Pin It button on image hover

domingo, março 29, 2009

Amor América Palo Santo - Natura


" Por que aquelas vastidões áridas teriam então dominado dessa maneira meu espírito? Pela perspectiva livre que elas oferecem a imaginação. Pois as extensões patagônicas parecem não ter limites" Charles Darwin.
Encantamento que "embobece", leva a correr riscos, abandonar o conforto metropolitano e arriscar-se por lugares áridos, secos, escarpas e montanhas altíssimas onde o calor do sol não consegue diluir neves eternas.
Em janeiro, no verão do Sul, três primos, duas gerações da família José Sávio - pai, filho e sobrinho, carregando fardos pesados e a expectativa no olhar aventuraram-se através da Patagônia, em direção às cordilheiras, ao desafio do Aconcaguá, o Gigante das Américas (6962 m).


Voltaram com fardos mais leves, um edema pulmonar e a frustração enevoando o brilho anterior, por terem chegado tão perto mas, não ao final da meta proposta.
Pasmem... os olhares e as palavras revelam: Queremos voltar!
Apesar do frio, do estresse extremo pelas mudanças de altitude, de todo agressivo inóspito.
Aquela terra certamente tem beleza e encantos mágicos.
Mães e esposas relutam em entender. Veêm as cifras de acidentes fatais e se perguntam: Porque?
Aquela terra tem uma sedução incompreensível na sua vastidão agreste...
Muitos sucumbiram enlevados, inclusive Pablo Neruda que revela seu amor pela bela América em vários poemas.
Um deles Amor América inspirou o nome de uma linha da perfumaria Natura.
Genuinamente brasileira e com os olhos voltados para as belezas, diferenças culturais e ambientais deste continente maravilhoso, esta empresa também lançou sua expedição, buscando aromas da terra.
Não chegou aos extremos do Aconcágua mas, explorou a região investigando cultura, hábitos e peculiaridades do povo.
Quatro anos deslocando uma equipe de pesquisa, que resultaram na elaboração de 2 fragrâncias unissex.

Palo Santo e Paramela.
Ambas amadeiradas, porém Palo Santo indiscutivelmente revela um frescor de montanhas, de árvores, de seivas resinosas. Esta árvore de porte mediano, fornece resina e óleo essencial da  madeira, folhas e frutos.
Um aroma peculiar e inédito que somado as notas cítricas de abertura propicia um apelo exótico, elegante e fresco.
Evolui em acorde amadeirado úmido onde percebem-se notas de sândalo, âmbar, vetiver e cedro, algum toque de baunilha, almíscar e, naturalmente, o cítrico e resinoso palo santo.
Há flores certamente pois a madeira perdeu parte da sua aspereza, ganhando a suavidade que só pode nascer de um bouquet.



Notas finamente entrelaçadas num aroma equilibrado, homogêneo e muito persistente.
Palo Santo, no seu óleo dourado como um por-do-sol a beira do Aconcágua, tem um espírito aventureiro.
Um perfume desbravador, de natureza masculina que pode aceitar a cútis feminina, aninhando-se confortavelmente, numa mulher destemida capaz de se jogar na adrenalina de uma escalada rumo aos picos gelados.
A linha também apresenta, com óleo essencial de palo santo, um aromatizador de ambientes, Los Mistérios que expressa a reverência dos povos andinos pela terra e montanhas e um sal de banho chamado Kachi que em indígena significa sal e foi motivado pelos "salares" da América Latina. É usado em banhos ou escalda-pés.
O belo frasco, em vidro fosco e âmbar, é uma reprodução estilizada das cabaças ou porongas.

Similaridades
Apesar das notas  de fundo serem listadas de madeiras diferentes o efeito do acorde cítrico amadeirado, úmido e resinosos lembrou-me Eau de Concentree de Cartier.

Ficha Técnica
Família Olfativa: Floral frutal amadeirado
Gênero: Compartilhável
Rastro: Intenso
Fixação: Muito boa
Notas Olfativas: Tangerina, bouquet floral, palo santo, vetiver, cedro, âmbar, almísscar, baunilha.

Comentário V.I.P.

Gosto
Amor América! A expressão das essência, deste continente belíssimo que habitamos, em dois frascos encantadores, que nos trazem de presente o aroma da Natureza dos Andes e da Patagônia.
Palo Santo, é amadeirado mas não seco, ao contrário, sinto um aroma abafado, fresco e úmido como o da terra, caloroso, discreto, levemente incensado e ambarado. Gosto muito dele, mas na minha opinião combina mais com peles masculinas.
Nagma de Profumato.

Arte irmã na poesia...e na música

Amor América  - Pablo Neruda

"...Tierra mia sin nombre, sin America,
estambre equinoccial, lanza de púrpura,
tu aroma me trepó por las raíces
hasta la copa que bebia, hasta la más delgada
palavra aún no nacida de mi boca."

Vídeo:Elis Regina - É Com Este Que Eu Vou



Imagens:Aconcágua em gallery gerardprins; aconcagua expeditions; elisabeth casagrande; fragrantica

6 comentários:

  1. Adoro este perfume. é uma pena que saiu de linha da natura né? snif snif snif....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, tambem gosto o meu tava quase no fim queria muito comprar outro mas nao tem mais! =(

      Excluir
  2. Oi. Creio que Palo Santo é ainda melhor que Paramela. Se você gosta do estilo talvez aprecie Eau Cartier Concentree. Tem um acorde amadeirado fantástico. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
  3. O único produto da Natura que realmente me agradou foi o Palo Santo. Mas como sempre, o que nós agrada sai de linha.

    ResponderExcluir
  4. O único produto da Natura que realmente me agradou foi o Palo Santo. Mas como sempre, o que nós agrada sai de linha.

    ResponderExcluir
  5. Oi, tem mais alguma recomendação de perfumes parecidos?
    Tempos atrás eu tentei achar algum perfume parecido com o Palo Santo, mas não encontrei o seu blog.
    Verei se consigo esse da Cartier (que é meio salgado, mas creio que valha a pena)

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!