Pin It button on image hover

quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Crystal Noir eau de toilette - Versace


ESPÍRITO DA FRAGRÂNCIA
Um momento floral carregado de sensualidade, para sugerir intimidade conquista e jogos de sedução.
Envolvimento centrado na gardênia que deixa perceber frescor inesperado, quase verde como num jogo de palavras veladas que escondem a real intenção.
O floral  explícito de Crystal Noir parece um vestido- deslizante seda negra acariciando a pele - provocante, numa aura de festa e suntuosidade onde domina, totalmente hipnotizador. Obra prima haute couture combina com voluptuosidade madura e feminina. Não é um floral leve, ao contrário denso e profundo como se fora um abismo de flores. Ao mesmo tempo romântico. A mulher que estiver usando, certamente esperará flores, ou pelo menos ser tratada como a mais sedutora de todas.


SENSAÇÂO OLFATIVA
Centrado na gardênia que deixa perceber frescor inesperado, quase verde. O floral é explícito mas não vem sozinho. Está adornado por almíscar, âmbar e sândalo. Percebe-se um leve incensado que contém a impetuosidade da flor.
Drydown que escapa do confortável talcado, mantendo a cremosidadee é sustentação da sua característica
Simulação de coconut  no acorde de baunilha ladeando o aroma da saída até a base.


FICHA TÉCNICA
Família Olfativa: Oriental floral
Gênero: Feminino
Perfumista: Antoine Lie
Rastro: Intenso
Fixação: Ótima
Pirâmide Olfativa:

  • Topo- Gengibre, cardamomo, pimenta
  • Coração- Gardênia, flor de laranjeira africana, coco, peônia
  • Base- Âmbar, Almíscar, madeira de sândalo

ARTE IRMÃ- Ah se fosse poesia...

" O primeiro amor passou. / O segundo amor passou. / O terceiro amor passou./ Mas o coração continua..."
Carlos Drummond de Andrade


COMENTÁRIO V.I.P.

GOSTO


- Gosto muito do Crystal Noir. É um perfume que inspira poder e sedução. Usado com parcimônia encanta e instiga os sentidos com facilidade. Sinto um "que" de coco inexplicável logo na saída. Aos poucos ele evolui para uma estonteante explosão de sândalo, ambarado, com um toque clássico e feminino de almíscar. Este acorde faz com que seja um perfume oriental único, noturno, encantador de uma feminilidade dócil e ímpar...Anna Paula Greca


-Acho um perfume incrível. A construção floral opulenta, bem elaborada e densa me encanta. É sensual de um jeito exibido, alegre, quase exagerado, com traços doces, suavemente atalcados, verdes e apimentados. Diluídos na explosão da gardênia criam um resultado tão feminino quanto imponente. Para mim lembra mais o aroma de cerejas do que do coco e, ali tem uma cremosidade levemente áspera que só o âmbar consegue criar. Po-de-ro-so! Nada define melhor este perfume superlativo( no conceito e no resultado). O cheiro é potente, insinuante e cheio de sensualidade red-carpet-style. Fixação a toda prova. Lú Elste 

DESGOSTO 

- Crystal Noir é um perfumes de qualidade. Um frasco sério, com toque de luxo na tampa multifacetada que atrai olhares. Mas, aí terminam seus encantos. Uma saída over, assustadora, carregada de flores brancas , torna a fragrância difícil logo no início..A flor de laranjeira e o âmbar aparecem pouquíssimo.Creio que se mais explorada esta faceta poderia tornar-se outro perfume. O que sinto todo tempo é a mistura forte e permanente de duas notas que já são difíceis sozinhas mas juntas acentuam o lado agressivo e enjoativo: coco e o que parece tuberosa. A mim parece um perfume de épocas distantes. Não necessariamente usado por pessoas conservadoras mas usado em tempos antigos. Perfume forte, de qualidade para mulheres fortes, mas que não enjoam facilmente nem são sujeitas a enxaquecas. Eu particularmente dispenso. Andrea Phatz


- Crystal Noir não é um perfume ruim, longe disso! É um dos mais intrigantes que já senti. Acredito que ninguém consegue ficar indiferente diante deste aroma. Despertou em mim um misto de sensações que foram do encanto ao asco num piscar de olhos. Ao senti-lo fui surpreendida por um aroma que adoro. Este não vem de uma nota em particular mas, de uma mistura indecifrável. Para meu olfato lembrou de maneira perfeita a brisa gostosa que sentimos um pouco antes de chover. Sim! Exatamente aquele cheirinho de ervas que essa brisa carrega nas tardes nubladas. Engraçado porque era este aroma de chuva que a perfumista do Un Jardin Aprés la Mousson by Hermés tentou reproduzir e não conseguiu. Se este cheirinho de "preste a chover" ou "depois que choveu" permanecesse em Crystal Noir, diria com fervor que ele é meu favorito. Mas quando evolui aparece um aroma tenebroso que me faz ficar profundamente enjoada. Cheiro amargo e down . Beeeem down. Como tenho dificuldade em identificar notas descrevo pelas emoções que me provoca mas já disseram que este aroma deprê vem da gardênia. Se for culpa desta flor pedirei a minha família qua na ocasião do meu funeral decorem com centenas delas. Afinal existiria coisa mais glamourosa que um funeral com aroma de Versace? Mariangela Linhares

Imagens:Frascos de Crystal Noir de publicidade; Crystal Noir de Flickr; imagens gentilmente cedidas por leitoras de Perfume Bighouse


11 comentários:

  1. Vim retribuir sua visita!

    Ai, ai, ai, que blog mais chique!

