura inteligente
Aqui tem muita gente
Mas eu só encontro solidão
Ódio, mentira, ambição
Estrela por aí é o que não falta astronauta!
A Terra é um planeta em extinção...

Vídeo: Astronauta - Gabriel o Pensador - Youtube

3 comentários:

  1. Oi Beth, adquiri uma amostra para testar o Declaration para o boyfriend, não é o essence, é o tradicional. Achei que iria gostar, mas... Achei apimentado demais!!! E olha que eu adoro uma pimentinha, tanto no prato quanto nos perfumes, mas dessa vez não encheu minha boca dágua. Experimentei mais de uma vez, em dias diferentes, mas realmente não rolou!!!kkk Ainda estou à procura de um perfume masculino diferenciado que me faça suspirar. Tenho a amostra do Must, vou experimentá-lo mais uma vez, mas também acho que não vou gostar. Acredito que a signature da casa não combine muito com minha predileção. Uma pena, estava muito curiosa quanto ao Delices para mim, ainda não o conheço. bjkssss

    ResponderExcluir
  2. Oi Raquel. Delices de Cartier será resenhado brevemente. Está nos planos para este mês.
    Isto acontece as vezes. Eu gosto de quase tudo da grife. Alguns mais outros menos, mas de maneira geral o estilo da perfumaria Cartier casa muito bem com minha química. O mesmo acontece com Balmain, Givenchy...
    Associo Declaration com presença marcadamente masculina. Penso que estranharia na minha pele.
    Delices tem um desenvolvimento mais doce e frutado. Bem feminino.
    Se você gostar de perfumes masculinos doces procure conhecer Balman de Balmain. Ou os masculinos (unissex) de Tom Ford. Gosto muito. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
  3. Oi Beth, tenho somente o Declaration original, adquirido no Strawberry. Lendo resenhas de outros lugares, não esperava muito da fragrância (os cítricos em geral não me atraem), mas convencido pela curiosidade e a qualidade dos Cartier, comprei no escuro.....e me surpreendi. Um cítrico delicioso, que não é refrescante, mas sim "quente", condimentado, confortável, doce, animálico e muito másculo. Pode rir, mas a fragrância me remeteu a uma mistura de laranja em calda, suor corporal e um tempero indiano chamado Garam Masala, foi essa minha evocação olfativa, rs...Abs!
    Ubiratan.

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!