    Complicado entender de perfume! Não gosto da maior parte deles... E a parte que eu gosto é cara demais.

    :)

    Voltarei. Beijo.

    ResponderExcluir
  2. A Anna e a Lu disseram tudo a respeito do Crystal Noir. Uma maravilha como descreveram com perfeição todo o desenvolver das notas. Parabéns!!!!

    Beth, seu blog é tudo! Impossível não passar por aqui diariamente.

    Beijocas!
    Mônica

    ResponderExcluir
  3. Eu acho o Crystal Noir incrível, mas não me interessei em ter um vidro cheio dele. Para mim, que moro numa cidade quente, é um perfume para usar duas ou três noites por ano, se chegar a tanto, e com muita parcimônia.

    Curiosidade: o perfumista criador fez também os perfumes que mais gosto no meu marido!

    Tá lindo o blog, Beth!

    ResponderExcluir
  4. Um perfume sedoso, macio...é inexplicável!
    Instiga todos os sentidos.
    A maciez em sua evolução me dá a impressão de um perfume leve...
    Mas não, é um perfume denso e bem dark.
    Um drydown delicioso e confortável, como uma colcha e um edredon quente e macio num dia de frio.
    Mas não, este é um perfume de festa, p/ sair e arrasar ou conquistar.
    O que é belo tem que se mostrar... e este perfume foi feito p/ isso.
    Atrair olhares r chama a atenção.

    Uma cremosidade abaunilhada e redonda, doce, densa... chega a lembrar algo do Sicily- D&G, mas este tem algo de cítrico na saída, evolução sensual e almiscarada...
    Crystal é mais linear... mais macio... uma camurça... uma seda...!
    >.<

    ResponderExcluir
  5. Adorei desde o primeiro momento. Flores exóticas com esta cremosidade abaunilhada. Muito bom. Realmente faz a mesma linha do Sicily.
    O D&G tem o acorde da baunilha mais poderoso e puro. Não sofre tanto o impacto de flores e frutos. Ambos maravilhosos.
    Mas se tivesse que optar ficaria com o Crystal... Por bem pouco. Escolha apertadíssima. Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Perfume incrivelmente poderoso, noturno e chique.

    ResponderExcluir
  7. Hum...está aí um perfume que julgo impertinente, ameaça ser gostoso mas no mesmo instante já mostra a que veio: inspirar a fuga de quem se aproxima de alguém com esse odor maluco.

    Sabe, gosto muito dos acessórios Versace mas, para perfume, não tem jeito, sempre deixam a desejar.

    Algo parecido senti quando fui comprar o Hypnotic Posion. Num primeiro momento amei justamente o cheiro de coco e não soube dizer como vivi minha vida sem aquele perfume. Isso até usá-lo pela primeira vez...no fim das contas, é detestável e, com todo respeito de uma opinião pessoal, brega.

    ResponderExcluir
  8. Oi Sarah.
    Você não gosta mesmo do aroma deste acorde abaunilhado que lembra um pouco os doces de coco carregado ba baunilha.
    Já sentiu Sicily de Laura BIagiotti? Tem este acento, porém de forma mais pura, sem a tuberosa densa do HP e provavelmente do Crystal Noir.
    Lembroi-me quando provei pela primeira vez. Giorgio de um lado e Crystal Noir do outro. Não sosseguei enquanto não consegui um. Ainda gosto, mas para usar ocasionalmente.É um perfume marcante.Beijocas .Elisabeth

    ResponderExcluir
  9. Vou testar o Sicily, deve ser bom!
    Você saberia me indicar um perfume que possua Absinto e que ao mesmo tempo seja parecido com o saudosíssimo "Goldie" do Boticário?
    Quando fui atrás do Hypinotic Poison era porque me falaram que todos os da linha Poison tinha Absinto. Acabei gostando dele pelo cheiro inicial de coco mas realmente, aé hoje corro atrás de algum perfume que se pareça com o Goldie, com o absinto mais puro, sem misturas. Por que o Poison tradicional até tem esse cheiro mas infelizmente é camuflado por outro aroma infeliz.

    ResponderExcluir
  10. Oii. Sinto, mas por um lapso excluí os comentários do dia de hoje e não consegui reaver.Acredito que Crystal Noir seja excelente opção. É marcante e delicioso. Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir

Apreciarei sua opinião ou sugestão e tentarei responder as suas dúvidas!